domingo, 1 de outubro de 2017

A PREOCUPAÇÃO COM OS PREDADORES ERRADOS

Uma mulher tem uma chance em 262.265 de ser morta por um tubarão na sua vida.
Nessa mesma vida, ela tem uma chance em 6 de ser estuprada.
Um milhão de tubarões são abatidos todos os anos em nome da ameaça injustificada aos humanos. 
Em relação a acusações de estupro, apenas 16,3% dos estupradores denunciados vão para a cadeia.
Estamos nos preocupando com os predadores errados. 

51 comentários:

Anônimo disse...

Pois é, mesmo assim tem mãe ensinando menina de 4 anos passar a mão em homem pelado, ao invés de ensiná-la que esse homem é um predador que deve ser evitado.

lola disse...

Ou vc pode entender a indireta como: um artista nu numa exposição pública não é um predador. E a sua fixação com isso tira o foco dos verdadeiros predadores.

Anônimo disse...

Homem, a maior maquina de matar e de destruição da face da terra.

Anônimo disse...

O numero de homens na especie humana deveria ser reduzida a uma margem de segurança de 10%da população.

Anônimo disse...

Pois e Lola, mas da para entender o seu blog defendendo que um destes predadores possa ficar pelado perto de meninas. quando na verdade homens deveriam serem proibidos de chegarem perto de qualquer criança.

Anônimo disse...

Eu não vejo mulheres querendo nadar com tubarões, mas vejo muitas insistirem em erotizar a sua opressão cometerem o erro de se relacionarem sexualmente e afetivamente com seu maior predador.

Anônimo disse...

É predador sim Lola! Enfie isso na sua cabeça.

Anônimo disse...

Homem nu numa exposição e diferente de homem nu numa exposição deixando crianças passarem a mão nele.

Nath disse...

Não existem predadores errados, lola. Não existe pauta mais importante que a outra.
A sociedade toda deveria cuidar e se preocupar com nossas crianças, independente dessa polarização cega de direita e esquerda. Usar a vulnerabilidade das crianças pra defender ou criticar uma pauta é um absurdo. E isso está acontecendo dos dois lados.

A exposição não é voltada para crianças e não ajuda em nada no crescimento delas. Sendo assim, deveria ter uma classificação etária e fiscalização.
Simples assim.

Anônimo disse...

"É predador sim Lola! Enfie isso na sua cabeça."
1 DE OUTUBRO DE 2017 14:27

Calma lá, NEM TODOS OS TUBARÕES!

Anônimo disse...

Os homens são a desgraça da Terra e devem admiti-lo

Porque...

O neoMACHISMO DESTRÓI VIDAS, O neoMACHISMO MATA!!!!!!!!!

A ignorância mata! O medo mata! O erro mata! O orgulho macho mata!

É uma vergonha que fiquem defendendo formas `light´ do machismo, formas sublimadas de uma violência vergonhosa, de um passado do qual os homens ainda não se arrependeram e não pediram perdão. Os homens legam esse passado vexoso na maior tranquilidade, não querem assumir que são herdeiros dessa condição de opressores, e enquanto não admitem, nós ficamos na merda, continuam-se os estupros, as violências, as destruições de pessoas, os feminicídios de nossos corpos e almas, das nossas irmãs. Tudo por causa de seu grande orgulho macho indestrutível, que não aceita admitir para uma mulher que são, sim, a desgraça da Terra. E enquanto não enxergam a si mesmos, enquanto não se envergonham do que estão representando, vão continuar cometendo as atrocidades, `erros´, pois `tudo isso é passado´! Acabou! Oh, claro, só continuam as feridas que não estancam em nossos corpos e mentes. E por leviandade continuarão, porque não querem destruir o mínimo machismo dentro deles, não podem admitir que são os criminosos da história.


"A vida pode ser melhor para as mulheres - condições econômicas políticas melhoradas - e ao mesmo tempo a posição social das mulheres pode permanecer imune, de fato impenetrável, à mudança: até agora na história esse é precisamente o paradigma para mudança social tal como ela se relaciona à condição das mulheres.

Reformas são feitas, reformas importantes; mas a posição social das mulheres relativa aos homens não muda. Mulheres ainda são menos significantes, têm menos privacidade, menos integridade, menos auto-determinação. Isso significa que as mulheres têm menos liberdade. (...) Um pouco mais disso não é o suficiente também. Ter menos, ser menos, empobrecidas em liberdade e direitos, as mulheres têm então inevitavelmente menos auto-respeito: menos auto-respeito do que os homens têm e menos auto-respeito do que qualquer ser humano necessita para viver uma vida corajosa e honesta."

(Andrea Dworkin, Intercurso)

O passado não acabou. Ainda vivemos o pesadelo sufocante do Patriarcado, câncer latente em nossos corpos, mentes, corações.

Anônimo disse...

Já que vc quer usar as estatísticas : vc sabia que mais de 90% dos assaltantes nunca passaram ou estão passando por necessidades, roubam por consumismo, sabia que a maioria das gravidezes indesejadas se deram por irresponsabilidade dos casais e não por acidentes ou desconhecimento

Anônimo disse...

É a tradição do patriarcado conquistar e apoderar-se. Masculinidade é a dominação do corpo de outrem. Essa capacidade de desumanização é levada do sexo à guerra. O exército de invasores violam as terras e estupram as mulheres. Guerra é o ato final de coerção infligido em um povo. Estupro é o ato final de coerção infligido por homens às mulheres. Estupro é guerra.

Anônimo disse...

A pesca predatória de tubarões se deve a sopa de barbatanas ser largamente difundida em países orientais, principalmente Coreia e Japão, estes países financiam grandes redes de barcos pesqueiros principalmente nas costas africanas e das Américas do Sul e central, que na verdade são piratas, ase aproveitam de governos corruptos populistas destas localidades e das situações precárias de material das marinhas dos país do 3° mundo para fiscalizar.
No nordeste brasileiro se criou a cultura da "pesca do Cação" Cação nada mais e que um nome difundido de proposito por pescadores pagos por japonese para o filhote de tubarão. A matança de filhotes de tubarão no nordeste corre solta sem nenhuma fiscalização, isto esta criando um equilíbrio enorme no ecossistema, os tubarões são predadores indispensáveis e insubstituíveis em seu habitat .

aiaiai disse...

mas, peloamordasdeusas, não tinha envolvimento de crianças, tinha aviso, a criança filmada no caso estava com a mãe. as duas interagiram com a performance porque quizeram. a sala estava sinalizada na entrada, avisando que tinha uma apresentação de nudez artística. parem de repetir besteira, caceta.

Anônimo disse...

Parece que tudo com o que os homens se importam é se os seus desejos plásticos os fazem se sentir bem, se tem um gosto bom, independentemente do quão destrutivas essas fontes de prazer podem ser para eles mesmos e para outros. Eles não possuem as habilidades profundas do pensamento crítico. Seus cérebros primitivos, como os de crianças, agarram o que é imediatamente aparente, sem questionar o que se encontra abaixo. Isso, e porque eles simplesmente não dão a mínima. Não têm nenhuma disciplina, nem bússola moral, nada. Tudo o que importa é alimentar seus apetites anormais... não importa os custos para si mesmos, para as mulheres, ou para o mundo em geral.

Anônimo disse...

A doença masculina


Essa é a doença dos homens. Ela se chama estar totalmente errado. A doença dos homens inclui a necessidade de estar no comando o tempo todo. No comando, no controle. Um homem verdadeiro se vê como o rei da cocada, o líder do bando, o capitão do navio. O tempo todo, para que se encaixe e pertença ao grupo, ele tem que agir como todos os outros homens, e fazer o que eles fazem, para que seja aceito e consiga um bom emprego, uma promoção, um aumento, um Porsche, uma esposa. Uma esposa que vai imediatamente trocar o Porsche por uma van Dodge boa e sensata, com bancos dobráveis, para que eles possam ser como todas as outras famílias entediantes.

O pobre coitado. O pobre coitado estúpido. Sua masculinidade também requer que ele se recuse a ir ao médico ou a um hospital, a menos que seja demonstrado a ele que, na verdade, está clinicamente morto há seis meses. "É bobagem ir ao hospital, amor. Eu não estou em coma." Dessa forma, ele precisa aprender a ignorar a dor. "Na verdade, não dói. Sangrar pelos seis orifícios da cabeça na verdade não dói. Só me passe o controle remoto e uma cerveja e dê o fora".

A maior parte dos homens aprende essa merda idiota com os seus pais. Os pais ensinam os filhos a não chorar. "Não quero te ouvir chorar, ou eu vou até aí te dar um motivo pra chorar." Que beleza, não? Todos os problemas do mundo - eu repito - todos os problemas do mundo têm sua origem nas atitudes dos pais para com os filhos. Então, meninos aprendem a esconder seus sentimentos e a sociedade gosta disso, pois dessa forma, quando eles chegarem aos 18 anos, eles vão poder ir para outros países e matar desconhecidos sem sentir nada.

E, é claro, esse trato inclui uma certa vontade relutante de ter seu saco arrancado. "Amor, eu vou ter que ir para outro país e ter meu saco arrancado. Senão, os outros caras vão achar que eu tenho medo de ir para outro país e ter meu saco arrancado." Os pobres coitados. Os pobres coitados estúpidos.

Então, como resultado de toda essa repressão dos sentimentos, o mais longe que um homem comum pode chegar para exprimir suas é emoções é dar um high five. Ou, algumas vezes, quando sentimentos realmente profundos emergem, usar as duas mãos, um high ten. Isso é emoção pura. E isso é tudo de que eles são capazes.

Eles têm que agradecer aos seus pais. "Obrigado, pai". Mas, espere, não ache que pais não podem ser legais às vezes. Afinal, os pais introduziram seus filhos ao maravilhoso mundo dos homens. São os treinadores dos homens. Para toda aquela coisa masculina de homens durões e machões. Nada de franguinhos, cagões, ou bundas-moles.

Existem cinco subculturas masculinas mortíferas. E todas elas se sobrepõem. A cultura dos carros e máquinas. A cultura militar e da polícia. A cultura das armas e do mundo fora de casa. A cultura dos esportes e competições. E a cultura das drogas e álcool. De bônus, vou falar mais uma: a cultura do vamos pegar umas bocetas e bater nuns viados. Como eu disse, todas elas se sobrepõem. Muitos homens pertencem a todas as seis.

Esse universo masculino, obviamente, é detectável ao analisarmos a sua fórmula química combustível: gasolina, pólvora, álcool e adrenalina. Uma química tornada ainda mais letal pelo seu catalisador sempre presente: testosterona. Vamos falar sobre abuso de substâncias químicas? Se você está interessado em dependência química, você pode querer se informar sobre a testosterona. Testosterona - a substância mais letal da Terra. E ela não vem de um laboratório, vem do escroto.

E o escroto, interessantemente, está localizado não muito longe do cu. Que apropriado! Acontece que todas essas subculturas masculinas compartilham um aspecto: homofobia, combinada com uma estranhamente irônica e completamente infantil confiança na autoridade masculina. Homens se sentem atraídos por homens poderosos. Eles também compartilham um forte medo e aversão a mulheres. Isso apesar de uma obsessão patológica por bocetas... Testosterona!

Anônimo disse...


Então, por que os homens são assim? Eu acho que o problema central para os homens é que no principal evento da vida, a reprodução, eles são deixados de fora. As mulheres têm todo o trabalho. Com o que os homens contribuem? Em geral, eles estão só procurando um lugar para estacionar um pouco de esperma. Um par de jatos de porra quente, e pronto, já não se precisa mais deles. Eu acredito que não deveria ser permitido que a maioria desses cromossomos masculinos defeituosos fossem passados adiante a mais uma geração azarada. Mas, assim é a biologia.

Dessa forma, excluídos da reprodução, os homens precisam encontrar outros meios de se sentirem úteis e valiosos. Como resultado, eles se medem pelo tamanho de suas armas, o tamanho de seus carros, o tamanho de seus pintos e o tamanho de suas carteiras. Todas são competições que nenhum homem pode vencer continuamente. E deixe-me falar porque tudo isso acontece. Porque mulheres são a origem de toda a vida humana. O primeiro ser humano veio da barriga de uma fêmea. E todos os fetos humanos começam como fêmeas. O próprio cérebro é basicamente feminino até que os hormônios atuam e o tornam estruturalmente masculino. Então, na realidade, todos os homens são fêmeas modificadas. De onde você acha que vieram esses mamilos, meu caro?

Você é um apêndice. Talvez seja isso que esteja te incomodando. É nisso que você está pensando? Isso explicaria a hostilidade. As mulheres ficaram com o trabalho bom e os homens com o trabalho de merda. Fêmeas criam a vida, machos acabam com ela. Guerras, crimes, violência, são essencialmente franquias masculinas. Merdas de homem. É a piada suprema da natureza. Dentro do útero, os homens começam como uma coisa boa e terminam como uma porcaria. Nem todos os homens. Apenas o suficiente. Apenas o suficiente para foder com tudo.

E a parte mais idiota disso tudo é que não apenas os homens aceitam toda essa merda, como também boa parte disso eles fazem consigo mesmos. Aliás, eu não estou livrando a cara das mulheres. Afinal, a única parte da anatomia genital que é a mesma em ambos os sexos é o cu. Mas mulheres que são cuzonas não são chamadas assim. O nome pelo qual são chamadas vem de uma parte diferente de sua anatomia. Elas são chamadas de cunts (boceta, em inglês, mas cunt também é um insulto que significa idiota, puta). Não é legal que cuzões e idiotas sejam vizinhos de porta?

George Carlin

Anônimo disse...

* "isto esta criando um desequilíbrio enorme no ecossistema"
Desculpe Lola, digitar de Smartphone muito ruim.

Anônimo disse...

Aiaiai


Sim, tinha aviso. E assim mesmo a mulher sem noção levou sua filha. Isso e o fato de estarem dizendo q isso n tem o menor problema é q está sendo questionado. E o "artista" ter aceito isso tb. E n foi a única criança.
Estão fingindo que criança tem a mesma maturidade de um adulto. Que n tem nada demais ter sido coagida a participar, porque foi coagida pela a mãe dela e a garota supostamente n esta constrangida.
Crianças só fazem o que os adultos mandam, só está faltando dizer q a garota por livre e espontânea vontade, viu o evento, entendeu do q se tratava e entrou lá para passar a mão no cara.

Anônimo disse...

ai ai ai 16:19: Então vc quer dizer que se as crianças resolvessem masturbar o "artista" ali, só pq estavam acompanhadas da mãe, estaria ok? Pelo contrário, meu caro, é crime sim, inclusive da mãe, que incentivou e não fez nada para impedir.

Anônimo disse...

Ótimo, a concorrência seria menor.

Anônimo disse...

Vocês estão preocupadas com o pai que dá boneca pra sua filha brincar.

lola disse...

E vcs reaças estão preocupados com o pai que dá boneca pro seu filho brincar.

Anônimo disse...

Boneca é pra menina Lola

Anônimo disse...

Quer dizer que se fosse uma mulher nua e um pai levasse o filho para apalpa-la estaria tudo bem?

J.M. disse...

Mascu das 21:02, e você está preocupado em chamar atenção postando lixo virtual em um blog feminista.

Anônimo disse...

Crime cometido pelo museu, pelo "artista" e pela mãe da criança: Código Penal Art. 247 - Permitir alguém que menor de dezoito anos, sujeito a seu poder ou confiado à sua guarda ou vigilância:

I - freqüente casa de jogo ou mal-afamada, ou conviva com pessoa viciosa ou de má vida;

II - freqüente espetáculo capaz de pervertê-lo ou de ofender-lhe o pudor, ou participe de representação de igual natureza;...

Sérgio Carneiro disse...

A conta não fecha.

Se uma de cada seis tem a chance de ser estrupada, isso são quase 17,5 milhões de mulheres que poderão ser estrupadas uma vez na vida. Logo serão também 17,5 milhões de estupradores em potencial. Mas digamos que o cada estuprador tenha feito ou fará três vitimas: Temos então quase 6 milhões de estupradores no Brasil.

Se somente, dos quase 6 milhões, apenas 16,3% são presos; e em outra conta rápida, são quase 980 mil presos só por estupro, no entanto a população carceraria no Brasil (homens e mulheres) só chega a 630 mil. Onde esta a diferença? Faltam 350 mil estupradores

Pequei somente a população brasileira, se usar a mundial o valor e parecido.

Conclusão: Parece que temos aqui um caso tipico de: Quanto pior, melhor".

Anônimo disse...

Anonimo do texto "A doença masculina"(Pleonasmo)
Ninguém aqui quer saber de mimimi de homem não. Porque fazem isto ou aquilo, dane-se, só queremos que nos deixem em paz, se quiserem se auto destruir falta não vão fazer, mas nos deixem em paz.

Anônimo disse...

Graphic Novel interressante sobre um mundo sem homens, e como ele e bom.
Y. O Ultimo Homem.
http://legiaodosherois.uol.com.br/lista/10-melhores-hqs-pos-apocalipticas.html/9

Anônimo disse...

Enquanto tiver gente achando normal "artista" mostrar pinto para meninas que nem menstruaram ainda, a situação pouco irá mudar.

Anônimo disse...

O que mais tem na caixa de comentários desse blog é mimimi de homem não deixando feminista em paz. Por que você não reclama dos lixos de comentários deles que ainda estão vivos e manda eles deixarem as mulheres em paz, querida, que você ganha mais. Esse texto de George Carlin já foi até divulgado pela própria Lola em um post antigo. Seu problema não é esse texto, seu problema são os seus predadores reais que ainda estão por aí.

donadio disse...

Não sei quantos tubarões são mortos por ano, mas qualquer que seja o número, parece evidente que a maior parte deles é pescada por motivos econômicos, não para proteger banhistas.

Já o número de "uma mulher em cada seis" parece ser uma fantasia, em que coisas que absolutamente não podem ser caracterizadas como "estupro" do ponto-de-vista legal são somadas, provavelmente num processo de "quem conta um conto aumenta um ponto", para criar um clima de terror e reforçar a ideia de que as mulheres devem ficar em casa, bem protegidas, em vez de ficarem por aí andando pela rua dando sopa para o estupro.

Anônimo disse...

O que não faz o menor sentido, machos idiotas que não sabem de nada (pleonasmo triplo), a grande maioria das mulheres abusadas sexualmente o são por homens conhecidos em espaços privados, "dentro de casa".

Macho só fala bosta, é incrível. Não entendem nada e querem parecer sábios, cultos, sensatos, conhecedores de tudo no universo. Patéticos.

Nenhuma mulher cai realmente nesses papos, otários, vocês só estão fazendo papel de palhaços. Palhaços desgraçados mentirosos abusivos molestadores sequestradores e assassinos horrendos de filme de terror, mas ainda assim um bando de palhaços...

Tô concordando plenamente com a outra anônima e acho que homens deviam ficar calados sobre assuntos dos quais eles evidentemente nada entendem e pararem de importunar mulheres de todas as maneiras possíveis, se desaparecerem ou se matarem melhor ainda... não farão falta nenhuma.

titia disse...

Ai saco, ainda tão discutindo isso? Ô, direitada, que tal vocês irem arrumar uma louça pra lavar?

17:44 crianças não resolvem masturbar ninguém, muito menos na frente de um monte de gente. Crianças não costumam reparar nem tocar nos genitais alheios. Isso é coisa da sua cabeça doente, cheia de fantasias pedófilas.

21:48 o que mais tem por aí é pai levando o filho (menor) pra puteiro, ensinando a encoxar e apalpar mulher no ônibus, aplaudindo quando ele passa a mão numa menina. Aí saem notícias de casos de meninos que foram molestados e estuprados por professoras, e a macharada morrendo de inveja e aplaudindo nos comentários. Então aí está a sua resposta: sim, pra essa nossa sociedade doente estaria tudo bem.

22:08 o aviso estava lá. A mãe levou porque quis. Acabou. Chega. Vá lavar uma louça. Ou melhor, vá processar os pais que levam os filhos pra serem estuprados no puteiro.

Anônimo disse...

Meu mundo ideal e o mundo ideal dos advogados dos direitos dos homens são na verdade o mesmo: todos os homens amontoados como galinhas de bateria em galpões, o mais próximo possível uns dos outros, furiosamente se masturbando, e dizendo "os homens... são tão grandes... são demais.... somos tão grandes... somos demais... você é tão grande... você é demais cara", enquanto isso, o mundo lá fora se torna uma utopia.

Anônimo disse...

Não titia: vamos processar SIM o museu, o "artista", a mãe e a blogueira. E vc também se continuar defendedo esses criminosos. Passar bem.

Anônimo disse...

"Homem" duvidando que tantas mulheres são vítimas de abuso sexual assim? Nossa, que novidade.

titia disse...

13:08 HAHAHAHAHAHAH você processar toda essa gente? Não, verme, você não vai fazer isso. Sabe por quê?

Você não tem 15 reais pra pagar um advogado porta de cadeia.

Você não tem conhecimento da lei, que diz que crianças podem entrar em eventos com classificação etária maior se forem acompanhados dos pais.

E não está disposto a pedir uma mudança, porque imagine!, deixar o governo mandar mais no que os meus filhos veem do que eu!

Você não tem coragem nem de assinar seu comentário, quanto mais de encarar nos olhos as pessoas desse blog.

Uma investigação sobre a mãe da menina vai facilmente conduzir outra na sua direção, e você não quer que achem a pornografia infantil escondida no seu computador.

Você não quer que meninos deixem de ser estuprados em puteiros, e se a lei mudar, eles não serão mais estuprados. Por que tanto ódio no coração pelos meninos?Misândrico você, hein?

Por último e mais importante de tudo:

Você não quer que sua mãe descubra o que você faz no computador, corte sua internet e te coloque de castigo.

Vai lavar uma louça.

Anônimo disse...

Titia: CP, Art. 241-D. Aliciar, assediar, instigar ou constranger, por qualquer meio de comunicação, criança, com o fim de com ela praticar ato libidinoso: (Incluído pela Lei nº 11.829, de 2008)

Pena – reclusão, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa. (Incluído pela Lei nº 11.829, de 2008)

Art. 241-E. Para efeito dos crimes previstos nesta Lei, a expressão “cena de sexo explícito ou pornográfica compreende qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais de uma criança ou adolescente para fins primordialmente sexuais. (Incluído pela Lei nº 11.829, de 2008). Quem vai agir é o M.P, e não nós sozinhos. Parem de defender o indefensável. É crime, é errado, é imoral e pronto! Vc acha que está falando com adolescentes. Pois saiba que não. E assinar " Titia", sem mais nenhuma identificação, não há diferença alguma entre anononimato e "Titia". Que será facilmente identificada via I.P, se necessário for. Mais leitura por favor!

Anônimo disse...

Os tubarões são mortos pela indústria da pesca, seja por pesca "acidental", como acontece com golfinhos ou em busca das barbatanas. Quem são exterminados por preconceito são os morcegos, grandes semeadores naturais, já que a maioria deles é frugívera e os tais "morcegos vampiros", que não são vampiros, não habitam em áreas urbanas.

Essa imagem só reforça o mito de que todo homem é um estuprador em potencial, já que a maioria dos casos efetivamente reportados de estupro de fato é perpetrada por homens contra mulheres.

E se verdade que todo homem é um estuprador em potencial, o que não é, a questão do MAM deveria ser objeto de unanimidade por quem pensa assim.

Anônimo disse...

Titia, como um menino é estuprado em um puteiro? Como se da um estupro em que a pessoa com ereção é vítima?
Considerando é claro maiores de 14 anos

Anônimo disse...

" A matança de filhotes de tubarão no nordeste corre solta sem nenhuma fiscalização, isto esta criando um equilíbrio enorme no ecossistema, os tubarões são predadores indispensáveis e insubstituíveis em seu habitat . "

Matar tubarão tem a mesma consequência que matar o atum das espécies maiores (são muitas): eliminando os grandes predadores, você desequilibra toda a cadeia alimentar abaixo dela, que passa a se reproduzir sem controle natural. E ao contrário do que se imagina, isso não significa "mais peixes para se comer". Na realidade, é o exato oposto.

Anônimo disse...

Da-lhe titia!! Acabe com esses mascus!!

Fodam-se mascus!!!!!!

Anônimo disse...

Lola, agora vc acha que todo homem é "estuprador em potencial"?

Essa postagem dá a entender isso.

Anônimo disse...

Então aí está a sua resposta: sim, pra essa nossa sociedade doente estaria tudo bem


Entendi, a mãe levar filha pra apalpar homem tá tudo bem. Mas se for menino apalpando mulher, aí a sociedade é doente.

titia disse...

15:21 você não leu a lei que copiou e colou aqui? "Fins primordialmente sexuais", não leu essa parte? Bom, adivinha mascu: a exposição não era sexual. Não havia nada de sexual na exposição, na performance, na nudez do artista, nada. Eu sei que pra vocês primatas toda nudez é sexual, mas acredite, tem diferença. E pela exposição não ter absolutamente nenhum contexto nem qualquer fim sexual, essa lei não se aplica. Arranje outra. Tenta tirar uma do seu cu que se adapte à sua utopia direitista de usar o Estado pra se intrometer na vida dos outros.

Quer encrencar com arte que envolva nudez? Arranja outra desculpa que não o bem estar das crianças. Todo mundo aqui sabe que vocês conservadores cagam e andam pras crianças, vivem assediando e falando obscenidade pra meninas de 9 anos na rua, se masturbando na frente de adolescentes indo pra escola, mandando foto do pau e pedindo pra menina de 12 anos mostrar os peitos em chats. E você realmente acha que me engana? Você não consegue nem ativar o corretor do Word, quanto mais rastrear IP. Vai lavar uma louça, cabação que não assina nem mesmo com um apelido.

15:37 porque o corpo pode reagir automaticamente mesmo que o menino não queira. Você já foi adolescente, sabe como isso funciona. E um monte dos meninos levados a bordéis não conseguem ter ereção; eles fingem pra poder se mandar dali o mais rápido possível. Aqui, se você entender inglês, tem uns relatos de perder a fé na humanidade sobre o assunto: www.cracked.com/personal-experiences-1598-6-lessons-i-learned-losing-my-virginity-to-prostitute.html. E não esqueça que por lei sexo com menores de 14 anos é estupro de vulnerável.

O fato de que essas desgraças estão arrancando os cabelos do cu por causa do artista nu e não pela mãe ter levado a criança pra lá já mostra exatamente o que eles querem: proibir qualquer nudez que não tenha como objetivo a punheta deles. Se ao invés de um homem fosse uma loira siliconada de quatro eles achariam lindo e maravilhoso. Cuzões hipócritas.

titia disse...

21:04 não filho, você não entendeu nada. Mas como você é um desses hipócritas que vive falando em novinha e só sai em defesa da "inocência da infância" quando a criança se depara com nudez não objetificadora, eu não vou me dar ao trabalho de explicar. Vai lavar uma cueca.

Anônimo disse...

Concordo.

Anônimo disse...

A Titia é foda. Sou sua fã!