quinta-feira, 7 de setembro de 2017

NEM TODOS OS HOMENS

Clique nas imagens para ampliá-las

Como sabem todas as feministas e a maior parte das mulheres, sempre que protestamos contra estupro, assédio, violência doméstica e outras manifestações do machismo, vem algum cara dizer: "Mas nem todos os homens são assim!" Não falha nunca.
Em 2014, quando (mais) um mascu matou gente em nome do seu ódio, as feministas tomaram o Twitter para protestar contra mais esse massacre. Rapidamente vários homens apareceram para gritar "Not all men!", e uma feminista criou a excelente tag #YesAllWomen (sim, todas as mulheres), apontando que, se é verdade que nem todos os homens são assassinos ou estupradores, também é verdade que (praticamente) todas as mulheres já sofreram algum tipo de violência das mãos dos homens.
Semana passada alguém falou no Twitter (desculpe, não lembro quem) que, se nem todos os homens são machistas, todos os homens que dizem "nem todos os homens" o são. O que esses cartuns incríveis mostram é que muitos caras gastam muito tempo e energia brigando com feministas e berrando "Nem todos os homens!" Se em vez disso se unissem a nós contra o machismo, talvez o mundo (ou pelo menos a internet?) seria um lugar melhor.

37 comentários:

Anônimo disse...

Ali no bingo quando fala que os homens são mais fortes que as mulheres,então que dizer que isso não é verdade? O fato do homens terem maior massa muscular, tendões mais fortes é fruto da imposição cultural e não da biologia?

Anônimo disse...

Só não entendi porque a moça do primeiro quadrinho foi tão sexualizada.

Anônimo disse...

Há homens que não tem muita força física e há mulheres que são bastante fortes fisicamente. Em média os homens são mais fortes fisicamente do que as mulheres, mas eu acredito que isto não seja só uma questão biológica. Como historicamente, desde a época da invenção da agricultura, as mulheres ficavam plantando e os homens saiam pra caçar, isso talvez tenham selecionado homens mais fortes fisicamente enquanto que para as mulheres a força física deixou de ser importante e por isso deixou também de ser selecionada. De qualquer modo, em tudo isso há também a influência da cultura, não apenas dos genes.

Anônimo disse...

Vc não entende nada de biologia ou tá trollando, os homens possuem massa muscular maior pelo fato de que eles possuem mais testosterona no corpo e não por questões "culturais"

Anônimo disse...

Homem e o que sempre foi, uma maquina de destruição em massa.
A luta humana mais urgente de hoje e de sempre e a de transformar metade da população do mundo
de homens em humanos, menos agressivos, mais conscientes e empáticos, assexuais e pacíficos.
Se isto não for possível com o tempo e melhor que desapareçam, por hora o foco feminista e lutar por espaços seguros para nós como organização social, são leis que contenham a masculinidade/ toxica dos homens (para mim deveriam ser medicados desde cedo e educados para conter o machismo/masculinidade)
Um pacto social que garanta dignidade as mulheres não pode mais admitir machismo, falocentrismo, abuso e masculinidade toxica.

Anônimo disse...

burro das 16:19, qual foi a parte de seleção natural que você não entendeu? Eu disse que devido a forma como os homens e mulheres dividiram o trabalho (questão cultural, idiota! entendeu agora ou eu vou ter que desenhar?) há muitos muitos muitos anos atrás, os homens que tinham mais músculos (ou mais testosterona, se essa palavra é tão importante pra você, cérebro de ameba!) foram selecionados, passaram seus genes para novas gerações. Enquanto que para as mulheres força física não foi selecionada porque não tinha importância. E hoje, mesmo tendo testosterona, muitos homens são franzinos e não há academia que os transforme em mister universos. Aff que saco é ter que desenhar explicação pra idiota.

Anônimo disse...

Sem falar que na nossa sociedade as mulheres não são estimuladas a desenvolverem seus músculos, sua força física, praticarem artes marciais, esportes "mais vigorosos", etc.

Pelo contrário, a fragilidade física, a magreza excessiva, sem as curvas de músculos desenvolvidos, fortalecidos; somente as dos seios, nádegas e cintura fininha; a fragilidade e a languidez, são consideradas belas e desejáveis nas mulheres, são consideradas "femininas". Enquanto a potência, a força física, é considerada "masculina" e bela e desejável nos homens. Os homens são estimulados e incentivados PELA CULTURA a serem fortes, vigorosos e poderosos em todos os aspectos e apenas a fragilidade, a fraqueza e a dependência são reservadas às mulheres.

Vocês focam em exagerar diferenças biológicas para tentar esconder esses fatos sociais que ainda são recorrentes e insistem em se manter mesmo a essa altura, com o mundo gritando por mudanças, pelo fim desses modelos impostos, falhos e nocivos.

Anônimo disse...

Engraçado que bebês de ambos os sexos são extremamente parecidos, no máximo os bebês do sexo masculino são poucos centímetros maiores e um pouquinho mais pesados. Mas nãaaaao, "hurr durr uga buga buga o macho é muito mais forte que a fêmea huurr duurr" rme

Se meninos e meninas fossem criados da mesma forma, as diferenças biológicas de força física entre os sexos seriam mínimas na média, pois se forem considerados somente indivíduos existem muitas mulheres maiores e fisicamente mais fortes que muitos homens.

Anônimo disse...

20:13

Isso falando só de força física, porque se fosse uma comparação de quem tem mais resistências, quem tem o coração mais forte, quem está mais preparada para enfrentar adversidades e sobreviver, quem tem a vida mais longa, quem tem a maior capacidade intelectual, mais conexões entre os hemisférios do cérebro, quem tem os órgãos mais especializados, quem tem a configuração cromossômica mais completa, seria injusto demais com os machinhos, coitados.

Anônimo disse...

Pessoal aqui nunca estudou biologia, os homens são mais fortes que as mulheres por questões naturais, não pq as mulheres não são estimuladas a treinar sua força física

Anônimo disse...

...

Ninguém merece. Todo mundo vê que nesse tipo de sociedade a fraqueza física é cultivada nas mulheres e a força é cultivada nos homens.

...

A fragilidade física, a magreza excessiva, sem as curvas de músculos desenvolvidos, fortalecidos; somente as dos seios, nádegas e cintura fininha; a fragilidade e a languidez, são consideradas belas e desejáveis nas mulheres, são consideradas "femininas". Enquanto a potência, a força física, é considerada "masculina" e bela e desejável nos homens. Os homens são estimulados e incentivados PELA CULTURA a serem fortes, vigorosos e poderosos em todos os aspectos e apenas a fragilidade, a fraqueza e a dependência são reservadas às mulheres.

Vocês focam em exagerar diferenças biológicas para tentar esconder esses fatos sociais que ainda são recorrentes e insistem em se manter mesmo a essa altura, com o mundo gritando por mudanças, pelo fim desses modelos impostos, falhos e nocivos. [2]

Anônimo disse...

Esse molde de macho = força, poder e independência; e fêmea = fragilidade, fraqueza e dependência é completamente construído, não é natural, só existe na sociedade patriarcal feita pelos homens.

Anônimo disse...

Homem generaliza mulher a vida toda: que dirige mal, que não sabe fazer conta, que só faz drama, blablablá.

Mulheres: homens são muito machistas.

Homem: começa a chorar que "nem todo homem", homexplicar, berrar, brigar, xingar, em resumo, confirmar o quanto são machistas de todas as formas possíveis e imagináveis.

Anônimo disse...

"Só não entendi porque a moça do primeiro quadrinho foi tão sexualizada."

Porque essa é a versão modificada de um quadrinho que já nasceu horrível.

Anônimo disse...

Lolinha, faz um post sobre a Maria Quitéria qualquer hora, por favor.

Anônimo disse...

Gente, independentemente do motivo, é um fato: homens são mais fortes no geral. A pergunta principal é: e dai?
Mulheres e homens são diferentes. A criação só alteraria essas diferenças se viesse acompanhada de terapia hormonal. Crianças são iguais porque os hormônios não estão no seu auge. Basicamente, crianças são "neutras" nessa área. Meninas não nascem menstruando. Quer dizer que menstruação é um construto social? Pelamor, manas. Quanto mais a gente foge da ciência e dos fatos, mais distante a gente fica da realidade e das conquistas que o feminismo de fato pode trazer.
O ponto é: a diferença existe, mas por que ela vem acompanhada de juízo de valor? Ser diferente não deveria vir com melhor/pior incluído. É diferente! Só isso. Quando a gente compra essa ideia de que mais forte= melhor (e é isso que se está fazendo quanto se tenta negar os fatos e argumentar essas bobagens), a gente se diminui como mulher. Por que ser 'mais forte' é tão importante?
Vou usar a frase do Tyrion, meu amado anão "nunca esqueça quem você é. O mundo não esquecerá. Vista isso como armadura e nunca poderão usar pra machucar você", ou algo do tipo. Bora, gurias, vamos descobrir quem somos, vamos aceitar a realidade e vamos pra luta com a armadura e as armas de quem sabe quem é. Agora a gente está só jogando o jogo dos outros com as as regras dos outros, e eles tem mais experiência.

Anônimo disse...

"Quanto mais a gente foge da ciência e dos fatos, mais distante a gente fica da realidade e das conquistas que o feminismo de fato pode trazer."

Não perca seu tempo: a mijona está muito além da cura.

Ela acredita no poder da Lua. E que as mulheres já se reproduziram como pulgões.

Anônimo disse...

Sou a Anônima de 8h22. Estou falando especificamente de força física, claro.

Anônimo disse...

Se você joga todo mundo no mesmo balaio, não pode reclamar quando fazem a mesma coisa com você.

titia disse...

"Se você joga todo mundo no mesmo balaio, não pode reclamar quando fazem a mesma coisa com você."

Pois é, colega, o problema é que os carinhas que nos generalizam simplesmente não aceitam que a gente faça o mesmo com eles. Que coisa mais infantil e boba, né? Depois vem chorar que nós é que somos as histéricas frágeis que não aceitam nem uma criticazinha inofensiva...

Anônimo disse...

Quem defende tanto que pessoas do sexo masculino que se dizem trans são mulheres também não deveria ficar tão fixado em questões biológicas ultrapassadas. Tem testosterona? Tem ora, mas desde quando isso quer dizer alguma coisa no caráter da pessoa?

Anônimo disse...

Eu to rindo sozinha do amigo que acha que pra caçar precisa de força (e não de jeito e ferramenta) e que o serviço agrícola desparamentado, desaparelhado, 100% braçal e constante, 365 dias por ano é leve.

Anônimo disse...

titia 09:34

Exatamente. Sou homem, e estou sempre me policiando pra não generalizar ou julgar as pessoas, é difícil, um exercício constante, mas se quero ser tratado assim, é o mínimo que devo fazer. Quanto ao "nem todo homem", se a acusação não se encaixa no meu padrão, eu sabendo disso tá bom para mim. Quem fica saltando toda hora pra se defender é porque quer provar alguma coisa. Paz de espirito é tudo nessa vida, se tu tá de bem contigo, o resto não te afeta.

Anônimo disse...

anon 10:35

O Pt tá acabado faz tempo, as últimas eleições municipais mostraram isso. O partido tá se sustentando só no marketing e maquiagem, se tirar isso, desmorona tudo de vez.

Mas não basta eles caírem. Roubaram, mas não sozinhos. Tem que cair a corja toda. PMDB é uma cobra criada que todo mundo alimentou e ninguém consegue matar agora. PSDB é aquele morto muito louco, quando tu pensa que não vão fazer mais nada, eles aparecem de novo, sambando na cara do povo. e por aí vai...

Temos que encarar que o sistema político do Brasil falhou miseravelmente. Virar político no Brasil virou um salvo-conduto pra roubar e enriquecer as custas de um povo sofrido já por demais. Quem ainda acha que tem gente bem intencionada lá, é porque não entendeu como a política funciona no país.

Anônimo disse...

Mulheres também têm testosterona, 09:43. A diferença é que, em média, a quantidade natural de testosterona nos homens é entre sete a oito vezes maior do que em mulheres.

Anônimo disse...

Até agora era pensado que o nível de testosterona em um homem é normal simplesmente porque eles o tem. Mas se você considerar como seu comportamento é anormal, então você é levada à hipótese que praticamente todos os homens estão sofrendo de intoxicação por testosterona.

Tirado de "Um Dicionário Feminista", ed. Kramarae and Treichler, Pandora Press, 1985

Anônimo disse...

"Mulheres também têm testosterona, 09:43. A diferença é que, em média, a quantidade natural de testosterona nos homens é entre sete a oito vezes maior do que em mulheres."

Tá mas E DAÍ?

Do mesmo jeito que testosterona não é argumento pra determinar o caráter de uma pessoa, hormônios femininos também não. Senão esse papo de "mulher na TPM" valeria pra tudo, não é?

O que determina é o caráter da pessoa e não a configuração corporal dela.

Anônimo disse...

Mas você tá com raiva?

O que determina o que, colega? O próprio caráter que determina o caráter de alguém? Lógico, mas os comportamentos das pessoas são biopsicossociais, não determinados, mas influenciados por todos esses fatores (biológicos, psicológicos e sociais). Uma dica: objetividade e clareza são fundamentais para que as outras pessoas possam entender o que você está falando.

Anônimo disse...

18:07

e pelo outro lado, também não é o caráter, a personalidade, os gostos, os pensamentos, a mente de uma pessoa que determina o seu sexo, seu gênero, isso é definido pela configuração corporal dela: seus cromossomos, seus genitais, seus gametas e os hormônios produzidos naturalmente por seu corpo.

donadio disse...

Os homens são mais fortes que as mulheres por uma questão biológica ou por uma construção social?

Não sei, mas por quê é tão importante que os homens sejam mais fortes que as mulheres? Desde quando força física é alguma coisa mais do que... força física?

Aí uma coisa é clara: a importância dada à força física é uma construção social.

E essa é a questão. Dependendo do contexto, cada uma das frases do bingo é ou pode ser verdadeira. Há problemas com o feminismo, alguns homens têm uma personalidade dominante, há um código (socialmente construído) que permite identificar uma prostituta pela roupa ou maquiagem, alguns caras são legais, às vezes uma pessoa é histérica, muitas mulheres gostam de sexo, nem todos os homens são isso ou aquilo, os homens, em média, são fisicamente mais fortes que as mulheres.

Mas todas essas frases têm usos muito precisos na manutenção do patriarcado, e esse é o problema.

Anônimo disse...

Temos que encarar que o sistema político do Brasil falhou miseravelmente.

Ou foi o país todo que falhou miseravelmente.

"Avenda de TVs LCD de 55 polegadas em um supermercado na Zona Sul de Natal gerou uma confusão entre consumidores e representantes da loja no sábado (12).
É que a etiqueta indicava que televisor custava R$ 279. Segundo a loja, o preço estava errado e o certo deveria ser R$ 2.999. Como as vendas foram impedidas, o estabelecimento foi autuado e tem 10 dias para se defender."

http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/em-natal-loja-oferece-smart-tv-por-r-279-e-causa-confusao-ao-dizer-que-errou-preco-na-etiqueta.ghtml

Mais que obviamente o valor estava errado. Mas como nós somos um povo de M*...

E, num caso como esse, ainda temos o direito legal de sermos FDP.

Anônimo disse...

Vc sabe o que é walmart??!!

Anônimo disse...

"se nem todos os homens são machistas, todos os homens que dizem 'nem todos os homens' o são", palavra de feminista que quer silenciar todos os que não concordam com totalmente com suas ideias rotulando-os de machistas ou estupradores. Podem me chamar de machista ou estuprador que vou continuar dizendo a verdade: "nem todos os homens são criminosos". O legal é que as mulheres odeiam quando os homens as generalizam de forma negativa, mas querem generalizar todos os homens como criminosos e não querem que eles achem ruim ou se defendam. É muita hipocrisia.

Anônimo disse...

16:01 e 20:01, eu discordo que definições sociais tenham gerado diferenças biológicas entre o gêneros, é justamente o contrário, foram as diferenças biológicas que moldaram a sociedade e definiram os papéis de gênero. Na pre-história não existiam leis trabalhistas, hospitais, licença maternidade, era o biológico que moldava a vida humana de acordo com a necessidade, não o contrário. O homem musculoso é bem visto porque os músculos foram essenciais à vida no passado.
20:13, os bebês de ambos os sexos são muito parecidos porque a nível de testosterona nos meninos é muito baixo. Meninas competem de igual para igual com os meninos nos esportes até os 10 anos de idade, mas quando chega a puberdade os meninos passam a produzir grande quantidade de testosterona (as meninas produzem muito menos), é aí que os meninos desenvolvem a massa muscular e a separação entre os gêneros torna-se algo estritamente necessário nos esportes, para não dar vantagem aos homens. A nadadora Rebeca Gusmão foi pega do doping e perdeu as medalhas, justamente porque ela estava tomando hormônio masculino. Também houve o caso da corredora que estava sob suspeita de doping, chegaram até desconfiar que ela não era uma mulher. No final, descobriram que ela tem uma espécia de anomalia (não é doença) que faz com que ela produza quantidades de testosterona similares a um homem. As outras corredoras se sentem injustiçadas por isso e não concordam que ela dispute as provas com elas.

Anônimo disse...

" No final, descobriram que ela tem uma espécia de anomalia (não é doença) que faz com que ela produza quantidades de testosterona similares a um homem. As outras corredoras se sentem injustiçadas por isso e não concordam que ela dispute as provas com elas."

E por essas que sou contra mulher "trans" competindo com mulher-mulher, não adianta falar que toma redutor de testosterona, continua sendo homem biologicamente, já temos vários casos de homens que não tiveram sucesso na carreira esportiva e, ao "virar mulher", começaram a se destacar porque assim é moleza né? E a mulherada aceita. Lembram do boxeador? Macho dar porrada em mulher virou esporte agora. Uma curiosidade olímpica é que pessoas nascidas do sexo feminino podem competir entre homens sem restrições porque é óbvio no caso que a desvantagem seria delas em se tratando de esportes que dependem de força muscular.

Anónimo disse...

Caraca gente, e que mesmo assim vcs sao "subjugadas" desde sempre? O.o que conversa sem nexo, triste ver uma pagina que apesar da falta de bom senso lna maioria dos questões e comentários ridículos como esse,deixa sim mtas questões bacanas de conversar e debater.
Galera ajuda a nao debater idiotice por favor que fica mais gostoso de continuar a ajudar uns aos outros .Fica a dica. Abração a todos.

Anónimo disse...

Mas a mulherada perde o bom senso em generalizar, e quem generaliza nao pode se queixar de ser generalizado nao acha?Converse com cada um como realmente somos:ÚNICOS.