terça-feira, 30 de janeiro de 2018

NO PAÍS DA PIADA PRONTA

Coisas que me chamaram a atenção hoje (algumas são de ontem e eu só fiquei sabendo hoje). Porque não vou ter tempo de escrever um post decente.
Alguém que não sei quem é reclamou num tuíte que quem usa Adblock está matando a web. Eu não uso Adblock, nem sei como instalar, mas tá insuportável assistir qualquer vídeo no YouTube, por exemplo. Fica sendo interrompido toda hora por anúncios. E sem falar que se você compra uma calcinha online, o seu destino será ver a mesma calcinha à venda em cada página que abrir. 
E aí, vocês usam? (AdBlock, não calcinha).
Vi o vídeo do ratinho tomando banho. Fofinho. Mas nessa imagem congelada tá parecendo uma rã.
Mas o melhor foi o vídeo da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) num iate, ao lado de quatro caras sem camisa, se defendendo das acusações de responder a processos trabalhistas. No país da piada pronta, Cristiane foi escolhida por Fora Temer para ser ministra do Trabalho. Mas a presidenta do STF Carmen Lúcia suspendeu sua posse, já que Cris foi condenada a pagar R$ 60 mil por dívidas trabalhistas para um de seus ex-motoristas, e fez acordo de R$ 14 mil com outro. 
Só recapitulando: ministra do Trabalho num iate (ou lancha, ou barco, dependendo da notícia) com homens que dizem ser empresários falando "Tô com você, doutora" e "Ação trabalhista toda hora a gente tem". 
O vídeo e a total falta de noção da deputada e dos empresários perguntando "Ação trabalhista? Quem nunca?" são divertidos -- é rir pra não chorar --, mas fichinha perto da notícia seguinte. O pai de Cris, o deputado Roberto Jefferson (que ficou conhecido nacionalmente por ser um dos maiores defensores de Collor durante seu impeachment), pediu compostura à filha.  
Olha, pro Roberto Jefferson puxar a orelha de alguém é porque a coisa tá feia mesmo. Foi bonito também Roberto descobrir que tem muito "troglodita" nas redes. Ele deve saber, pois é um político querido pelos reaças no Twitter.
Ah, antes de eu ir, um assunto sério. Saiu uma excelente reportagem da Agência Pública que vocês devem ajudar a divulgar. Existe um site chamado "Gravidez Indesejada" que serve como armadilha para mulheres desesperas que engravidaram sem querer. O site dá a entender que vai ajudar a mulher a abortar, mas pertence na realidade a uma organização anti-aborto (em todos os casos, inclusive em casos de estupro) ligada a Opus Dei. 
A intenção dessas organizações (que existem em vários países, sempre agindo da mesma forma: mentindo, sem a menor transparência) é, além de convencer a mulher a não abortar -- mostrando-lhe vídeos sensacionalistas e fazendo com que ela toque em fetos de borracha --, enrolar. O tempo vai passando e a gestação não espera, até que não dá mais pra fazer um aborto.
O que a associação faz é o velho terrorismo que todos os pró-vida fazem. Dizem que a mulher pode morrer durante o aborto (a Pública lembra que em Portugal, onde o aborto é legalizado há mais de uma década, o número de mulheres que morrem ao praticar um aborto despencou. Desde 2012 não morreu uma só mulher em decorrência de aborto), que a mulher ficará traumatizada pra toda vida, que "vão furar seu útero", que "tem médico que dá tapa na cara". 
A novidade foi a "argumentação" que um dos psicólogos da associação usou para convencer a repórter (que se passava por gestante) a não abortar. Luiz Carmona falou das consequências do aborto no homem. Os parceiros de mulheres que abortam, segundo ele, lançam-se a drogas e álcool, tornam-se violentos e... impotentes. Essa foi nova pra mim!
Se muitas vezes somos proibidas até de falar sobre aborto no Brasil, o mínimo que podemos fazer, na minha opinião, é denunciar sites que dão golpes (vendem remédio abortivo e não entregam, ou entregam qualquer coisa falsificada) e que enganam mulheres, como o "Gravidez Indesejada". 

26 comentários:

Anônimo disse...

roberto jefferson é o próprio ebola em forma humana

não bastou beber por décadas a urina do color, nos dia de hj bebe a do temer (e urina necrosada, diga-se de passagem, kkkkk)

Viviane disse...

Trecho da reportagem da Pública:
"A voluntária diz à minha colega que ela pode doar o bebê, que pode, depois do parto, nem olhar para a cara dele, que a assistente social leva embora. 'Um bebê recém-nascido com as suas características, branquinho com olho claro, acabou. Recém-nascido tá cheio de pai e mãe querendo'.”

Tráfico de crianças, sim ou com certeza? E ainda vai haver gente capaz de defender esses "pró-vida"...

Anônimo disse...

Se divertir com quatro marombados foi a única coisa boa que a Cristiane Brasil fez até agora. Deveria ficar com eles pra sempre e nunca se tornar ministra do trabalho.

Anônimo disse...

Consequências do aborto para os homens, essa realmente é nova...

Anônimo disse...

Não sei o que sentir em relação aquele comentário de "branquinha e de olhos azuis"

Anônimo disse...

Cristiane Brasil é show.

Toda essa polemica não passa de um preconceito machismo contra a figura da mulher. Se Cristiane Brasil achar que foi lesada em seus direitos, ela tem o direito sim de recorrer a justiça. O mesmo direito teve os seus ex-funcionários de recorrem a justiça trabalhista para receberem o que que é de direito. Também achei injusta quando suspenderam a nomeação de Lula para chefe da casa civil.

Não podemos deixar que a afastem do Ministério do Trabalho só por ser mulher.

Felipe Roberto Martins disse...

Oi Lola,
é muito triste pessoas como a Cris Brasil "acharem" que estão certas. É sinal que muita coisa tá errada no Brasil.
Espero - de verdade - que ela não assuma o Ministério do Trabalho.
Podemos dizer que ela é muito parecida com o pai, quase iguais.
Abraços.

Anônimo disse...

Sobre o site Gravidez Indesejada precisamos fazer alguma coisa para parar esses conservadores. Essa direita xucra passou a ter voz mais ativa, estão invadindo os nossos espaços, e o pior: Estão copiando aos nossas estratégias.

Parece que leram "A Arte da Guerra Política”, de David Horowitz, e estão usurpando para eles os nossos princípios: Conquistar posições, sendo agressivos e implantando o medo e a esperança. Lola como podemos nos defender se eles continuarem a usar nossas armas?

Anônimo disse...

Mas é fato que o povo sai no tapa por um bebê recém-nascido, branco de (prováveis) olhos claros e do sexo feminino, sem deficiência física aparente. Essas nunca completam um ano de idade em abrigo, se já prontamente aptas para adoção (poder familiar já destituído judicialmente).

Sempre que alguém disser que ficou "dez anos na fila da adoção esperando por uma criança", poooooooooooooode escrever aí: o perfil de filho que se queria era exatamente esse.

titia disse...

Então, como ministra do trabalho, querem colocar uma pessoa enrolada justamente com a justiça do trabalho por não cumprir direitos trabalhistas? Nem disfarçam que o objetivo é voltar a legalizar a escravidão no brasil... quanto tempo será que vão levar pra defender a instalação de pelourinhos nas empresas?

21:03 não é por ser mulher. É por ser uma exploradora criminosa que está pouco se lixando para as condições dos trabalhadores e que com certeza não vai defender os interesses da classe trabalhadora - incluindo aí os classe média pão-com-ovo-mamãe-quero-ser-corte que acham que não são trabalhadores. Seria a mesma coisa se o escolhido pro ministério do trabalho fosse o pleyba que é dono da Riachuelo e está enrolado na justiça por usar trabalho escravo.

Quanto ao golpe pra tráfico de crianças, olha, acho que vou simplesmente dar um pulinho ali no banheiro pra vomitar sangue e volto. O nojo é grande demais pra expressar em palavras.

E os pró-morte-pra-vadia-que-transa com certeza acham isso lindo... aborto legal e seguro não, tráfico humano de bebês indefesos que podem parar nas mãos de um pedófilo sim. Onde eu entrego meu pedido de demissão da raça humana?

Anônimo disse...

Uso AdBlock e AdBlock Plus há alguns anos e sinceramente, só posso rir de quem não usa e reclama das insuportáveis propagandas em tudo. É tão simples de instalar, leva segundos só (é uma extensão que uso no Chrome).

Cão do Mato disse...

"Se divertir com quatro marombados foi a única coisa boa que a Cristiane Brasil fez até agora. Deveria ficar com eles pra sempre e nunca se tornar ministra do trabalho."

Não vi nenhum "marombado" nessa foto...rsrsrsrs...

Anônimo disse...

Esse vídeo de quem nunca respondeu um processo trabalhista ficava bom pra quem não quer ser ministra do trabalho mas fala serio o minimo que a gente deseja de um ministro do trabalho é que pague todos os direitos dos seus trabalhadores contratados ora bolas, senão consegui isso por favor desista do cargo .Quanto ao rato Lola eu morro de medo deles oh céus...

Anônima disse...

AdBlock melhor coisa. Recomendo demais.
E, sim, de certa forma, você evita o ganho que alguns anunciantes tem, que recebem por visualizações de anuncios.
Porém não sei viver sem.

Anônimo disse...

Eu uso o uBlock origin e somente desabilito em sites que eu realmente gosto do contéudo para dar aquela força ao dono do site.

Anônimo disse...

Kkkkkkkkkkkkk eu também não...

Anônimo disse...

Sério que você não viu, cão do mato? Como vc consegue ler eu sei que você enxerga. Então para você não ter, digamos, percebido os músculos dos rapazes o motivo é o recalque. Ficou com inveja porque tá longe de ter um corpo parecido com aquele não é, sarnento?

Anônimo disse...

Esse luiz carmona é da mesma máfia daquela desequilibrada da marisa lobo. Esse cara deveria ser denunciado.

Anônimo disse...

Vc fumou maconha estragada, anon 05:53? A direita não leu a arte da guerra política porque direita de verdade não lê nem Mises. Eles não estão copiando ninguém da esquerda não, inocente! A direita simplesmente está sendo o que ela sempre foi: autoritária, agressiva e antidemocrática. Mas a quantidade de burrice mundial aumentou e agora eles tem uma manada acéfala para aplaudi-los em tudo sem nenhum senso crítico. Não que a esquerda não esteja indo pelo mesmo caminho...

Anônimo disse...

Qual o problema das drogas e do álcool neste caso? vc acha que homens não tem sentimentos?

Foram fracos sim de recorrerem a drogas e a álcool, mas nossa obrigação seria ajudá-los na recuperação!

donadio disse...

Olha, eu acho a Cristiane "Brazil" uma pessoa desprezível. E não acho que tenha qualificação para ser ministra do trabalho.

Mas há um outro problema, que precede.

Quem governa o país, o Executivo ou o Judiciário? Pela constituição, o Executivo. Então como pode o Judiciário determinar quem vai compor o Executivo? Essa é uma prerrogativa do presidente da República - não de juízes de primeira instância.

Nós já tivemos uma ditadura militar, e foi um horror. Mas os militares, pelo menos, têm disciplina - se o general manda, o coronel obedece. O Judiciário não tem, de maneira que qualquer juiz pode atirar pra qualquer lado. O que significa que uma ditadura do Judiciário equivale à anarquia institucionalizada, e torna o país ingovernável.

E, evidentemente, eu não tenho muita dúvida de que a Cristiane Brazil vai ser condenada na Justiça do Trabalho. Mas é uma ação trabalhista: pagou, ação encerrada. Vamos agora exigir que os ministros todos jamais tenham enfrentado ação judicial nenhuma? De que jeito, se a maioria deles vai ser de políticos, e vai portanto ter enfrentado ações eleitorais?

Então, por mais vontade que eu tenha de ver a Cristian Brazil sumir no esgoto da baixa política brasileira, que é aonde ela pertence, não é esse o método. Por que nesse caso, basta qualquer um entrar com uma ação, por mais estapafúrdia que seja, contra qualquer indicado, de qualquer presidente, a qualquer ministério, e um juiz de piso aceitar a ação, que ficamos sem ministro.

Rafael Cherem disse...

Exatamente.E isso já foi usado contra o Lula.

Anônimo disse...

não é porque a nomeação é ato privativo da presidência que ela está acima da lei, ora

no caso do lula p.ex. era óbvia a intenção de dar foro privilegiado, não tem o que questionar isso aí

no caso da aspirante a ministra, é controverso mas lembremos que uma entidade de advogados trabalhistas que encabeçou, não leigos

e a tal decisão de piso também não é definitiva, ela também não está acima da lei

então não tem anarquia nenhuma, está todo mundo fazendo exatamente o que é pra ser feito na forma que a lei determina que seja

donadio disse...

Não.

"Óbvia a intenção de dar foro privilegiado"

E daí? "Foro privilegiado" não significa "acima da lei". Ministros de Estado podem e devem ser julgados, e o Supremo não é, ou não deveria ser, uma casa-da-mãe-joana, mas um aplicador da lei tão severo quanto qualquer juizado de primeira instância.

Advogados trabalhistas são apenas advogados trabalhistas, não são mais cidadãos do que o pedreiro ou a prostituta. Todos são iguais perante a lei, advogados trabalhistas não são mais do que nós.

Estamos numa bagunça completa.

Se a polícia acha que a deputefe é suspeita de alguma coisa, que investigue. Se o Ministério Público achar que a investigação é conclusiva, que acuse. E se a justiça achar que é culpada, que condene. O que não dá é essa loucura, em que quando a polícia começa a investigar, o cidadão já é culpado a priori. No caso da deputefe, é ainda mais grave, por que sequer há acusação ou investigação; trata-se de matéria trabalhista. A continuar por essa senda, nenhum empresário vai jamais poder ser candidato ou ministro, por que nenhum empresário jamais vai poder evitar ações trabalhistas, que são coisa absolutamente corriqueira.

Tem um artigo bom do Nassif sobre o tema hoje, aqui: https://jornalggn.com.br/noticia/cristina-brasil-e-a-auto-afirmacao-hipocrita-do-aparato-repressor-por-luis-nassif

Cito e endosso:

"Em um governo que tem Michel Temer, Eliseu Padilha, Moreira Franco, no qual estatais torram dinheiro público contratando consultorias estrangeiras para apurar desvios inferiores ao cachê combinado com elas, Cristina Brasil tornou-se o esporte preferido da hipocrisia repressora. É a peça que mostra que, apesar de entronizar Temer na presidência, de livrar José Serra e Aécio Neves, de livrar Aloysio e Jucá, a Justiça mostra sua face poderosa, malhando Cristina Brasil."

O Nassif não entra no tema, mas acho que aqui também cabe discutir em que medida essa covardia e hipocrisia não estão relacionadas com o sexo da deputefe.

Anônimo disse...

Também não consigo ver anarquia nenhuma. Mas mexeu nos bandidos de estimação, povo se arrepia. Felizmente não é todo o povo e sim uma minoriazinha vocal que não sobrevive ao escrutínio do voto.

Anônimo disse...

Parece que algumas pessoas daqui são a favor do foro privilegiado e impunidade para seus politiquinhos de esquerda....