domingo, 1 de abril de 2018

FELIZ PÁSCOA!

E o sentido cristão da nossa feliz páscoa?
Claro que eu não sou religiosa. Mas sei que muitos do que dizem seguir o barbudo o mandariam pra Cuba se ele aparecesse hoje.
Páscoa pra mim é dia de comer chocolate.
E nunca mais foi a mesma depois que meu amado pai morreu em pleno domingo de páscoa, 25 anos atrás.
Na realidade ele teve um ataque cardíaco fulminante no domingo, eu e minha mãe o levamos ao hospital, lá ele foi mais ou menos ressuscitado (já estava com morte cerebral), e morreu de fato dois dias depois. Uma dor imensa. Muitas saudades sempre. 

56 comentários:

Kasturba disse...

Certamente, Lola, se Jesus viesse hoje com as mesmas mensagens de 2000 atrás, seu fim não seria muito diferente, e provavelmente seria condenado pelos mesmos "homens de bem defensores da família e bons costumes"...

Sinto muito pelo seu pai. Lembro quando minha bisavó morreu em um natal, e essa data também tomou outro tom para meu avô após isso...

Eu fui criada em uma religião cristã (hoje não sou tão próxima, mas ainda me considero seguidora), mas não seguimos a bíblia e nem acreditamos em tudo que está escrito no Novo Testamento de forma literal, como esse episódio da ressurreição, por exemplo (no meu entender e da minha religião, é impossível ressuscitar. O que aconteceu foi algo diferente, e as pessoas da época entenderam e explicaram assim). Portanto a Páscoa pra minha religião não tem nenhum sentido "sagrado". Mas de qualquer forma, minha mãe fica muito chateada se eu não telefonar pra desejar "Feliz Páscoa" pra ela... hahahaha

Anônimo disse...

Se Jesus viesse hj reclamaria dos políticos de esquerda, assim como criticava os que se diziam representantes do povo, falando assim "Obedeçam-lhes e façam tudo o que eles lhes dizem. Mas não façam o que eles fazem, pois não praticam o que pregam. Eles impõe fardos pesados e os colocam sobre os ombros dos homens, mas eles mesmos não estão dispostos a levantar um só dedo para movê-los.

Tudo o que fazem é para serem vistos pelos homens. Eles fazem seus filactérios[a] bem largos e as franjas de suas vestes bem longas; gostam do lugar de honra nos banquetes e dos assentos mais importantes nas sinagogas, de serem saudados nas praças e de serem chamados 'mestres'.

8 “Mas vocês não devem ser chamados ‘mestres’; um só é o Mestre de vocês, e todos vocês são irmãos. A ninguém na terra chamem ‘pai’, porque vocês só têm um Pai, aquele que está nos céus. Tampouco vocês devem ser chamados ‘chefes’, porquanto vocês têm um só Chefe, o Cristo. O maior entre vocês deverá ser servo. Pois todo aquele que a si mesmo se exaltar será humilhado, e todo aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado."

Anônimo disse...

12:58 - "políticos de esquerda" o seu cu, só se for

pq essa declaração, se formos pensar, se direciona perfeitamente para POLÍTICOS DE D-I-R-E-I-T-A, câncervadores, crentelhos, escatólicos, reasnos, pastores e demais sacerdotes q se acham "representantes do povo"

Jesus nessa ocasião estava falando à LÍDERES RELIGIOSOS, e pelo visto, a mensagem continua a encaixar nesses trastes (vc é um deles), mesmo milênios depois

é osso

Anônimo disse...

As pessoas que criam hipóteses patéticas do tipo: "se Jesus estivesse aqui hj" não entendem absolutamente NADA de Deus

Justamente pq se Jesus voltasse hoje, não seria da forma como vcs pensam, e sim da forma como ele disse q voltaria: COMO UM DEUS em sua plena natureza, e não mais como um Deus encarnado

Deixem de falar merda sobre o Nosso Senhor, vcs nem creem nele e acham q podem cagar a ideologia oca de vcs pra cima do Santíssimo

"Páscoa pra mim é dia de comer chocolate" - que pena, distorceu completamente o sentido da comemoração

Páscoa é dia de celebrarmos a ressurreição do Salvador, portanto, não há como vc, 12:26, ser "cristã" se não crês no milagre mais importante de Jesus: sua vitória sobre a morte; essa é a essência do pq cremos em Cristo, pq ele morreu e ressuscitou, sem a última parte seu sacrifício vicário não teria valido de nada; é pq ele se ergueu da morte q temos a garantia q nos ergueremos tb

Sem páscoa não há razão de seguir à Jesus

Anônimo disse...

"é impossível ressuscitar" - claro, mas não para Deus, ou será q vc esqueceu da parte em q se diz: "para Deus NADA É IMPOSSÍVEL"

A não ser q vc nem mesmo creia q Jesus seja Deus, então de "cristã" vc não tem nada

Anônimo disse...

será q vc esqueceu da parte em q se diz: "para Deus NADA É IMPOSSÍVEL"

Nem se ele quiser que algo seja impossível para ele?

E se ele quiser ficar parado, fazendo nada, não pode?

Anônimo disse...

Q pergunta mais idiota, poder pode

mas Deus jamais vai quer isso

Anônimo disse...

Lola, querida! Boa Páscoa pra você. Felicidade! Sinto por ser o dia em que perdeu seu pai, mas o tempo diminui a dor e ficam as boas lembranças. Que as pessoas aprendam a verdadeira mensagem do Cristo - inclusive eu - e se prendam menos a dogmas e preconceitos sem sentido.

Kasturba disse...

13h46 e 13h50:
Minha religião é cristã porque temos Jesus como nosso mestre e guia. Estudamos seus ensinamentos, e tentamos seguí-los (amor ao próximo, caridade, tolerância, perdão, humildade, etc...).
Entendemos a Bíblia como um livro de grande valor histórico, mas não creditamos a ela um sentido "sagrado", e portanto acreditamos que muita coisa escrita ali é metáfora ou mesmo lendas e crendices das pessoas que a escreveram.
E nessas "metáforas, lendas e crendices" pra mim está englobado muita coisa "fisicamente impossível", como homem feito de barro, mulher feita de costela, cobra falante, arca onde cabia todas as espécies de animais, pessoas virando estátua de sal, mar se abrindo, virgem grávida, homem ressuscitando... Enfim, isso e muitas outras coisas eu acredito que seja uma interpretação que as pessoas daquela época (bem mais limitadas do que nós somos hoje, em relação a conhecimentos) fizeram dos fatos... E, sim, não acredito que Jesus seja Deus. Pra mim Deus é uma entidade/força/sabedoria universal, e Jesus foi uma pessoa muito esclarecida que veio à Terra pregar a paz.

Agora eu em momento nenhum desrespeito ou taxo de "mais ou menos cristão" quem não acredita no mesmo que eu. Cada um tem direito de acreditar naquilo que lhe parece mais adequado, e acho de extrema falta de respeito (e até mesmo uma atitude não-cristã) aqueles que se sentem no direito de acusar as outras fés de falsas ou "menos cristãs".

Pra mim a mensagem de amor e paz que Jesus veio pregar é clara e suficiente em si mesma. Não preciso acreditar em nenhum fato milagroso ou em uma natureza divina do próprio Jesus para dar crédito ao que ele veio nos ensinar.

Anônimo disse...

Jesus preocupado com os outros? Nunca.

Jesus sempre defendeu a salvação da pessoa.

Ame o próximo e você será salvo.
Faça boas ações e você será salvo.
Siga-me e você será salvo.
Perdoe os outros é você será salvo.
Tenha misericórdia dos outros e você será salvo.

Ou seja, você será só salvo pelo seus méritos pessoais, se isso não for meritocracia é o que então?



Anônimo disse...

ô pessoa

se vc não acredita q Jesus era filho de Deus, aliás, q era o próprio Deus, nascido milagrosamente, morto pelos nossos pecados, mas q ressuscitou ao terceiro dia e por fim se ascendeu aos céus, deixando conosco seu espírito, o Espírito Santo...

Vc NÃO É UMA PESSOA CRISTÃ, pq isso é a base da fé cristã, seja qual for a denominação

vc é ariana, gnóstica, qualquer coisa, mas cristã vc não é

"fato milagroso"/"natureza divina" não é "para dar crédito ao que ele veio nos ensinar", é para que a gente creia q ele é DEUS, q NOS SALVOU e q mora dentro de nós

Vc pode "dar crédito" pro q for q Jesus tenha dito, muita gente elogia suas palavras, mas isso só não adianta, se vc realmente tivesse prestado atenção em suas palavras, saberia q ele veio em missão de REMIR a humanidade

Se vc rejeita isso, minha filha, sinto muito, vc não segue Jesus Cristo por inteiro, vc despreza seu ensinamento mais importante pra ficar com a parte mais "fofinha", resumindo: vc peca contra o Espírito Santo, pq mesmo conhecendo a salvação de Cristo, vc a nega

Q o Espírito Santo te abra a mente

Anônimo disse...

17:59 - seu burro

Jesus já nos salvou, mas para matermos a salvação precisamos fazer o q ele ordenou, LÓGICO

"Amar o próximo, fazer boas ações, perdoar e ter misericórdia"

E por acaso há algum mal nisso? Deus é tão grandioso q a única coisa q ele exige de nós é q sejamos pessoas boas

Kasturba disse...

Essa é a sua crença, legal, respeito.
Não é a minha.

Anônimo disse...

E a sua crença não é cristã, legal, respeito.
Vc só precisa saber disso

Kasturba disse...

Nossa, obrigada por me ensinar sobre a minha própria religião. Você é bem sábio mesmo.
Agora ensina isso pros outros 3,8 milhões de brasileiros que seguem a mesma religião que eu. Talvez você até receba o título de "mestre" ao lado de Jesus pra nós. Que tal?

Anônimo disse...

eu não te ensinei sobre religião NENHUMA, criatura, nem sei qual é a sua religião, parece arianismo, gnosticismo, sei lá

vou dizer nada pros ~3,8 milhões de brasileiros que seguem a mesma religião que vc~, minha filha, eu hein

Só te dizendo pra não confundir isso aí com cristianismo

Kasturba disse...

Agora além de mansplaining também existe "religiousplaining"...

Anônimo disse...

"3,8 milhões de brasileiros"

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ui

Agora vai lá, fala pros BILHÕES de católicos e protestantes no mundo que seu neoarianismo é "cristianismo"

Talvez você até receba o título de "apóstola" ao lado de São Pedro pra nós. Que tal?

Anônimo disse...

Você não é cristã, simples

Dói aceitar a verdade?

Anônimo disse...

13:35, muito educado você, hein?

Quem eu vejo se apresentando como representante dos pobres, salvador do povo etc e tal e o Lula e os outros políticos messiânicos de esquerda.

O presidente deve ser um administrador, gestor da coisa pública que representa o Estado, o Legislativo tem que ser o poder que fiscaliza e crias as leis. Esaa história de fazer justiça social, distribuir bolsa esmola ou se fazer santo não tem nada a ver com a real política, e são pessoas assim que Jesus falava que tinham o interior vazios como túmulos.

Anônimo disse...

18:35, para de falar bosta

Tem muito mais gente odiosa se apresentando como "representante dos pobres", salvador do povo etc e tal; o BolçoMERDA e os outros políticos messiânicos de direita são exemplos

O seguidor de Jesus deve ser bondoso, amoroso e representante do governo de Deus. Essa história de cagar moral, distribuir CÂNCERvadorismo, bancar o sacerdote ou se fazer de santo não tem nada a ver com o amor de Cristo, e são pessoas assim que Jesus falava que tinham o interior vazios como túmulos

Anônimo disse...

Esquerdista não acredita em meritocracia, mas acham as cotas justas. PQP!

Anônimo disse...

18:42, não dá pra ter uma discussão saudável nesse blog?

Lula se apresenta como o pai dos pobres;
Jean Wyllys se diz defensor dos gays;
Boulos é o representante dos sem terras;
Maria do Rosário é defensora dos Direitos Humanos, das Mulheres e dos Excluídos;
Benedita da Sila construiu sua vida pública envolvida nas lutas em favor das comunidades empobrecidas do Rio de Janeiro;
Marcelo Freixo trabalha em Defesa dos Direitos Humanos e defesa dos excluídos.

Depois você quer dizer que eles não se vendem como representantes dos pobres?

Cão do Mato disse...

Meu pai também morreu num domingo de Páscoa, há 16 anos.

Anônimo disse...

19:01, vc continua falando bosta, de "saudável" vc não tem nada

Boçalnaro, marcu infeliciânus, mov. bosta livre, silas malacraia, alexandre broxa, danilo gentinha, olasno do c¨ralho e outros câncervas se acham os "defensores" da famiglia e da (i)moral

Depois você quer dizer que eles não se vendem como "representantes do povo"?

A pregação de Jesus era pra esses bostas fariseus, energúmeno

Viviane disse...

Caramba, o analfabetismo funcional aqui hoje tá triste, hein? Depois criticam a criança do outro post que escreveu uma frase com erros de ortografia...

Alguém avisa ao ignorante que, pela descrição, a Kasturba é espírita (kardecista). É uma religião minoritária no Brasil, mas é bem conhecida. Bom, ao menos para quem não é analfabeto funcional. E, mesmo que não siga a mesma fé, custa respeitar?

Kasturba disse...

Isso mesmo, Viviane, fui criada dentro da doutrina espírita. Não gosto de ficar falando, porque não conheço tudo o que a doutrina ensina (apesar de ter estudado bastante), posso ter algumas interpretações diferentes do que a doutrina prega, e tenho algumas opiniões contrárias em relação a certos assuntos particulares (principalmente no que diz respeito a veganismo e direito dos animais, mas também algumas questões referentes a sexualidade, principalmente feminina - hoje vejo bastante machismo em afirmações de alguns "espíritos esclarecidos" que servem como base do espiritismo).

Acho bastante arrogância de algumas religiões (ou algumas pessoas não necessariamente agindo de acordo com sua religião) quererem se "apossar" da figura de Jesus como sua propriedade, querendo dizer quais são os critérios para que alguém se diga cristão ou não...
Mas enfim, como vi que seria uma discussão infrutífera com esse Anônimo, resolvi deixar pra lá...
De repente ele tem alguma procuração carimbada e assinada do próprio Jesus e eu não estou sabendo...

Kasturba disse...

Mas essas discussões acontecem dentro de vários grupos. Vira e mexe vem alguma feminista querendo ser "mais feminista" e acusar a coleguinha de "falsa feminista"...
Em grupos veganos também acontece bastante de alguns "veganos que se sentem mais veganos" quererem caçar a carteirinha de vegano dos amiguinhos...

Enfim, como não tenho muito saco pra esse tipo de gente, tá bem. Se quer achar que eu não sou cristã porque não passo nos seus "critérios de seleção", ótimo. Não faz diferença pra mim.
Mas que eu vou continuar seguindo cristã, isso eu vou. :)

Anônimo disse...

ng desrespeitou a outra

só estamos combatendo a desinformação:

Não crer q Jesus é Deus, salvador, que ressuscitou e q vive dentro de nós - não é cristianismo

E q engraçado, a outra não crê nos milagres de Jesus, mas acredita em reencarnação

vai entender

Anônimo disse...

É minha filha, vc não é cristã, aceita mesmo

Vc se dizer "cristã" é como um maluco q não crê no alcorão se dizer muçulmano

Tem lógica uma coisa dessa? claro q não

E ng se "apossa" de Jesus, ô energúmena, ELE MORA DENTRO DA GENTE (dos q creem nele, óbvio), a gente só segue o q ele falou como UM TODO, não o só o q nos agrada, como é o seu caso; e é por isso q vc não é cristã, arrogante é vc q pinça o q lhe apraz e quer bancar a "esclarecida"

Nos poupe

Anônimo disse...

Claro, a igreja católica só existe há uns 2 milênios

a igreja protestante há uns 500 anos

Mas o chico xavier q nasceu século passado é quem tem a "moral" pra dizer o q é cristianismo ou não

qua qua qua

Manoela disse...

Acredito que pela forma agressiva e grosseira com que eles escrevam, talvez não sejam de religião nenhuma. Apenas trolls querendo desvirtuar o tópico com uma discussão desnecessária. Apenas para causar.
Mas concordo com você. Parece que se vc diz que pertence a um determinado grupo há sempre alguém que se acha o dono da verdade daquele grupo que se acha no direito de rotular quem é ou não pertencente ao grupo específico.

Anônimo disse...

E você segue tanto o que Jesus falou "como um todo" que está aqui perdendo tempo sendo grosseiro e desrespeitoso com outra pessoa em plena Páscoa.

Anônimo disse...

22:18 - estou defendendo a fé, com licença

22:15 - "discussão desnecessária" pq? O post não se trata de religião?

Vcs se sentem ofendidos muito fácil, parecem flocos de neve, ou como diriam o americanos: snow flakes; tudo ofende, p&ta q pariu, até discordar de uma visão equivocada é "agressivo"/"grosseiro", tenham santa paciência

e mais uma vez: ng se acha o dono da verdade, a questão é q

1º - quem tem mais tempo de existência, tem mais moral pra falar, o q não é o caso do kardecismo (neoarianismo)
e 2º - a pessoa sustenta uma heresia ("Jesus não é Deus") e mesmo assim quer receber o título de "cristão"? tem dó

se dizer "cristã" não acreditando em Jesus como filho de Deus é como um maluco q não crê no alcorão se dizer muçulmano

Tem lógica uma coisa dessa? claro q não

Façam-me o favor

Felipe Roberto Martins disse...

Lola linda a foto de você com seu Pai. É isto que fica na vida da gente: amor e amizade.

Alice disse...

Feliz Páscoa, Lola. Estou me reencontrando com meu cristianismo e me libertando da opressão das pessoas. É incrível como as pessoas querem ser donas de tudo: nossa fé, nosso corpo, nossos sentimentos. Como estou numa fase totalmente libertadora, quero abraçar minha fé com todo o sentimento e simbolismo que ela possui para mim.

Anônimo disse...

Kasturba, desculpa mas a observação que fizeram é pertinente.
Muçulmanos se relacionam da mesma forma que vc com Jesus e nem por isso são cristãos.
Idem aos judeus.
Para muçulmanos e judeus Jesus é guia espiritual, profeta. Mas não o filho de Deus.

A base do cristianismo é crer que Jesus é o Messias, é o filho encarnado de Deus, que Ele é o próprio Deus; Pai, Filho e Espírito Santo. Que morreu e ressuscitou no terceiro dia.

Kasturba disse...

Não tem pelo quê se desculpar, não tenho nenhum problema em ouvir opiniões contrárias às minhas. Inclusive, adoro debates construtivos, desde que feitos de forma respeitosa. Não gosto de conversar com pessoas que se sentem donas da verdade absoluta, como foi o caso do outro Anônimo.

Kasturba disse...

Então, diferente dos judeus e mulçumanos, como você colocou, o espiritismo não vê Jesus como "mais um profeta". Para a doutrina espírita, apesar de não ser o próprio Deus, Jesus é o guia da humanidade terrena, o responsável por todas as pessoas que nascem no planeta Terra. Por isso o chamamos de "nosso mestre". E, dessa forma, acredito que seria algo similar ao que outras religiões cristãs chamam de "Filho Escolhido", ou "Filho Enviado".
Também acreditamos que a humanidade de tempos em tempos receba espíritos iluminados para servir de exemplo e guia (muitos deles são os chamados "santos", "profetas", "gurus", mas podem ser de qualquer religião, ou até mesmo sem uma religião especifica), mas nenhum deles se aproxima da magnitude de Jesus, e suas missões são pontuais, diferente de Jesus, que é o responsável pela humanidade desde o seu surgimento.
Essa é a interpretação da doutrina espírita de quem seria Jesus. Como é Jesus nosso guia supremo (ou o tal "Filho Enviado"), somos cristãos.

Kasturba disse...

Os primeiros cristãos eram somente as pessoas que ouviam as pregações de Jesus, acreditavam e tentavam seguir o que ele dizia. Portanto, o termo "cristão" se refere a quem segue os ensinamentos de Jesus.
O próprio Jesus não fundou nenhuma religião, não afirmou ser Deus, não afirmou existir a Santíssima Trindade e nem nada disso que algumas pessoas estão dizendo ser a "base" do cristianismo, e "imprescindível crer" para que alguém seja considerado cristão...
Os dogmas e mistérios da Igreja Católica surgiram ao longo dos anos, durante os Concílios, em que religiosos estudiosos interpretaram muitas das coisas escritas nos "textos sagrados", fundando assim as bases do catolicismo (e não do cristianismo como um todo, pois aqueles que já seguiam os ensinamentos de Cristo mas não concordavam com as interpretações dadas, não deixaram de ser cristãos). A própria Bíblia católica, tal qual é hoje, surgiu durante esses Concílios.
O Protestantismo surgiu a partir da ruptura com o Catolicismo, negando certas afirmações e interpretações, mas abraçando muito do que já se creia antes, por isso a semelhança de ambas em relação a muitos pontos (inclusive esse, que alguns consideram crucial, de acreditar que Jesus era Deus, e não um homem).

Kasturba disse...

O Espiritismo surgiu anos depois, no século XIX, e apesar de mais recente que o Protestantismo, difere mais do Catolicismo do que aquele, porque não surgiu a partir de uma ruptura com a Igreja, e sim a partir de um resgate do cristianismo primitivo. Por isso todo o "trabalho" realizado ao longo dos séculos durante os Concílios, que deu origem à evolução do entendimento da Igreja, foram ignorados. Novas interpretações foram dadas, e por isso existe uma disparidade tão grande.
Por exemplo, acreditamos que o próprio Jesus tenha falado sobre reencarnação com Nicodemus, quando disse ser "necessário nascer de novo para entrar no Reino dos Céus", fala esta que a Igreja interpreta de diferente forma. Também acreditamos na pluralidade dos mundos habitados, e acreditamos que Jesus tenha tocado nesse assunto quando disse "Há muitas moradas na casa de meu Pai", mas também é uma interpretação diferente das demais religiões cristãs.

Kasturba disse...

Para encerrar (desculpe a resposta longa), não estou querendo dizer que minha religião é certa e as outras erradas, de forma alguma. Todas as religiões nascem de interpretações diferentes. Cada qual escolhe qual faz mais sentido para si, mas ninguém pode afirmar com certeza qual é a verdade absoluta (ou mesmo se existe uma verdade absoluta). E por esse motivo mesmo, não se pode querer medir as outras pessoas ou religiões a partir da régua das suas próprias crenças. Para o catolicismo e protestantismo, para ser um "cristão verdadeiro", a pessoa precisa "aceitar Jesus", o que engloba crer que ele seja Deus e que ressucitou. Mas essa é a verdade para católicos e protestantes, e não a verdade absoluta do mundo.

Kasturba disse...

Manoela, pode ser... E espero que seja.
Mas, na realidade, não me espantaria que seja alguém realmente religioso achando que está fazendo algo em prol de sua religião e defendendo a palavra de Deus...
É por causa de pessoas assim, que não aceitam que suas crenças não são verdades absolutos, que tanta gente já matou e morreu (e continua matando e morrendo) em nome de religiões.
Uma pena mesmo.

E, apesar de se dizer seguidor fiel do que o cristianismo representa, esqueceu da parte em que Jesus diz "Sede brandos e pacíficos"...

Anônimo disse...

Ng tá dizendo q crença alguma é a "verdade absoluta", além da história, vc distorce o q os outros dizem tb?

Vc pode não crer na divindade de Jesus à vontade, só não reescreva na história e nem queira ser chamada de "cristã"

Anônimo disse...

A visão que o espiritismo tem sobre Jesus NÃO IMPORTA, mas que é um erro vcs se denominarem "cristãos" mesmo não seguindo os princípios básicos da cristandade, isto é

Princípios esses postulados pelo próprio Jesus de Nazaré e posteriormente reafirmados pelos seus apóstolos, isto é, a igreja primitiva; não é "invenção" da igreja católica

"Os primeiros cristãos eram somente as pessoas que ouviam as pregações de Jesus, acreditavam e tentavam seguir o que ele dizia"

Vc tem alguma evidência de q era "só" assim? Presumo q não, presumo q vc tenha inventado isso, tirado essa conclusão da sua própria cabeça, ou da cabeça de outrem, de modo a tentar sanar sua dissonância cognitiva

Pq na verdade, o q mais sabemos sobre os primeiros cristãos é o q está registrado em Atos dos Apóstolos e nas epístolas subsequentes, e pelo o q lemos lá, eles não eram somente "pessoas que ouviam as pregações de Jesus" e bla bla bla - isso aí q vc escreveu é uma severa DESINFORMAÇÃO

O termo "cristão", portanto, se refere a quem confessa Jesus como seu Senhor e Salvador, é o q os discípulos de Cristo fizeram, e por isso foram chamados assim:

'E sucedeu que todo um ano se reuniram naquela igreja, e ensinaram muita gente; e em Antioquia foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos. Atos 11:26'

E como tb disse o Apóstolo Paulo:

'A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.' Romanos 10:9

e São João:

'Se alguém confessa publicamente que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus.' 1 João 4:15

"não afirmou ser Deus" - MENTIRA

'Eu e o Pai somos um.' João 10:30

"não afirmou existir a Santíssima Trindade" - OUTRA MENTIRA

'Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do PAI, e do FILHO, e do ESPÍRITO SANTO;' - Mateus 28:19

"e nem nada disso que algumas pessoas estão dizendo ser a "base" do cristianismo, e "imprescindível crer" para que alguém seja considerado cristão..." - GRANDE MENTIRA

'Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.' João 14:6

"e não do cristianismo como um todo" - as bases do cristianismo como um todo é exatamente o q está escrito no Novo Testamento, criatura, são as palavras do próprio Jesus e de seus discípulos; mais uma vez: a igreja católica não "inventou" nada disso

É só ler o q está nos Evangelhos/nas epístolas; olhas os trechos q eu citei, mais claro q isso IMPOSSÍVEL

"pois aqueles que já seguiam os ensinamentos de Cristo mas não concordavam com as interpretações dadas, não deixaram de ser cristãos" - Se eles acreditavam em Jesus como seu Senhor e Salvador É CLARO Q ELES NÃO DEIXARAM DE SEREM CRISTÃOS, dãããrrr

E não foi a "bíblia católica" q surgiu "durante os concílios", ô ignorância, foi a BÍBLIA PER SE; não sei se vc sabe, mas não havia outra bíblia antes disso, apedeuta - Isso é uma tentativa sua de tentar descredibilizar aquilo q te desagrada na bíblia? coitada

"acreditar que Jesus era Deus, e não um homem" - todo o cristianismo (real) acredita q Jesus foi um homem, q inferência mais burra

"a partir de um resgate do cristianismo primitivo"

pelas afirmações espíritas trazidas por vc mesma, ISSO NÃO TEM NADA DE CRISTIANISMO PRIMITIVO, mas NADA MESMO, leia Atos dos Apóstolos, o q tem de kardecismo ali? Se forçar mais sai um boçalnaro 2018; putz, kkkkk, confesso q eu ri dessa

"...Novas interpretações foram dadas..." (sic) - Fonte: Centro Espírita Mãe Menininha de Gantois

"mas também é uma interpretação diferente das demais" - ERRADO, não é diferente "das demais", é diferente de TODAS, alô, terra chamando - mas isso é óbvio, é diferente (de todas) pq vcs NÃO SÃO CRISTÃOS

Anônimo disse...

CONTINUANDO:

"ninguém pode afirmar com certeza qual é a verdade absoluta. E por esse motivo mesmo, não se pode querer medir as outras pessoas ou religiões a partir da régua das suas próprias crenças"

Deixe de se fazer de vítima (tal qual a anon 03:32) - Não estamos discutindo sobre "verdades absolutas", ng tá querendo ser "dono das religiões" alheias, puta paranoia do c&ralho, e ng tá "medindo pessoas" a partir de crenças. Q mania hein, vcs não sabem o q é DEBATE? Não sabem argumentar sem se sentirem "perseguidos"? P*ta merda

"essa é a verdade para católicos e protestantes" - E-R-R-A-D-O, essa é VERDADE à luz da palavra de Deus (só ler os trechos bíblicos trazidos por mim); "e não a verdade absoluta do mundo" - claro q não, mas é a verdade à luz de quem é um cristão

O q não é o seu caso, já q vc não é cristã, mas tudo bem, nada de mal nisso

'Kasturba, desculpa mas a observação que fizeram é pertinente.
Muçulmanos se relacionam da mesma forma que vc com Jesus e nem por isso são cristãos.
Idem aos judeus.
Para muçulmanos e judeus Jesus é guia espiritual, profeta. Mas não o filho de Deus.

A base do cristianismo é crer que Jesus é o Messias, é o filho encarnado de Deus, que Ele é o próprio Deus; Pai, Filho e Espírito Santo. Que morreu e ressuscitou no terceiro dia.'

EXATO

E para encerrar: não faça cherry picking, se vc é mesmo cristã, creia no que Jesus, filho de Deus, disso por INTEIRO, caso contrário, não, vc não é cristã

'No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.' João 1:1

'E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, .' João 1:14

'Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.' João 3:16

'O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação.'Romanos 4:25

FELIZ PÁSCOA À TODOS

Anônimo disse...

Eu respeito o espiritismo, mas é inegável q vcs não creem em muitas das palavras ditas e ações realizadas por Jesus, como a de q ele é filho de Deus, salvador, ressurreto e q nos deixou seu Espírito

Vc não pode se denominar cristã se não crê no q Cristo disse e fez, sinto muito, seria como eu, q não acredita em reencarnação, dizer q sou kardecista; olha a incongruência... aliás, incongruência tb é vc não acreditar nos milagres de Jesus por serem "humanamente impossíveis", ao mesmo tempo q crê em ~reencarnação~, é muita incoerência, pra dizer no mínimo

As Igrejas Católicas e Protestantes estão aí há milênios e séculos, elas sabem do q estão falando, mais do q qualquer outro

Alan kardec chegou ontem e já cantar de galo?

Nananinanão

Cara Valentina disse...

Ainda bem que temos os esquerdistas ateus para fazer charge corrigindo a humanidade a respeito de teologia. Esclarecem um monte de enganos que nos metemos, pobres believers!

Aguardo uma charge lacradora sobre "os pobres sempre tereis convosco".

Viviane disse...

Que coisa triste, o moleque chega aqui xingando tudo quanto é palavrão e diz que está "debatendo".
Vou dar uma de Titia e aconselhar: filho, o Luisinho mandou avisar que só brinca com você se lavar a boca com sabão de coco, ok?

Anônimo disse...

Metade da minha família é espírita e a outra metade tá quase lá. Acho um lixo. Primeiro porque espírita faz de tudo pra dar um ar científico a coisas que você basicamente depende de fé para validar ou não as "provas" e segundo porque nunca conheci um espírita de verdade. Uma vez fui ao famoso cemitério parisiense e estava cheio de vela no túmulo do Alan Kardec... só rindo mesmo. Espírita gosta é de duas coisas, dar sopa (emprego não) pra pobre e aparecer como mais evoluído, como menos ignorante, sendo que poucas coisas são mais ignorantes e primitivas que essa crença em superstições e misticismos paranormais. Nem horóscopo é pior que isso. Uma bela vez estava a família reunida em algum desses feriados protocolares e o povo lá evoluidão metendo o pau em católico, em crente, não sabia se ria ou se chorava porque o que eles criticavam era basicamente o que estavam fazendo e postando no Facebook e se achando seres muito iluminados... tudo lixo.

Anônimo disse...

Outra coisa legal de conviver com espíritas é que durante a vida você conhece umas 10 Marias Antonietas, umas 5 Cleópatras, uns 7 Julio Cesar, um ou outro Churchill... engraçado que Hitler na vida passada ninguém quer ser.

Kasturba disse...

Anom das 10h20/10h26:

Que ruim que essa é a sua opinião sobre a doutrina espírita.
Mas eu acho que isso acontece com qualquer religião. Porque na realidade todo ser humano tem suas imperfeições, e quando você convive de perto, você vai conviver com esses defeitos. Não acho que isso seja provocado pela religião, e sim pelas pessoas.
A família do meu pai é católica, e posso te descrever uma infinidade de "incoerências com a religião católica" que eles cometem. A começar que meu avô chantageou a minha avó pra se casar com ele (disse que se ela não casasse, ele se mataria e mataria os dois filhos pequenos que ele tinha com a irmã recém-falecida da minha avó). Foram casados por 60 anos, e minha avó nunca o perdoou, a ponto de ela morrer sem deixar ele entrar no quarto de hospital dela. A vida deles sempre foi de mentiras e intrigas, com minha avó escondendo dinheiro do meu avô, falando mal dele pra qualquer pessoa sempre que tinha oportunidade. Minhas tias também aprenderam bastante dessas "artimanhas", como esconder dinheiro dos maridos, contar "mentirinhas brancas". Além disso, minha avó tinha uma preferência descarada pelos meus primos do que por mim e minha irmã, porque nós eramos espíritas e os primos católicos. A ponto de ir visitar meus primos praticamente todos os dias, e nunca ir na nossa casa (detalhe, morávamos no MESMO prédio).
Mas eu posso dizer que minha família é assim porque são católicos?? Claro que não! Se fossem evangélicos, espíritas, budistas, ateus, seriam da mesma forma. São pessoas, e como pessoas que são, fazem coisas erradas e em desacordo com sua religião e seu próprio senso de moral.
A doutrina espírita diz claramente que não se deve nunca falar mal e agir de maneira desrespeitosa em relação a outras religiões (tem isso escrito de forma clara no livro Conduta Espírita). Mas eu também conheço poucos (ou nenhum) espíritas que seguem isso 100% do tempo. Mas, sinceramente, quantos católicos e evangélicos você conhecem que casaram virgens??
Ponho minha mão no fogo que não existe um só ser humano que aja 100% de acordo com sua religião.

Kasturba disse...

Continuando...

Sobre explicações pseudo-científicas, também me incomodam. Quando alguém não sabe explicar algo, vem falando que é o "campo eletromagnético e blá blá blá..."
Po, eu sou engenheira eletricista. Sei exatamente o que é um campo eletromagnético, e não cola pra mim vir dizer que meu pensamento gera um campo assim assado... Então se eu começar a pensar, as bússolas vao começar a mudar de direção perto de mim??
Mas essas explicações esdrúxulas são geralmente pessoas que não entendem nada falando besteira. Nunca vi uma explicação assim de algum fenômeno em nenhuma literatura espírita (não estou afirmando que não exista, estou dizendo que EU nunca vi, e já li bastante). Mas já ouvi demais pessoas que nem sabem o que é eletromagnetismo querendo me dar aula sobre esse assunto, ou querendo falar sobre física quântica, matéria negra e etc... Me incomoda. MUITO.
E, sim, apesar do espiritismo dizer que não existem milagres e todos os fenômenos que ocorrem no universo (inclusive os que você classificou de místicos) são meros fenômenos físicos, nem tudo tem explicação (pelo menos atualmente), e cabe à pessoa acreditar ou não que tais fenômenos realmente existem. Caso contrário, espiritismo não seria religião, e sim fatos concretos provados e aceitos pela ciência. É o caso da reencarnação. Não existe nenhuma prova concreta que ocorra, e menos ainda que é um fenômeno físico normal (e não algo místico e milagroso). Mas eu acredito. Faz sentido pra mim.
Mas não acredito em milagres, nem de Jesus, nem de Deus, nem de ninguém. Mas eu posso estar enganada, milagres podem existir e pronto. E reencarnação pode ser uma teoria louca.
Só não consigo entender porque alguém acreditar ou não em algo que não é comprovado (nem que sim nem que não) incomoda tanto as outras pessoas...

Ps.: Sou espírita desde que nasci (mais de 30 anos), e embora atualmente um pouco afastada, durante a maior parte da minha vida frequentei assiduamente diversos centros espíritas. Nunca conheci NENHUMA Cleópatra, nem Júlio César, Maria Antonieta ou Churchil. Acho que as pessoas com as quais você está conversando é que têm um ego inflado demais...

Kasturba disse...

Ah, e acrescentando...
Já conheci pessoas que são espíritas e são maravilhosas. Assim como católicos, evangélicos, budistas e ateus.
E também já conheci espíritas, católicos, evangélicos e ateus que eu não classificaria como "boas pessoas" (budistas não, porque na realidade só conheço 2, e considero ambos pessoas muito boas, mas certamente também existem budistas "ruins").

Já vi casos de pessoas fazendo coisas horríveis em nome da religião - uma médica espirita que se negou atender uma criança estuprada porque a menina "mereceu" porque provavelmente havia sido um estuprador na vida passada; casos diversos de pais evangélicos ou católicos que fazem mal a seus filhos gays porque é pecado, etc...
Mas também já vi muitos casos da pessoa largar vícios ou realmente fazer uma reforma íntima e se tornar alguém melhor em nome de uma religião.

Não é uma religião específica ou a falta dela que faz alguém se tornar melhor ou pior. É a vontade da pessoa. A religião (qualquer que seja, ou mesmo a ausência dela) vai ser apenas um instrumento pra pessoa justificar seus atos, pro bem ou pro mal.

Davy Lima disse...

Eu sempre quis ir num centro espirita ver como é a procedência das coisas por lá.
Tudo que eu sei sobre a doutrina é o mesmo que os cristãos sempre vomitaram p/ mim (as mesmas coisas que fulaninho falou acim).
A vida é um aprendizado eterno, e gostei muitíssimo do seu relato, eu só não ficaria dando ouvindos a estes cristaos que só sabem disseminar ódio ,tentando pregar as suas verdades absolutas as quais nenhuma tem comprovação científica.
Visivelmente nem mesmo eles seguem essa jossa.
A falácia do escoces de verdade só serve p/ inflar o Ego de quem não tem nada a acrescentar num debate.

cianaly disse...

Kasturba, sua clareza nas explicações são magnificas! Aliás, acompanho sempre seu posicionamento das coisas aqui no blog e é sempre brilhante. Muito bacana mesmo! Espero que esteja indo tudo bem com você e sua gravidez! Mandando boa vibrações aqui de Goiás!