quarta-feira, 4 de abril de 2018

STF DECIDE SE VAI CEDER À CHANTAGEM DO EXÉRCITO

Ontem os manifestoches saíram às ruas para exigir a prisão de Lula. Foi um fiasco, pouca gente, apesar da convocação de uma empresa estrangeira, a Sky, e de ligações anônimas para celulares pedindo a presença dos reaças (fica a pergunta: quem está financiando tudo isso?). 
O cartaz de um dos movimentos organizadores dizia: "Se você não for, ele volta", deixando bem claro duas coisas: 1) que eles não conseguem vencer Lula numa eleição, tem que ser no tapetão; 2) que os protestos não são anti-corrupção, são apenas anti-PT, anti-esquerda em geral. 
É só pensar: fazia quanto tempo que coxinhas não saíam às ruas para protestar e pedir intervenção militar? Uns dois anos?
Pense em quantos novos escândalos, em quanta impunidade, vimos durante esses dois anos. E nenhuma manifestação dos reaças. Só ontem, véspera do julgamento do habeas corpus de Lula pelo Supremo Tribunal Federal, é que eles decidiram "fazer pressão". 
Não foram os únicos, claro. O comandante do Exército, general Villas Boas, disse no seu Twitter que a Força “julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à democracia”. 
Luiz Eduardo Soares escreveu que o tuíte -- lido pelo Bonner no final do Jornal Nacional ontem -- é a maior chantagem à Justiça desde a ditadura. 
Clique para ampliar
Talvez o mais terrível seja ver a grande mídia repercutir as ameaças de Villas Boas e outras autoridades do exército como se fossem uma defesa da democracia, não um ataque. Já vimos esse filme antes, em 1964: a mídia saudando um golpe militar para defender a democracia contra a "ameaça comunista". 
Ou o mais terrível seja ver como uma ameaça de golpe militar atiça os ânimos dos fascistas, que sonham ter seu "personal DOPS" para torturar e matar seus desafetos pessoais.
Clique para ampliar
Ou o mais terrível mesmo seja ver o que este país se tornou. Lembram quando reaças diziam que vivíamos uma ditadura petista bolivariana? 
É uma gente bizarra: negam que uma ditadura militar sangrenta de 21 anos tenha sido uma ditadura, negam que houve um golpe em 2016, negam que estamos vivendo um Estado de exceção, mas juram que a única ditadura que vivemos no Brasil é a comunista.
Não tenho esperança quanto ao STF. Vai negar o habeas corpus. Se Lula será preso ou não, é outra história. Compensa pros donos do poder fazer dele um mártir? Ou só impedi--lo de se candidatar já basta?

43 comentários:

Luise Mior disse...

Estamos vivendo as consequências de não termos revisado a Lei da Anistia. Se tivéssemos feito, não teríamos generais achando que podem se manifestar sobre a situação política. Queria ter esperanças no STF, mas do modo que eles andam se achando o maior poder da república, seria vã. Acho que prenderão o Lula pois se não o fizerem sabem que muitas pessoas votarão nele. Força aí em Fortaleza querida Lola ;)

Anônimo disse...

Pouca gente a onde Lola? As principais vias publicas das capitais estavam lotadas de gente kkkkkk, vc deve viver em um universo paralelo só pode.

Anônimo disse...

DEMOCRACIA
É o regime onde TODOS os cidadãos podem manifestar as suas opiniões pessoais, sem receio algum, incluindo os generais do exército.

Anônimo disse...

1 - tem gente interessada na prisão do lula por dois motivos:
- interesses escusos, como essas organizações que ninguém sabe direito quem são e que querem o poder;
- pessoas como eu, que só estão indignadas/decepcionadas com o rumo que a coisa toda tomou no brasil e anseiam por punição àqueles que assaltaram nossos cofres. Nesse grupo tá incluido gente que acha que só o PT roubou, mas também tem gente que quer PF e MPF independente para poder investigar todo mundo.

2 - Segundo ponto. Juridicamente falando, eu acho sim que o Lula deve ser preso antes de transitar em julgado sua condenação pelo simples motivo que sua condenação foi ratificada em segunda instância. Todo mundo é inocente até que se prove o contrário. É o princípio do in dubio pro reo. Mas essa presunção deve ser pró sociedade a partir do momento em que alguém é condenado e essa condenação é confirmada por um tribunal.
Ninguém é condenado sem provas e, se isso acontecer, vai cair no tribunal. Não aconteceu isso. Confirmaram a sentença. Logo, há uma presunção dos fatos que embasaram aquela condenação.

Alícia

Cão do Mato disse...

Para os defensores da prisão após condenação em 2ª instância...
Não interessa o que você ACHA, isso é irrelevante. A lei diz que a prisão só deve ser efetuada após a sentença transitado em julgado. Até lá o réu deve ficar solto. As várias instâncias têm como função diminuir a chance de erro judiciário, uma vez que são vários juízes a analisar o caso. Acredito que a morosidade da Justiça não resida na existência de várias instâncias, mas sim nas muitas brechas da Lei, além da conhecido déficit de funcionários (apesar dos altos salários do Judiciário, que não beneficiam apenas juízes e promotores).
Se existem muitas instâncias, que se mude a Lei. Até lá, é o que temos para hoje.
Imaginem um acusado de estupro que seja preso após a condenação em 2ª instância. Ele pode continuar recorrendo enquanto está preso. E se no final for declarado inocente? Quem vai devolver os anos perdidos na cadeia e, principalmente, livrá-lo do trauma de ter sido preso pro estupro?

Anônimo disse...

Qual outro pais do mundo onde um condenada só vai preso após recursos em 4 instancias?
No brasil rabos abanam cachorros.

titia disse...

Essa é pra reaçada que quer seu Personal DOPS Desafeto Intimideitor Tabajara. Minha professora, que viveu a ditadura militar, contou um pouco ontem sobre como a repressão funcionava. Um amigo dela foi preso; a bandidagem fardada chegou na casa do sujeito, desceu o cacete nele, levou-o preso junto com a mulher e o filho de uns 5 anos, sem dizer porque nem nada.

O motivo? Ele conhecia alguém que um dia leu um livro considerado subversivo. Mais nada. Por causa de alguém que o sujeito não via há semanas ou meses, foi preso o infeliz, a mulher (que nada tinha de militante, era uma dondoca bem tapadinha que não enxergava um palmo adiante do nariz) e o filho, que era apenas uma criança e, portanto, que porra vai saber de esquerda, direita, ou política?

Nem precisava ser militante, ou de esquerda pra ser preso. Se você fosse universitário, se você tivesse fumado maconha um dia, se você tivesse pedido um lápis emprestado ao colega que você mal sabia o nome e estava envolvido em alguma militância ou tivesse um livro censurado em casa, era preso e torturado. Um monte de gente que minha professora conhecia foi presa por esses motivos imbecis e nunca voltou.

Então, reaçada, olha aqui como realmente vai ser: você denunciou o seu vizinho porque ele ouve som alto demais? Prepare seu lombo pro cacete, porque você já deu bom dia pro "subversivo" e portanto é também suspeito, vai ser preso junto. Aquele colega de trabalho com quem você está competindo por uma vaga? Ele vai dizer que te viu com um grupo de militantes e você já era. Alguém te ouviu reclamar de uma medida governamental, do aumento da gasolina, do aumento dos impostos? Encomende seu caixão e se despeça dos seus familiares. É assim que a ditadura funciona, seus imbecis. Vocês não vão ganhar uma milícia de estimação pra espancar seu vizinho viado, dar uma lição na vadia que chutou sua bunda ou sumir com o colega de trabalho negro que "roubou" sua vaga; vocês vão é pro pau-de-arara e pra vala como todo mundo no primeiro piu que derem contra a mais insignificante instituição governamental. Acordem pra vida e morram.

Anônimo disse...

Em 21 anos de ditadura, apenas 400 pessoas morreram ligadas contra o governo (sendo que vários desses casos nem foram comprovados). A cada ano na democracia brasileira morrem 50 mil pessoas. REPITO: MORREM 50 mil pessoas a cada ano. Na ditadura o numero de homicídios por 100mil habitantes era 5. Agora são 29 por 100 mil habitantes.

Anônimo disse...

400 pessoas? Fonte: Essa fossa que vc chama de cerébro. Outra questão, só por ser contra o governo tem que ser morto? Já podem te matar?

Kasturba disse...

É patético ver esse povo pedindo por uma nova intervenção militar. Infelizmente meu pai é um desses.
Mas as chances de um novo golpe aos moldes de 64 ocorrerem são ZERO. Nenhum militar com dois neurônios na cabeça quer arcar com o abacaxi que seria uma nova ditadura... Até hoje a instituição ainda tem sua imagem arranhada pelo que ocorreu nos anos de chumbo, e tenta recuperar sua credibilidade frente à população civil...

Pelos corredores dos quartéis você ainda vê um ou outro idiota defendendo essa idéia ridícula. Mas nenhum general realmente sério cogita essa hipótese. Pelo contrário, sempre fazem questão de afirmar que "em 64 as coisas eram diferentes. Hoje em dia as instituições estão mais maduras, e todas devem agir dentro dos limites da lei".

titia disse...

Não sei se rio ou choro desses idiotas dizendo que em 64 morria menos gente. Essa corja é tão, mas tão mau caráter que finge descaradamente ignorar os números maquiados, a censura que falsificava os reais dados da violência, os que morreram nas mãos do exército e que com certeza não foram registrados como homicídio (Vladmir Herzog, alguém aí?). Eu juro, nessas horas se algum super vilão inventasse de eliminar metade da população mundial, eu não seria capaz de mover uma palha pra impedir; apenas diria por quem ele deveria começar ( A.K.A congresso, stf, bolsominions, mascus, reaças, bancada evangélica, vaticano, dogolachan, estado islâmico, etc.).

Anônimo disse...

Não importa o que vocês esquerdistas pensam. Se a população implorar pela intervenção militar, eles tem que atender. É simples. Em 64 foi assim.

E nós precisamos dos militares para retirar TODOS os políticos e desmontar todo o parlamento. Ou esse país irá virar uma Venezuela por causa de vocês.

Devemos corrigir o primeiro golpe que originou todo o fracasso do país e retornar a Monarquia, onde foi a ÚNICA época que o país foi prospero, e abolir e criminalizar todas as ideologias miseráveis, genocidas e assassinas como socialismo e comunismo.

CHEGA!

O PAÍS ESTÁ CANSADO DE VOCÊS DESTRUINDO TUDO!

Kasturba disse...

Você quer chamar os militares para que eles (nós) restabeleçam a monarquia???
Hahahahaha

Já estudou história? O fim da Monarquia foi o primeiro golpe militar. Quem traiu e expulsou o imperador foram justamente os generais de sua mais alta estima e confiança. A proclamação da república foi arquitetada nos salões do Clube Militar, que não por acaso até hoje é chamado de "A casa da república".

Anônimo disse...

Esses bolsominions culpam o Lula até pela coceira nos rabos deles. Fiquei presa por duas horas em um engarrafamento miserável por causa de um protesto devido a um semáforo quebrado. Os imbecis no aplicativo do celular começaram a culpar o Lula pelo protesto. Pqp que gentr estúpida.

Anônimo disse...

Sobre a doutrina acredito que tem para dois lados, eu particularmente prefiro que a pena comece em primeira instância, quando o era até o Regime Militar quis salvar o Delegado Sérgio Paranhos Fleury e passou a segunda instância, existia uma lógica argumentativa que aí se exaure a discussão de provas e mérito, ficando aos tribunais superiores a discussão de questão de legalidade e constitucionalidade.

Como tenho uma visão muito negativa das razões das mudança de jurisprudência de 2009 prefiro nem externar, assim como a volta para posição anterior também não me parece que fizeram para bem da Justiça.

Mas há outra tendência no direito que é nos crimes de juri já começar a execução da pena, quem está assistindo o julgamento tal medida tem como defensores os ministros Dias Toffoli e Barroso, para quem é favor da pena rápida e justa para feminicídio, eu espero alguma mobilização da sociedade para que seja sumulado, lembrando que o Dias Toffoli é a favor do transito e julgado mitigado no STJ para os crimes fora do âmbito do juri que começaria o cumprimento da pena,

Concluindo eu espero que os movimentos feministas não queiram que só comece a cumprir todos os crimes penais no transito e julgado do STJ.

Anônimo disse...

12:25 - quem vive em mundo paralelo é vc, seu mascu de bosta, enfia essa fanfic na sua uretra, seu merda

12:41 - ng tá falando q não pode, seu lixo, a questão é q pra todos os atos há sempre uma consequência, é a lei da vida, sua mula, ele pode falar o q quiser, agora vai ouvir o q não quer tb, seu bosta

"apenas 400 pessoas morreram ligadas contra o governo..." - fonte: seu cu, faça q nem o anon 12:25 e enfie a fanfic na sua uretra

"Em 64 foi assim" - na sua uretra entupida de merda, né mascu? tá achando q alguém aqui é otário? Já sabe o q fazer com a fanfic...

forças armadas em nenhum país serve a população, sua anta, nunca te ensinaram isso? pra ser burro desse jeito só sendo mula de carga do olASNO do c%ralho; exército obedece ao seu comandante-em-chefe, q no caso do brasil (e em todas as outras repúblicas federais) é o presidente do país, SEU ASNO, vá ser burro assim no inferno, seu câncervador de MERDA (pleonasmo)

E jamais a monarquia lixo (redundância) vai voltar, seu bosta, aquela foi a época mais desgraçada do país, apedeuta, o q temos q abolir e criminalizar é essa sua ideologia de merda e miserável: o boçalnarismo.

CHEGA!

O PAÍS ESTÁ CANSADO DE VOCÊS câncervas DESTRUINDO TUDO!

Anônimo disse...

A constituição não diz em nenhum lugar q não se pode -prender- antes do trânsito em julgado

ela diz q não se pode "considerar condenado" - "considerar condenado"

uma locução completamente subjetiva, portanto, sujeita à interpretação dos juízes do supremo

Segundo os petebas: "A lei diz que a ~prisão~ só deve ser efetuada após a sentença transitado em julgado" (mentira, a lei não cita a palavra "prisão"), cof cof - se fosse assim, ng seria preso nesse país, inclusive criminosos, homicidas e estupradores com pedidos de prisão cautelar

Petistas são bastante idiotas, só reverberam delírios

Anônimo disse...

Você realmente acha que dom pedro 2 foi a pior coisa do país? O homem mais culto e fluente em línguas (inclusive tupi) que já ficou no poder, que era contra a escravidão e todos os seus criados eram assalariados, que pagou estudos de jovens talentosos com o próprio dinheiro para estudarem no exterior, no qual a receita da coroa praticamente não mudou ao longo dos anos, sendo aos poucos corroída pela inflação. Foi no final do reinado dele que as mulheres brasileiras tiverem oficialmente permissão de estudarem em universidades. A escravidão só não foi abolida antes por causa do poder dos cafeicultores, tanto que depois que a isabel acabou a monarquia caiu.

Anônimo disse...

De feministas verdadeiras que são contra a impunidade sistemática no país eu também espero, mas das que são de esquerda fanática vão querer sacrificar o povo e as mulheres aos bandidos e estupradores para poder salvar o lula entre outros da esquerda.

Anônimo disse...

Você realmente acha que dom pedro 2, o maçom, foi o único monarca do brasil? sua mula

se esqueceu do pai picareta? e do avô mais picareta ainda? do bisavô, e trisavô, etc. toda a caralhada infame da coroa portuguesa? seu inútil

A monarquia do brasil: da colônia ao império foi um lixo, onde já se viu, em pleno continente americano ter monarquia? nem nos estados unidos

faça-nos o favor e se interne logo, demente, monarquia abolida em lugar nenhum do mundo será restaurada, quanto mais no brasil, SE INTERNE

=)= disse...

Olha meu tuíte ai gente! Cada dia fica mais difícil discernir quando é manifestação real ou é desfile de alegorias. Talvez a maior diferença seja que quando é Carnaval o pessoal permanece mesmo com chuva. E segue o samba enredo.

=)= disse...

Alguns esperam pela volta Dom Sebastião, outros pela de Dom Pedro II. Eu espero a volta da sanidade generalizada. Enfim, utopias.

Anônimo disse...

São numeros que os próprios historiadores chegaram na conclusão, tanto de direita quanto de esquerda, veja no seriado historia politicamente incorreta da historia do brasil. Nos anos 2000 tinha saído uma matéria da folha falando com o título "ditabranda" e os esquerdistas chiaram. Mas se compararmos com as ditaduras da argentina,chile,china,União soviética,Alemanha,ditaduras africanas,khmer vermelho no cambodia, a ditadura brasileira foi uma brincadeira, no regime do medice o congresso foi reaberto,as pessoas votavam para certas posições, a própria filha do geisel ouvia "chico buarque", o chorão da "censura", para a maioria dos brasileiros a ditadura foi apenas uma obrigatoriedade de educação física e moral cívica nas escolas, o poder de compra dos brasileiros era muitissimo menor mas a violência era baixa, minha mãe nessa época com 10 anos pegava ônibus sozinha no rio de janeiro para ir a escola sem medo, o tráfico ainda não tinha chegado (brizola foi depois né?), os moradores de favela eram apenas pobres recém saídos de um ambiente rural em busca de trabalho honesto, não saiam de casa com medo de levarem bala perdida, a maioria dos brasileiros eram religiosos e queriam trazer uma vida melhor para a família, não havia motivo nenhum dos militares tocarem o terror no país, inclusive porque a maioria do povo era a favor da ditadura, tanto que durou 21 anos, rsrs.

Anônimo disse...

"Vi no seriado". Outro dia vi num filme que evitaram a colisão de um meteoro contra a Terra usando explosivos. Foi bem tenso.

Anônimo disse...

Tenha certeza de uma coisa. Idiotas certamente não são.

Anônimo disse...

Não adianta argumentar contra essa gente.

titia disse...

Monarquia?

Seriado "politicamente incorreto" como fonte acurada e imparcial e totalmente confiável sobre a violência durante o período militar?

Ok, isso já passou dos limites. Alguém arranje o telefone do hospício porque tanto delírio e alienação da realidade nem injeção de todos os anti psicóticos do mundo direto no cérebro resolve.


"No final, o bem sempre vence"

http://www.uol/entretenimento/especiais/anos-80.htm#opiniao-por-que-precisamos-deixar-os-anos-80-para-tras

'Depois que os anos 80 passaram, crescemos com o grunge, as raves e o pagode romântico, além de versões ainda mais violentas dos heróis do passado. O processo de se tornar adulto sempre teve a ver com o entendimento de que a vida é mais enroscada do que essa dicotomia entre “bem” e “mal”, “certo” e “errado”. Quando o Brasil se lembrar que termos como “cidadão de bem” e “família tradicional” não passam de abstrações para entreter moleques de 30 anos atrás, finalmente poderemos sair da puberdade.'

Está vendo? Mais um que não aprendeu sequer a usar o troninho ainda querendo se meter em assunto de adulto...

Rafael Cherem disse...

Fico impressionado pela hipocrisia da direita brasileira, ficando berrando por menos Estado, e justamente uma das garantias do cidadão CONTRA o arbítrio do Estado ela quer ver no chão, e conseguiu.Depois ficam falando de "venezualização" do Brasil. Isso é uma das garantias do Brasil NÃO virar um Estado autoritário seus burros!

Anônimo disse...

22:14 - vc é um bosta, tudo oq vc falou é a mais pura MENTIRA

repetindo: M-E-N-T-I-R-A

mas mentira e câncervadorismo são sinônimos

depois vem direiteba cara de pau dizer q quer "menos estado", nem o cu do energúmeno acredita nisso

Anônimo disse...

Cão do mato, existe um fenômeno chamado mutação constitucional.
Mutação constitucional é quando se altera o entendimento - a interpretação - que se faz de determinada norma, sem, contudo, alterar a norma textualmente.
As palavras continuam a mesma, o significado do que se extrai dela é que muda.
Acontece quando a corte que guarda a constituição tem sua composição alterada, geralmente.
A lei não é um ente abstrato, seco e literal.

Alícia

Jarusks disse...

O socialismo é bonito no papel, na prática não funciona, pois, exige que alguém pague a conta.

Anônimo disse...

Esse golpe de 2016 foi chancelado pelo estamento militar. O Presidente de fato é o General Eitchegoyen, Temer é o fantoche.

Anônimo disse...

Admirável como as pessoas a favor do Lula se esforçam para ser tão ingênuas. Lula está trilhando o caminho dele, quando se aliou ao pmdb já nem era mais para ser considerado de esquerda. O mínimo que ele poderia ter feito nos oito anos que ficou no poder era a reforma tributária. E o tal golpe, onde já se viu colocar um chefe de quadrilha como vice, e os eleitores acharam tudo normal... Enquanto não terminar esse "fla-flu" político só continuaremos votando em quem serão os próximos a nos foder.

=)= disse...

Olá, Jarusks
Eu poderia afirmar de forma simplista que capitalismo não é bonito nem na teoria nem na prática, mas nenhum sistema é perfeito, todos são passíveis de críticas. A questão é: qual sistema "funciona" para um número maior de pessoas? Analise o capitalismo e perceberá que alguém também "paga a conta" para que ele funcione. E será que esta conta é realmente tão justa como muitos tentam fazer parecer?

Camponesa disse...

Exatamente.

Anônimo disse...

Concordo, mas minha revolta foi com o julgamento também apertado em 2016, entretanto acredito q um precedente foi criado e pela segurança jurídica deve ser respeitado, o voto q mais gostei foi da Ministra Rosa (que foi voto vencido em 2016), que reiterou não ser a visão dela sobre o assunto, mas que acredita no respeito aos precedentes

Anônimo disse...

Sério que temos q comparar execuções cometidas pelo Estado? Sabe quantas são tolerávais? NENHUM!!

Anônimo disse...

Mas coerência para que né? Estado só quando convem, quero ver se um dia estiverem envolvidos em um processo e o MP esteja do outro lado da meses pedindo a prisao!

Anônimo disse...

Sim, quem está na base, o lado mais fraco, este sempre paga a conta e nem chegou a sentar à mesa!

Anônimo disse...

Historiadores da extrema direita estes dados sao fakes

Anônimo disse...

O que não quer dizer que isto não seja algo imoral, afinal para quem existirá esse mutação constitucional? Meio estranho tanta subjetividade no julgamento de alguém.

Anônimo disse...

22:57 - ué, liberOtário, e qual é o problema?

no ancapistão vai todo mundo poder fazer o q der na telha? chacinar uma vila inteira e beleza?ng vai julgar o genocida? tá "bom" então, demente

Anônimo disse...

Lola, não visitava seu blog há algum tempo mas com os acontecimentos recentes fiquei com vontade de vir.
Quero te contar um causo, meu causo de vida, na verdade: Em 89, eu tinha 7 anos e me lembro perfeitamente bem dos botons do Lula que usava na mochila. Fazia campanha entre familiares e naquela inocência infantil vislumbrava naquele homem o salvador da pátria.
Lembro inclusive de um sonho com aquele cara barbudo levando marmitas aos mendigos que moravam numa praça próxima da minha casa, era nesse nível a adoração.
Pois bem, os anos foram passando e o entendimento político tb. Acreditava, cada vez mais, desejava esse futuro pro Brasil com todas as minhas forças.
Eu, menina zona sul, estudante de colégio particular, com viagem pra disney e todo roll de confortos clássicos da classe média, olhava para além do meu apartamento e lutava por um futuro melhor mais igualitário pro nosso país.
O dia finalmente chegou:Ele foi eleito, que festa. Lembro como se fosse hj, lágrimas nos olhos.
O tempo foi passando e o mantra que mais repetia era: Deixa o homem trabalhar.
Acreditava no Lula e no seu projeto pro Brasil como uma seita extremista, acreditava na sua idoneidade e lisura com toda minha consciência. Veio o segundo mandado, veio a Dilma e o pesadelo.
Então, de repente. as notícias de corrupção começaram a pipocar aqui e ali, claro que não acreditei. Um homem que fez e viveu tudo aquilo nunca se deixaria corromper, nunca colocaria em risco tudo que lutou pra conquistar, aquele homem nunca me trairia.
Afinal o defendi minha vida toda, ele não faria isso comigo.
Mas fez, Lola. Fez comigo, fez contigo e fez com todos que confiram seu tempo, seu dinheiro, seu voto, suas ideologias, suas idéias.
E isso não consigo perdoar.
Me desculpem, sei que o projeto social é muito maior que tudo isso, entendo isso perfeitamente bem. Mas não consigo aceitar que em nome da governabilidade e dos fins positivos, os meios escusos possam ser justificados?
Pro meu Lula não. Pro meu Lula, aquele que defendo desde os 7 anos de idade, pra ele tudo de errado é errado, sem mais.
Portanto, claro que toda essa corja deve ser condenada, óbvio: Aécio, Serra, Alckmim e os outros todos tb.
Mas veja bem, quanto mais vc confia e acredita em alguém pior é a decepção, justamente por isso é imperdoável, intransponível, insuportável que meu Lula tenha fechado os olhos pra tudo que acontecia em volta dele.
Quer dizer que um pedófilo que antes de abusar da criança, enche de mimos, ajuda a família, da dinheiro. Depois do abuso se arrepende e paga a escola por anos. Esse cara merece um atenuante na pena?
Essa é exatamente a sensação que tenho em relação ao Lula, esse Lula aí, não o meu Lula. Pq o meu Lula morreu há muitos anos e esse Lula aí tem que responder pelo seus erros e principalmente por ter traído e enganado todos nós.