quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

LEI LOLA FOI APROVADA HOJE

Uma boa notícia em meio a tantos retrocessos: hoje a Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 4614/16. 
O PL é de autoria da deputada federal Luizianne Lins (PT-CE), que se inspirou no meu caso para propor a Lei Lola. Ela atribui à Polícia Federal (mas não só a ela) a investigação de crimes de ódio contra as mulheres pela internet. 
A votação hoje foi um acordo entre as lideranças para marcar a campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher. 
Clique para ampliar
A lei é muito importante porque, como o meu caso (e de tantas outras mulheres) mostra, quem nos ataca pela internet raramente é punido. Eu sou ameaçada de morte e atacada pelo menos desde 2011 por misóginos assumidos. Já fiz onze boletins de ocorrência, tem inquérito aberto, a PF investiga desde dezembro do ano passado (quando o reitor da UFC, universidade onde trabalho, recebeu um email dizendo que, se eu não fosse exonerada, ele passaria uma semana recolhendo pedaços de 300 cadáveres). Mas investiga por crime de terrorismo, não pelas milhares (literalmente) de ameaças que recebi e ainda recebo
Tenho um email de um superintendente da PF, de 2015, dizendo que eles não iriam investigar os ataques a mim, porque eles só atuam nas áreas em que o Brasil é signatário internacional (racismo e pornografia infantil -- crimes cometidos às dúzias pela quadrilha que me persegue). 
Na época, a quadrilha misógina e neonazista criou um site falso no meu nome. O site "vendia" remédios abortivos e defendia coisas que eu jamais defenderia, como aborto de fetos masculinos, castração e infanticídio de meninos, queima de bíblias etc, e chegava ao cúmulo de inventar que eu havia realizado um aborto numa aluna durante uma aula na UFC. Era ridículo, mas, com a ajuda de reaças como Olavo de Carvalho e Roger, do Ultraje, que divulgaram o site mesmo sabendo que não era meu, ele viralizou. 
Eu com assessorxs incríveis da
deputada Luizianne Lins em setembro,
em Brasília
Por incrível que pareça, um dos próprios criadores do site me denunciou ao Ministério Público, que acatou a denúncia contra mim! Fui chamada para depor na PF e "provar" que o site não era meu (felizmente, eu havia feito um BO um mês antes). Mas o nível do absurdo era surreal. Não só a PF não ajudou (e declarou que não iria ajudar) a ir atrás dos culpados, que eu e toda a torcida do Flamengo sabemos quem são (até porque um deles foi preso por uma operação da PF em 2012, também por site de ódio), como eu fui tratada como suspeita. 
Foi esse caso que fez com que Luizianne (que ainda não conheço pessoalmente) apresentasse a proposta da Lei Lola. Para virar lei, o texto ainda precisa passar por votação no Senado e ser sancionado por Fora Temer. Luizianne é também autora do PL 7292/17, que se for aprovado será a Lei Dandara, que incluirá o LGBTcídio como homicídio qualificado, ou seja, crime hediondo. 
Além disso, Luizianne me indicou para a medalha Mietta Santiago 2018, um prêmio concedido pela Secretaria da Mulher da Câmara para pessoas, instituições e campanhas relacionadas aos direitos das mulheres. 
Fico muito honrada por ter sido lembrada, mas na segunda a bancada chegou ao consenso de homenagear a professora Heley de Abreu Silva Batista, uma grande heroína que sacrificou a sua vida para salvar 25 crianças no terrível Massacre de Janaúba, em Minas, em outubro. 
Nada mais justo que a guerreira Heley seja homenageada. Mesmo assim, ficou registrado em plenário o reconhecimento e o valor de todas as quinze indicadas. 
Estou feliz. A aprovação do PL 4614/16 é uma vitória de todas as mulheres!

42 comentários:

Mandy disse...

Que bom, Lola! ! Queria muito ver a cara dos mascus quando souberem disso kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk tomem no cu lixões!!

Anônimo disse...

Muito bom, Lola!! Acabei de ver matéria em outro site, antes de entrar aqui!!

Kasturba disse...

Que maravilha!!! Parabéns, Lola! Sua coragem e força de continuar rendeu esse lindo fruto, que será saboreado por todas as mulheres!!!

Cristiano de Almeida Lima disse...

Oi Lola! Se eu ainda tivesse dúvidas do seu bom caráter, agora não teria mais. Quem gosta, cria e trata bem um bichinho é uma excelente pessoa. Como homem tenho que dizer que seu blog e seus perfis nas redes sociais me ajudam a ser melhor. Felizmente eu fiz o caminho inverso, foi depois de ter acesso a Internet que melhorei muito como homem, graças a pessoas como você. Não é fácil viver com essa máscara de 'macho de verdade', ser 'homem de verdade' é bem mais simples. Um abraço de Aracaju.

cassioserafim.com disse...

Mais do que merecido, Lola! Ter uma lei com o seu nome repercute somente um pouco das muitas contribuições que você tem dado ao ativismo feminista e ao combate às várias violências exercidas contra as mulheres no Brasil e em outros países. Sabemos que a lei agora inaugura uma nova fase da batalha. Agora, devemos todas e todos cobrar da Polícia Federal que não se isente da investigação e da devida punição dos criminosos cibernéticos. Os meus sinceros parabéns!

João Paulo Ferreira de Assis disse...

Receba minhas congratulações pelo dia histórico.

Mia disse...

Como me deixou feliz essa notícia!!!!

Ana disse...

Queria ver o derrame que cada mascu vai sofrer, vendo uma lei que vai ferrar a vida deles e que ainda leva seu nome. Vai ser um choque horrível pros infelizes.

Vivian Malaman disse...

Tapa na cara dos misóginos. Parabéns Lola.

Anônimo disse...

That is big!!!

Lola fazendo história!!! ;)

Jane Doe

Anônimo disse...

Parabéns, mulheres! Parabéns, Lola! Uma Vitória, outras virão!
Abaixo o machismo, abaixo a misoginia!

Charlie

Anônimo disse...

Nossa Lola que incrível! Parabéns por ter feito história, espero que essa lei ajude a trazer muitos avanços necessários necessários a essa questão, inclusive o seu próprio caso!!

Henrique Marques Samyn disse...

Parabéns, Lola! Uma grande vitória, fruto de sua luta incansável para fazer deste país um lugar menos hostil para as mulheres.

Anônimo disse...

Parabéns, Lola! Parabéns a deputada também. É uma vitória de vocês. É uma vitória de todas as mulheres. É uma vitória do feminismo. Estou muito feliz com essa notícia. Já fez dezembro valer a pena.

Anônimo disse...

Calma pessoal, o PL foi aprovado na Câmara, pra virar lei mesmo falta muita coisa, primeiro precisa vontade do presidente do Senado colocar em votação, como não tem urgência, não há nenhum prazo pra isso ocorrer e tem projetos aguardando há 10 anos na fila, então pra convencer ele tem que ter muito jogo político, o presidente é o Renan Calheiros ainda? Depois, nem a deputada e nem o PT tem maioria no Senado, então nada garante que vão conseguir passar alguma coisa e mesmo se aprovada e sancionada pelo presidente, alguém pode argumentar aue é institucional porque só abrange investigar mulheres, isso pode ser considerado que infringe o princípio da isonomia e a lei ser declarada ilegal.

titia disse...

Que maravilha! Parabéns Lola, parabéns à deputada que está aí lutando pela gente. Mais uma vitória para todas as guerreiras que seguem na batalha apesar de todos os fracos e covardes que tentam calar suas vozess. E ver a mascuzada cair dura é um bônus.

Anônimo disse...

Parabéns, Lola! E muito obrigada pelo teu trabalho! Tu és muito, mas muito importante!

Anônimo disse...

Feminista escrever na internet "Homens mortos não estupram" ta ok.

Anônimo disse...

Finalmente um PL que vale a pena tramitando no Congresso! Parabéns Lola, por ser incansável nessa luta que as vezes parece ser como enxugar gelo.
Fabi.

Viviane disse...

Em primeiro lugar, parabéns, Lola, por esta vitória! Por todas nós!
Agora aguardando ansiosamente como alguns "jornalistas progressistas", que tratam a Lola como o Voldemort ("aquele que não se pode dizer o nome"), vão noticiar o fato.
Sim, Luis Nassif e Kiko Nogueira, estou falando com os senhores (e seus "fãs")!

Cláudia Dans disse...

Lola! Que notícia maravilhosa! Ah fiquei emocionada, super feliz! É uma grande vitória! Parabéns! :D

Anônimo disse...

Não sabia que o Luis Nassif e o Kiko nogueira não gostavam da Lola. Por que isso?

Caio Borrillo disse...

Que vitória, Lola! Nem posso acreditar, nesse mar de chorume que lemos e vemos todos os dias, ao menos uma notícia boa!

Fico muito feliz por isso e por você não ter desistido da luta. Ninguém merece essa perseguição insana que você sofre.

Parabéns mais uma vez!

Ricardo Leone disse...

Justo. Justíssimo!

Eddye Oldschool disse...

Mais que merecido. Uma lutadora dos direitos humanos, antes de lutar pelos direitos feministas. Parabéns.

Marlene Santos disse...

Mais quem.são esses moleques safados!??? Olha são filhos do demônio perturbados,uma boa cadeia no lombo dessa raça e muito bom

M.C disse...

Lola,te venero!

Meus parabéns a você e a deputada Luizianne,creio que essa não é apenas uma vitória pessoal e sim uma vitória coletiva,ja que vocês estão colaborando com a civilização do Brasil.

É a história sendo feita,através de pessoas dr coragem como você e a Deputada Luizianne Lins.
O feminismo agradece

Jéssica Brandão disse...

Parabéns Lola, finalmente esse tipo crime está sendo reconhecido como crime de fato! Você faz um trabalho maravilhoso, muito orgulho de ter sido sua aluna ❤

Anônimo disse...

Até que enfim uma boa noticia nesse Brasil ,ainda podemos ter esperança na raça humana

Anônimo disse...

"Para ter validade, matéria também precisa ser aprovada pelo Senado"

A luta continua.

Unknown disse...

Eu sou sua fã ha dois anos. Esse é o início de um GRANDE retorno. Você, Lola, merece muitas homenagens. E te admiro por não ter desistido do blog (e de suas leitoras) após tantos ataques. Estamos com você! Parabéns!!!

Juliana Juh disse...

Homem morto não estupra é a mais pura verdade. Homem morto também não fala merda na internet

Belle Ribeiro disse...

Parabéns Lola, vc possui uma força emocional incrível, mais do que merecido.

Vera Cruz disse...

Belíssimo coração!
Adorável alma!
Que você tem!

Vera Cruz disse...

Um passo em direção ao respeito e à justiça.
Você nos faz acreditar que a luta vale a pena. Abraços!

Sâmia Lopes disse...

Lola, eu fico muito feliz por saber que forças do bem estão trabalhando em prol dessa lei. Parabéns por essa vitória.
Admiro imensamente sua coragem. Grande abraço.

Luima disse...

Nem li direito o post, só vim dizer que seu gatinho é muito fofo rsrsrs

Luise Mior disse...

Querida Lola, fico muito feliz que Luizianne tenha conseguido! Na torcida para que seja aprovada a lei Lola no Senado e o golpista sancione. Abraços querida e cuide-se!

bernadete disse...

Estou muito feliz e emocionada com essa conquista,sua e de todas nós, mulheres. Que seja aprovada no Senado logo. Gratidão por lutar e resistir. Beijão.

Anônimo disse...

Leis não impedem pessoas de matar apenas punem quem os fazem.A questão é que muitas vezes as pessoas fazem coisas que as colocam na situação de alvo provável.

Anônimo disse...

Ameaçar so trás complicações para quem o faz.É mais facil não entrar no blog da Lola e esquentar a cabeça com as merdas que são escritas aqui.Agora se tiver que fazer algo faça não ameace.Se fizer sem ameaçar consegue,mas se ameaçar vai parar na justiça.

Anônimo disse...

Seria legal parar com essa apropriação do nome da lei em vista da qualidade imensa da pessoa que acabou sendo homenageada, que merece o respeito de não ter seu nome apagado por egolatria.