sábado, 2 de junho de 2012

UMA IMAGEM ANTOLÓGICA

Sei que há muitas críticas à Marcha das Vadias. As mais embasadas vêm das próprias feministas. Eu também não gosto do nome, acho muito difícil dar um novo significado a uma palavra tão pejorativa quanto vadia (que é apenas uma entre as mais de duzentas usadas para condenar o comportamento sexual de qualquer mulher), sinto que as mensagens não são entendidas pelo público leigo. Mas gosto muito da energia, da irreverência, da organização horizontal, não hierárquica, e do poder que as marchas têm de atrair novas militantes. Enquanto não inventarem um protesto mais chamativo, sigo sendo a favor das marchas.
E, convenhamos: qualquer evento popular que renda uma foto como essas não pode ser de todo ruim. 
Esta foto fala comigo em muitos níveis (tem um vídeo também). É empoderadora. Mostra união, mostra força, mostra que não vamos mais nos calar, que não vamos mais baixar a cabeça pros abusos, que somos aliadas nesta luta. O babaca cínico de braços abertos, como se dissesse "É só uma piada", e todas nós apontando o dedo pra ele.
A Marcha das Vadias de Brasília publicou um post muito bom sobre o assunto. Concordo totalmente com a argumentação: havia centenas de homens numa manifestação com mais de cinco mil pessoas. Claro que a maior parte estava marchando junto, mas é possível imaginar que, nessa multidão, havia homem que foi ver mulheres com seios descobertos, ou, sei lá, fazer seu protesto silencioso. 
Como diz o blog: “Seria realmente plausível que uma marcha de milhares de pessoas se colocasse contra um cara que estivesse simplesmente quieto?”. Se o cara estava assediando as manifestantes, falando palavras agressivas, ameaçando (e, se um sujeito desses tem a “coragem” de fezer isso no meio de uma multidão de mulheres, o que será que faz quando está sozinho com apenas uma?), as manifestantes têm total direito de se revoltarem contra ele. Aliás, o panaca se envolveu com a marcha errada. A de Brasília é a maior e mais organizada do país. Tem um aparato de segurança formado pelas próprias mulheres, no melhor esquema de “mexeu com uma, mexeu com todas”. As críticas à reação das manifestantes são previsíveis e dizem muito sobre quem critica. Segundo o blog:
“É impressionante como incomoda o fato de mulheres resistirem e reagirem diante da violência que as atinge. Incomoda porque homens assim não estão acostumados a verem mulheres se colocando contra a violência que sofrem, resistindo e se unindo contra qualquer tipo de agressão que recaia sobre uma de nós. Incomoda porque não faz sequer parte do universo simbólico desses homens qualquer possibilidade das mulheres perceberem como violência abordagens constrangedoras e atitudes masculinas agressivas muitas vezes consideradas naturais pela nossa sociedade. Incomoda porque as nossas demandas e aquilo que nos agride são coisas vistas, por esses caras, sempre como secundárias, menos importantes ou até irrelevantes.”
Desculpem, mas não pude deixar de coletar alguns comentários de um fórum mascu. É um registro de como estamos incomodando. E de comos eles estão desnorteados.

- Seria esse nobre cidadão um GDR? [Guerreiro da Real, um dos braços do masculinismo brasileiro].
- Li no facebook que é apenas um cara usuario de drogas inclusive, que apenas andava pela rua e ao ver tantos cartazes tratando homens como animais (exatamente como Hitler e os nazistas faziam com os judeus) se se revoltou a declamar em voz alta sua revolta. Precisamos mais do que nunca nos unir, pois agora as feminazistas mostram que tem unidades de espancamento como na época de Hitler, dai para assassinatos é só um passo.
- Vi uma imagem agora, um monte de barangas juntas e umas parecendo homem, com as tetas de fora, e uma mostrando até a xota. Essa foi pra acabar o dia. [Ver vagina acaba com o dia dos mascus. Ainda bem que eles não costumam ver muitas].
- Nao sao direitos iguais?? querem mostrar os peitos os homens tambem tem direito de mostar o pau. [Mostra a cara antes, benzinho. E tudo bem que o mascu pelo jeito nunca viu peitos, mas eles são meio diferentes de um pênis].
- Essa p*taria já deu o que tinha que dar tem que meter a p*rrada nessa baderna porra, ja perturbaram a ordem publica.
- E tem gente que ainda se pergunta porque nos usamos fakes. Meter a real de cara limpa é suicídio social.
- O pior é que a PM chega e elas reclamam que não tem o direito de se expressar, de MATAR o outro.  Uma marcha dessas deveria ser proibida, que se f*dam se elas vão ficar revoltadas, qualquer coisa é descer o pau e acabou.
- Eu ainda sonho com o momento em que nós, masculinistas, unidos, sairemos às ruas de regata branca, óculos Ray Ban Aviator e pochete na cintura, seria épico! E, tenham certeza, que uma manifestação assim, mesmo que com apenas uns 30 caras, se tivesse alguma cobertura jornalística, seria um marco e renderia bons frutos para nosso movimento.
- Totalmente de acordo Arlindaoviril. Mas teria que ser muito bem preparado porque farao de tudo para nos tachar de revoltados e machistas. Tem que ser organizado... faixas que tenham reais violentas e inquestionáveis. [Alguns exemplos de “reais violentas e inquestionáveis” que eles vem jogando no Twitter:]
- Imaginem se a Real não existisse?? Estariamos f*didos nessa sociedade b*cetista. Somos a última esperança dos homens.
Quando a última esperança dos homens é um grupo de anônimos com foto de superherói, quando um sujeito como o que confrontou a marcha é tratado como herói, é sinal que não há muita esperança. Mas ninguém está ameaçando os homens. Estamos ameaçando um sistema falido, um modelo de masculinidade ultrapassado.
E antes de falar besteira que estou promovendo uma guerra dos sexos, primeiro: sou contra a violência. Mas acho legítimo que grupos historicamente oprimidos escolham a forma de reagir à violência. Não existe apenas uma forma de reação -- existem várias. E deixar que o grupo opressor escolha as armas, digamos assim, com que o grupo oprimido vai se defender... bem, é opressor também, não? 
Segundo, não tenho a menor raiva de homens. Amo homens. Adoro, inclusive, homens feministas. Mas homens (e mulheres) machistas, racistas, homofóbicos, preconceituosos de modo geral... Não tenho o menor respeito por vocês. Acho que vocês estão atrasados e já deveriam ter se retirado de cena há algumas décadas. Mas, já que continuam por aqui neste mundo que vem mudando, vocês não têm mais a liberdade de serem preconceituosos e receberem tapinhas nas costas.
Chega de termos medo. São vocês que ficaram pra trás que têm que temer. Ou abrir a mente e mudar. Ou continuar habitando um universo paralelo em que planejam protestos (contra o quê?) apenas nas suas cabeças.

385 comentários:

1 – 200 de 385   Recentes›   Mais recentes»
Blanca disse...

Os cartazes são sim entendidos pelo público e eu, pelo menos, já comecei a mudar o conceito de vadia. Com isso, meus amigos vão, aos poucos, diminuindo o sentido pejorativo.


Há de ter esperança, Lolinha. ;)

Drica Leal disse...

"regata branca, óculos Ray Ban Aviator e pochete na cintura, seria épico!"

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
_pausa para respirar_KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

@vbfri disse...

Gente, sério...

Não consigo respeitar mascus (e machistas em geral).

Vontade de mandar esse povo passear. Ou voltar para 1950. Ou pegar uma nave espacial e montar uma colônia em Marte.

Povinho atrasado, viu?

Também sou contra a violência e amo homens feministas.

E me revolto quando vejo uma mulher machista...

Caracala disse...

Bom, acho que se destruísse a concepção do casamento monogâmico, não haveria a escravidão social da mulher.Acho que a primeira coisa para tornar a mulher livre numa sociedade machista e acabar com a fidelidade do casamento monogâmico.Esse será o primeiro passo para livrar a mulher da opressão.

Bizzys disse...

Vim toda feliz comentar sobre a pochete e a regata, mas a Drica Leal chegou primeiro, hahahahaha.

Vivi disse...

Sensacional a foto Lola!! Poderiam fazer um quadro dela e guadar no museu como registro porque isso é só o começo da história! Super simbólico. amei amei amei:) Poderia ficar horas olhando as fotos e pensando em tudo o que isto significa, representa e simboliza.
Lindo demais ! O termo vadia, acho que como resultado da luta política parece estar surtindo o efeito ao que se propõe.Ressignificar e fazer nós vadias sairmos às ruas!
Belíssimo
Bjao

Caracala disse...

Eu acho maneiro camisa regata e óculos rayban aviator, pois esse é o estilo italiano, principalmente em Roma e em Nápoles.Embora, muitas vezes eu goste de uma camisa polo, ao invés de regata.
A roupa não tem culpa de vestir babacas.Fica a dica

Vivi disse...

Nada a ver anônimo das 15:41.
Não confunda a revolta e resistência dos oprimidos/explorados com opressão e exploração. Já que mencionei museu aí em cima, e como a Lola disse q esta foto é antológica, sei que tem vários quadros que retratam a história das resistências de grupos historicamente oprimidos. Como a resistência dos escrevos, da Revolução Francesa mesmo, entre outras formas históricas do povo oprimido lutar..Para mim esta foto se enquadra nestes registros belíssimos onde vemos a história andar um pouquinho mais rápido, mesmo que por um instante..
Bjos

lola aronovich disse...

Eu também tive essa reação da Drica de rir sem parar quando vi o uniforme sugerido por um mascu para a marcha dos mascus. Mas a verdade é que não entendo nada de moda. Sei que pochete é brega pacas, mas e regata branca e óculos Ray Ban Aviator, o que significa? É roupa de playboy, de mauricinho? De coxinha (que é uma gíria meio nova pra mim, e ainda não sei totalmente o que quer dizer)?
Se vcs tiverem paciência pra me explicar, por favor, expliquem.

Anônimo disse...

Se fosse uma mulher cercada por homens fazendo barulho tocando corneta para encomodar voces iam chamar de bando de monstros,assedio moral, assedio sexual etc e tal,mas como é um homem tudo blza.
dois pesos duas medidas ,marxismo cultural na veia.

Cláudio disse...

"Guerra ideológica" de frustrados (masculinistas X feministas) até parece que ambos vão conseguir aumentar seu poder de atratividade com o sexo oposto.

@vbfri disse...

Bem, o óculos ray ban aviator é um "clássico". Fez muito sucesso em mil novecentos e antigamente, mas ainda tem aqueles que são fãs. (link do Brad Pitt usando: http://7.images.singer22.com/static/insets/images/RB3025-62MMGOLD_INSET1.jpg)
A regata branca, sei lá...
Mas acho que tudo isso tem a ver com o fato dos mascus estarem presos ao passado (na época das "mulheres honestas").

Caracala disse...

Lola, isso é porque os óculos rayban e a regata eram as vestes de vários astros de cinema do passado e do presente, mais de filmes de ação como o stallone, o bruce willis, etc.Mais esse estilo foi copiado, justamente do italianos, de regiões costeiras devido ao sol e ao calor dessas regiões. Sim são vestes muito masculinas, mas nós estamos falando de vestes ou comportamento?
E se a roupa fosse de mauricinho, isso descredenciaria a pessoa de ser consciente e libertário?
U

aiaiai disse...

Também não entendi, mas ri pacas. Como q os caras não sabem nem contra o que marchar mas já tem uniforme?

Pochete é phoda!

@vbfri disse...

Ai... até ia responder o anônimo... mas, né? preguiça de gente que não se dá o trabalho de sequer inventar um nome para postar besteiras...

Cláudio, só uma coisa: a maioria das feministas que conheço são bem resolvidas com o sexo oposto (vide a Lola que é casada há duas décadas)... Já a maior parte dos mascus fica de mimimi pq não consegue mulher...

Quem é frustrado mesmo???

aiaiai disse...

ta, entendi a camiseta branca e o óculos. Mas, e a pochete? É pra disfarçar a falta de volume? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

H. Marques Samyn disse...

Gosto da imagem porque, a meu ver, personifica o patriarcado, de braços abertos, do alto de seu cinismo, hipocrisia e arrogancia, como que a dizer: "Que é isso, meninas?", com um riso nervoso e prepotente nos lábios, tentando desesperadamente dizer a si mesmo que as coisas nao estao mudando, sem perceber que nada daquilo é uma brincadeira -- que as coisas estao mudando, sim, ainda que aos poucos, e que um outro mundo está sendo construído, por gente séria e pronta para a luta.

@vbfri disse...

Agora, pensando bem... Pochete é de matar...

Sério, às vezes eu acho que esses mascus não existem. São só trolls querendo chamar atenção. Aí inventam essas porcarias.

Sério... Pochete como uniforme. Dá para levar a sério?? Não dou conta, gente, juro... Não consigo!!

Caracala disse...

Cara, pochete é ridículo por si só...
eu só falei da camisa regata e óculos ray ban.
Eu acho maneiro camisa regata e óculos rayban, fica estiloso,mas para dentro de uma calça jeans, escura e sapato social tipo mocassim.
Embora, goste muitas vezes de polo, ao invés de regata, pois fica mais clássico e em certas ocasiões, você pode usar um blazer e ficar bem.

Caracala disse...

Ah, para dentro de uma calça jeans escura e com cinto, mas de barra, não de fivela.

@vbfri disse...

@ Caracala
Pochete é muito 1980. Foi uma década ótima para música. Mas péssima para moda.
E olha que nem me ligo muito em moda.

Cláudio disse...

À @vbfri

Bem resolvidas? Agora me respondi uma coisa, tu conhece UMA feminista bonita? (digo a espécie de uma líder como a autora do blog e não uma "seguidora" de alguma feminista).

Caracala disse...

Cara, veja meus comments, Eu não falei nada sobre pochete, tenho hojeriza de pochete, só falei de camisa polo, regata e óculos rayban.

Rose disse...

Vixe, eles estão se organizando? hahaha. O ARLINDÃO VIRIL vai?
É bom mesmo, assim fica mais fácil para a PF.

Fernando Borges disse...

É até difícil de acreditar que existam grupos como esses que se intitulam masculinistas e usam termos como "meter a real". O que acontece com essas pessoas???

Também não sei se essa marcha, com esse nome, consegue atingir o público que está alheio a tudo isso... Mas ainda assim acho válido.

Caracala disse...

E claro, não podemos esquecer do perfume: como eu tenho pele muito fina, e quando faço a barba, a pele fica irritada, eu costumo fazê-la duas vezes na semana.
Para amenizar o desconforto da barba por fazer quando estou com uma garota, gosto de lavar os rosto e colocar um perfume, sendo estes o Kolrus, Fareinheit ou o Bulgari.

@vbfri disse...

Caracala - estou concordando contigo. É brega demais.

Cláudio - sim. Conheço várias feministas. Bonitas, feias, gordas, magras, altas, baixas, novas, velhas. A maioria é bem sucedida, inteligente pra caramba e bem resolvida sexualmente.

Já os machistas de plantão, a maioria que conheço é homofóbico, mal resolvido, preconceituoso. E, novamente, tem homens (e mulheres!) bonitos, feios, gordos, magros, altos, baixos, novos, velhos.

Feio, para mim, é preconceito.

E os machistas que conheço, em sua maioria, não são mentes lá muito brilhantes.

Mas, como não conheço TODOS os machistas, não vou dizer que TODOS são burros. Pq, né? É tão ridículo quanto dizer que TODAS as feministas são assim ou são assado.

Drica Leal disse...

Pochete é imperdoável!!! KKKKKKKKK!

Caracala, o que ridicularizou o vestuário dos mascus (além da pochete, que tem o dom de arruinar qualquer visual)não foi a regata, o o Ray Ban, mas os caras terem pensando num uniforme para sair e propagar as asneiras deles! E por que logo esse uniforme? Até gostei da sua explicação dos filmes de ação, faz sentido mesmo já os protagonistas desses filmes devem ser ídolos desses caras. Mas chorei de rir aqui imaginando um exercito de mascus nas ruas usando isso. Será que eles se sentiriam à vontade nessas roupas, porque os heróis dos filmes de ação que usam isso são saradões e mascus costumam se queixar tanto da própria aparência...

Anônimo disse...

Claudio, eu sou modelo (ou seja, me pagam para ser bonita) e sou SUPER FEMINISTA.
Assim como outras amigas minhas.

Eu disse...

Eu ainda sonho com o momento em que nós, masculinistas, unidos, sairemos às ruas de regata branca, óculos Ray Ban Aviator e pochete na cintura, seria épico! E, tenham certeza, que uma manifestação assim, mesmo que com apenas uns 30 caras, se tivesse alguma cobertura jornalística, seria um marco e renderia bons frutos para nosso movimento.

E a trilha sonora seria do Village People,macho man?
Kakakakaka
Que palhaçada!

Anônimo disse...

Anônimo disse...

Claudio, eu sou modelo (ou seja, me pagam para ser bonita) e sou SUPER FEMINISTA.
Assim como outras amigas minhas.


se voce é uma feminista é uma feminista traidora porque consente na objetificação da mulher.
Magreza é opressão viva as gordas.

Cláudio disse...

Tenho certeza que está mentindo @vbfri, tu JAMAIS / NUNCA encontrará homem masculinista rico e mulher feminista bonita. E estas mulheres feministas bonitas que tu fala, existe na condição de "seguidora" e não alguém que "luta" por direitos das mulheres.

Caracala disse...

Drica Leal

Já viu laranja mecânica do Stanley Kubrick, quando o Drugis, a gangue do Alex de Large usavam todos as mesmas vestes?
Pensei nisso agora...

Norma disse...

Lola, muito bom o texto. Acho incrível o movimento das vadias. E tem meu apoio incondicional.

Mas queria relatar o evento na minha cidade.
A marcha das vadias foi organizada por um grupo de mulheres (universitárias, claro! Nem um pouco leigas) e estimava-se a presença de 70 mulheres no evento. Todas muito bem esclarecidas dos eventos internacionais que tornaram esse movimento mundialmente conhecido.
Acontece que, inesperadamente, apareceram 700 outras mulheres que se uniram à causa, mas não à expressão "vadia".
Apoiaram o movimento em tudo. Menos no termo "Vadia". E foi uma confusão. As organizadoras do movimento, um tempo depois, vieram esclarecer, entre os muros da universidade, q esse fato, desestabilizou o movimento.
Fiquei muito intrigada com a fala das organizadoras, pois deram a entender que se as mulheres não assumissem o termo "vadia", o movimento não dará certo. Mesmo com todas apoiando as pautas do movimento, só não aceitando os adjetivos. que já são cruéis o suficientes na vida cotidiana...

Notei que o termo "vadia" não incomoda somente os homens, mas muitas mulheres também.

E outra. Essas 700 outras mulheres que apareceram, receberam a notícia pelo facebook quando uma das organizadoras resolveu, de ultima hora, divulgar para o público "não universitário".
E também foi curioso escutar o depoimento das organizadoras com relação a botar em debate o termo "vadia" nas redes sociais. A expressão mais forte dita foi "tememos perder o controle do movimento". Que?
Como assim "controle"?

Acreditavam as universitárias esclarecidas que abrir um debate amplo nas redes sociais, agregando mais mulheres, perderiam a direção e controle do movimento. Fato curioso, não?

Bom, mas no final, foi válido e bonito. Mesmo com as confusões geradas...

Drica Leal disse...

Mas o que o fato de ser bonita ou não tem a ver? Feministas, independente da aparência, questionam e lutam contra esses padrões de beleza escravizantes, ao contrário dos mascus que mesmo quando não correspondem aos padrões querem perpetuá-los.

Selma disse...

Lola, eles estão completamente apavorados, se você também participa dos fóruns deles sabe disso. Os mascuzões estão se dando conta que nunca vão conseguir empurrar suas deturpações para frente, jamais poderiam fazer uma passeata ou o que valha simplesmente porque seriam massacrados. Qualquer pessoa de boa razão sabe a que nível a idiotice deles chega.

Sobre o valentinho aí da marcha de Brasília, ri tanto dos comentários do tipo "vejam vejam um bando de vadias agredindo um pobre homem", é bom mesmo que eles fiquem horrorizados porque o que esse bruto aí nem chegou a passar não é um décimo do que qualquer mulher que sai à rua passa todo santo dia, seja ela bonita, feia, gorda, magra, velha ou nova. Ninguém colocou a mão nele, ninguém puxou seu cabelo, ninguém passou a mão na sua bunda nem agarrou seu pintinho microscópico na marra.

A mentalidade do "mexeu com uma de nós, mexeu com TODAS nós" deveria ser mais difundida entre as mulheres, ao menos entre aquelas que ainda não fizeram um imenso favor a si mesmas e não se assumiram femininstas.

Digo "assumir feminista" porque sim, tem mulher com vergonha de dizer isso, que cria perfil fake no Facebook só pra postar nas comunidades... acho um absurdo tão grande, são os MACHISTAS que deviam se envergonhar e não nós!!!

Mas a mudança já veio e veio pra ficar. E os mascuzões estão se borrando de pavor. Isso já me deixa bastante feliz.

Cláudio disse...

Tem tudo a ver, pois são mulheres rejeitadas pelos homens, e assim tem uma forma de vingança, abraçando o "feminismo".

Selma disse...

Não tenho preconceito com o termo Vadia, já falei isso em alguma outra postagem do blog... é só mais uma construção idiota do patriarcado que representa a mulher que faz tudo aquilo que só aos homens é tido como lícito e "honrado", nada além disso.

Caracala disse...

Quando falei de laranja mecânica, me referi ao figurino bizarro da gangue do filme, mas o próprio filme é violentíssimo e nada engraçado...

Anônimo disse...

E a trilha sonora seria do Village People,macho man?

Seria bem adequada uma vez que nada me tira da cabeça que toda essa revoltinha deles nada mais é do que recalque sexual levado a níveis extremos.

Drica Leal disse...

Claudio:

Você já ouviu falar em Gloria Steinem, uma das precursoras do movimento feminista no mundo, uma das feministas mais atuantes de todos os tempos? Pois bem, quando começou a luta feminista Gloria estava tão de acordo com qualquer padrão de beleza que foi aceita como coelhinha da Playboy só para conhecer de perto a realidade desas mulheres. Você já viu uma coelhinha da Playboy? Pois é, rs. E sim, conheço feministas dentro dos padrões de beleza, mas que não ligam pra isso.

Saia da sua bolha antes de emitir opiniões com tanta veemência. seu mundinho e sua mentalidade parecem ser muito restritos para ter tanta certeza sobre qualquer coisa.

Anônimo disse...

Alguem aí sabe mais sobre o campeão dos mascuzões? Nome, perfil no Facebook etc? Estou me referindo ao rapaz da foto sensacional, o que resolveu fazer graça na marcha de Brasília e se borrou de medo.

@vbfri disse...

Cláudio - Pode achar à vontade que estou mentindo. Em Brasília tem duas figuras conhecidamente feministas e que LUTAM pelos direitos das mulheres.
Uma é a promotora de justiça Alessandra Campos Morato e a outra é a Doutora Débora Diniz.
Eu as considero pessoas maravilhosas, inteligentes, simpáticas pra caramba (conheço ambas pessoalmente). São verdadeiros encantos em forma humana.
E acho as duas lindas. Apesar que, creio, nenhum "machão" vai pensar isso, já que são "quarentonas".
E, quanto a mim, bem, muitas pessoas - homens e mulheres - me dizem que sou bonita. E eu tenho um blog também. E sou feminista.
Só que, apesar de tudo isso, grande porcaria a pessoa - homem ou mulher - estar dentro dos padrões de beleza impostos pela sociedade. Daqui a 20, 30, 40 anos, nenhum de nós será uma beldade.
Para mim, prefiro mil vezes ser considerada inteligente, interessante, ter um bom papo do que ser "bonita". Assim como prefiro mil vezes um cara inteligente, interessante, com um bom papo a "bonito".
Vai por mim - leia o trabalho da Dra. Débora Diniz e da Alessandra Morato.
Isso sim - é LINDO!

Drica Leal disse...

Caracala:

Boa observação, sobre Laranja Mecânica. É, um exército de homens de pochete poderia ser tão bizarro quanto.

Apesar de, como você disse, Laranja Mecânica não ser nada engraçado, ao contrário dos mascus que ás vezes nos fazem rir, rs.

@vbfri disse...

Cláudio, criatura, sério...

Todos os mascus que vêm aqui reclamam da "falta" de mulher. Já feminista nenhuma reclama da falta de homem.

QUEM é rejeitado???

Cláudio disse...

Entendo a escravidão pela beleza, uns tempos atrás, percebi que ter uma boa aparência é uma forma de status social implícita / oculta, só não é endeusada pois beleza não pega, já riqueza pode ser transferida de uma pessoa para outra.

Cláudio disse...

vbfri, "criadora",...

Eles foram / são rejeitados e as feministas também, mulher não liga muito pra homem como homem "liga" pra mulher.

Te faço uma pergunta, tu tem direito a um pedido dos dois que irei falar:

O que tu prefere:
Morar numa ilha deserta com o brad pitt ou...

Morar num castelo em paris com várias pessoas te servindo e várias amigas baladeiras?

Anônimo disse...

sério isso que vocês vão ficar dando corda pra mascuzão de 12 anos que não consegue comprar nem um Toddynho no mercado se a mãe não der o dinheiro?

@vbfri disse...

Mascus de plantão...

Sério, o q vcs tanto querem discutir num blog feminista?

Reclamam da falta de mulher e depois dizem que as feministas é que são rejeitadas?

Equeceram a dose diária de haldol? É isso?

Liga pro psiquiatra.

Anônimo disse...

Camiseta regata branca é uniforme na passeata gay, fica a dica aí pros coleguinhas no armário.

Bruna Ferencz disse...

Oi, Lola.
Também acho difícil dar um novo significado para a palavra "vadia", mas espero que quanto mais utilizarmos esse termo, mais as pessoas compreendam que se ser vadia significa ser sexualmente livre, é isso que precisamos ser. Eu sou uma vadia, sexualmente livre com muito orgulho. :)

Anônimo disse...

"Claudio, eu sou modelo (ou seja, me pagam para ser bonita) e sou SUPER FEMINISTA.
Assim como outras amigas minhas."

Fui modelo dos 12 aos 23 anos, parei porque queria muito fazer faculdade e a agenda era impossível de conciliar. E ouvi muito isso de "como uma garota bonita como você pode ser feminista?"

Gente assim não sabe que além de tudo eu também sou bonita por dentro.

Anônimo disse...

Cláudio, criatura, sério...

Todos os mascus que vêm aqui reclamam da "falta" de mulher. Já feminista nenhuma reclama da falta de homem.

QUEM é rejeitado???

Ja ouviu aquele discurso sou mulher indepedente e bem sucedidada e nenhum cara a minha altura me corteja...
1o isso é reclamação de falta de homem
2o Tem que ser um tipo especifico tão ou mais bem sucedido que a propria... mulher considera se rebaixar olhar pra baixo na piramide social...
3o se voce é tão bem sucedida e perfeita por que voce não corteja alguem ao inves de ficar sentada esperando...

@vbfri disse...

"Camiseta regata branca é uniforme na passeata gay, fica a dica aí pros coleguinhas no armário."

Ri muito agora.

Mas, super dou apoio a essa marcha dos mascus.

Tomara que divulguem bastante pra gente dar o toque pra PF, como disse a Rose.

Luiza disse...

"sairemos às ruas de regata branca, óculos Ray Ban Aviator e pochete na cintura, seria épico"

Meo. Deos.

Pochete?

Pochete??????

Pochete??????????????????????

Acompanha celular tijolão preso na cintura também?

*morrendo de rir*

Luiza disse...

"sairemos às ruas de regata branca, óculos Ray Ban Aviator e pochete na cintura, seria épico"

Meo. Deos.

Pochete?

Pochete??????

Pochete??????????????????????

Acompanha celular tijolão preso na cintura também?

*morrendo de rir*

Cláudio disse...

vbfri, está enganada, não sou mascu...

Gosto do blog da autora quando ela fala de assuntos gerais, só não gosto quando fala de guerra ideológica entre masculinistas e feministas e também não gosto quando ela fala sobre política (direita X esquerda) por tais motivos:

- feministas e masculinistas estão nestes "movimentos" pois tem / tiveram dificuldades com o sexo oposto;

- independente de quem for eleito seja ele(a) de direita ou esquerda, nada vai mudar, eles querem o poder para enriquecimento ilícito.

Koppe disse...

Não vejo tanto problema assim com pochete. Eu não uso no dia-a-dia, mas no trabalho às vezes preciso usar pra não ter que andar com os bolsos cheios de ferramentas, e em pavilhão de montagem de feira não se tem escolha: ou se carrega as ferramentas pequenas consigo ou elas desaparecem.

Pochete parece ser uma versão moderna da guaiaca, peça da indumentária típica aqui do sul.

Quanto à "falta de mulher" ou "falta de homem no mercado"... só pessoas com padrões de exigência fora da realidade é que pensam assim, se fossem pessoas menos burrinhas perceberiam que tem 7 bilhões de seres humanos no mundo, o que menos falta é gente, reclamar que "tá faltando mulher" ou "tá faltando homem" é passar atestado de burrice. Ou de preconceito, como esse pessoal mencionado no post.

Caracala disse...

Não acho que seja gay, mas se for foda-se, cada um com seu cada um.
Posso vestir uma camisa social rosa, que nem por isso me sentirei gay e se for cantado por um, direi:
-Obrigado, você tem bom gosto!
Essa observação do anônimo foi a mais babaca, otária de todos os tempos aqui no blog e quem ri consente...pô, tanta luta contra estereótipos, preconceitos e construções de gêneros para dar uma rata dessas...

Anônimo disse...

koppe
eu disse que as mulheres reclamam que faltam homens ao lado ou acima na piramide social...

lola aronovich disse...

Não sei nada sobre o meliante (o que “confrontou” a marcha. É preciso especificar, porque, quando estamos falando em mascus, são muitos os meliantes). Mas aqui tem um vídeo da sua prisão.


Norma, em que cidade foi a sua marcha? Já ouvi outros relatos parecidos, de pessoas que se identificam feministas querendo marchar, mas sem aderir o nome. Aí cria um pequeno atrito. Mas acho totalmente válido que feministas que não concordem com o nome participem, ué. Acho que a marcha de Brasília, inclusive, vai rediscutir o nome pro ano que vem.

lola aronovich disse...

Claudio, acho que nem temos que falar com vcs mascus, porque pra começar vcs não entendem que mulheres podem e querem ser outras coisas na vida além de misses e top models. Sei que vc imagina que toda mulher que ser linda e deslumbrante, mas, pra muitas, isso não é importante. E beleza é muito relativa. Sei que pra vcs não é, que vcs são guiados por um só tipo de padrão de beleza (branca, magra, 25 anos pra baixo), mas, né, vc já andou na rua? Viu como a maioria das mulheres e dos homens não se encaixam no padrão de beleza imposto? E viu como essas pessoas ainda assim atraem gente, namoram, transam, casam etc? Então nem adianta falar pra vcs sobre Gloria Steinem, que quando jovem era tão dentro do padrão de beleza que pôde infiltrar o Playboy mansion sendo coelhinha. Ou da Naomi Wolf. Ou da Germaine Greer, que fez algumas fotos nua. E eu acho a belle hooks e a Alice Walker lindas também. Mas o que isso importa? Praticamente todas as feministas que eu conheço são lindas. Não caso de dizer como minhas leitoras e leitores são lindos. Sempre fico admirada ao conhecê-l@s pessoalmente, porque é sempre uma gente super bonita. Mas pra vc essas pessoas não importam porque não são “líderes feministas” (como se EU fosse alguma líder!). E eu me acho muito bonita, às vezes. Nem sempre, depende do dia. E filho, eu tenho quase 45 anos. Vc está querendo que eu me encaixe num padrão de beleza de moças de 20? Vai ser difícil. Quando eu tinha 22, 27 anos e era magra, eu acho que me incluía bem facilmente no padrão de beleza. Mas não era minha prioridade. Nunca foi.
Vcs estão chamando todas as manifestantes das Marchas de Vadias de barangas. E, quer dizer, elas são lindas. Vcs não conseguem nem chegar perto de mulheres assim.
Então cresça, filho. Pare de achar que mulher feia é atraída pelo feminismo. Isso é clichê. O machismo afeta todo mundo – mulheres bonitas também. E inclusive homens que nem vc que, a julgar pela obsessão pela aparência, não deve ser nenhum Adonis.

Anônimo disse...

E qual o problema de ser uniforme da passeata gay?
Mesmo nesses sites "igualitários" dá pra ver essas pontadas de preconceitos. Pessoas hipócritas demais.

Cláudio disse...

Leia meu comentário anterior autora, que saberá minha posição, desista destas "guerras" feministas X masculinistas e direita X esquerda.

Anônimo disse...

Em suma lola o dialogo entre as feministas e qq um que discorde é impossivel . logo a unica forma possivel de oposição é o boicote total:
não leia sites feministas
não converse com feministas
não se relacione se descobrir que é uma feminista
não mantenha nenhum tipo de relacionamento profissional com pessoas ou organizações que endossam o feminismo.

Anônimo disse...

eu sou a que falei que era modelo.

P/ anônimo que falou sobre padrão de beleza... olha, nem vou me dar ao trabalho de discutir isso com vc, e dizer o que penso, pq tenho certeza que vc é troll. Mas só uma coisa: vc já ouviu falar de modelo plus size? Elas são LINDAS e gordas. E aí??

Para o Cláudio, por favor, mulher é feminista pq foi rejeitada por homem?? hahahaha
Vc só pode tá brincando!

Como já falaram aqui antes, feminista nenhuma fica reclamando da falta de homens ou falando que homens são "horríveis, não prestam". Feministas AMAM os homens, e AMAM as mulheres. O que não gostamos são de PESSOAS MACHISTAS (sejam homens ou mulheres).
Pelo que eu saiba, são os mascus que ficam de mimimi o tempo todo.

Então, como tb já falaram aqui: quem é o mal resolvido da história??

e só um ps: eu, assim como a Lola, sou feminista desde criancinha. Desde muito antes pensar em me envolver "romanticamente" com algum garoto.
E vc pode ter certeza que rejeição é uma coisa que eu não tenho muito. Gente bem resolvida, seja lá qual sua aparência, atrai pessoas.

Drica Leal disse...

Claudio:

Pôxa, obrigada por abrir nossos olhos e com suas opiniões super bem embasadas e racionais nos provar que feminismo não vale a pena e que devemos desistir disso! O que seriam das feministas do mundo sem a sua iluminação, né?

Acho lindo quando um homem tenta nos salvar dessas bobagens de luta por direitos, busca de igualdade, etc! Agora que você falou eu me toquei de que tudo isso é uma grande bobagem e que você está muito acima dessas discussões. Obrigada mesmo.

Anônimo disse...

""Claudio, eu sou modelo (ou seja, me pagam para ser bonita) e sou SUPER FEMINISTA.
Assim como outras amigas minhas."

Fui modelo dos 12 aos 23 anos, parei porque queria muito fazer faculdade e a agenda era impossível de conciliar. E ouvi muito isso de "como uma garota bonita como você pode ser feminista?"

Gente assim não sabe que além de tudo eu também sou bonita por dentro."

Sinceramente, como você pode se dizer feminista e ser modelo, ao mesmo tempo?

É como trabalhar em abatedouro e ser vegetariano.

Cláudio disse...

Drica, quais direitos iguais tu quer?

Vinicius disse...

Meu, pochete é horrível, pelo amor...

É tipo colocar o celular pra fora da calça, manja? Amarrado no cinto. Puta merda...

Unknown disse...

Putz! Não sei, o vídeo me deixou a impressão de uma reação demasiadamente violenta das mulheres.

Dá pra perceber que o cara é um machista babaca, pelo próprio desprezo com que ele age, a cara de satisfação em ser vaiado, ser alvo de protestos, um imbecil fardado querendo aparecer. Mas achei violenta demais a reação (tem um cara tentam acertar um chute no fardado). Sei o quanto é difícil administrar o comportamento coletivo, ainda mais em manifestações de grupos marginalizados e constantemente reprimidos, ridicularizados e claro, também alvos de violência física. Pode ser apenas a impressão imediata minha, pois achei que o vídeo presta uma leve homenagem a violência.

No mais, um abraço a tod@s.

Gabriel, BH/MG

Vinicius disse...

Ahhhhhhhhhhh, huahuah, já escreveram sobre o celular no cinto, huahuahuhua

Drica Leal disse...

Claudio:

Estou morrendo de sono, não vou responder sua pergunta sem entrar nessa discussão não, porque respondo isso quase todos os dias.

Mas por que você tá me perguntando sobre que direitos eu quero, se você sabe tudo sobre o feminismo e feministas? Você não entrou aqui fazendo afirmações sobre feministas e feminismo? Suponho que para se sentir tão cheio de certezas sobre mulheres, feminismo ou feministas você deve saber muito mais do assunto do que eu mesma.

lola aronovich disse...

Não, anônimo. O diálogo com MASCUS é impossível. Vcs não dialogam nem entre si. Vivem brigando entre si, criando grupinhos... E vcs partem de “princípios” totalmente insanos, que não encontram qualquer correspondência com a realidade. Não dá pra debater nesse nível. É como debater com racista ou com homofóbico. Sério, a pessoa que é preconceituosa deixa de ter razão. Baseia-se apenas na ignorância. E tem orgulho dessa ignorância. E eu tenho dúvidas se dá pra conversar com quem se esconde atrás do anonimato, como vcs fazem o tempo todo.
E não dá pra comparar. Não dá pra comparar gente do nível dos mascus com gente do nível das feministas. Não tem nem por onde começar. Vcs parecem crianças de 12 anos. Com todo o respeito às crianças de 12 anos.
Sei que o que os mascus mais gostariam é ter um pretenso debate. Mas debate com anônimos? Debate pra quê? Vcs falam “tchau” e já ficam comemorando por ter “metido a real”. Por isso, eu não converso com vcs. Eu critico vcs. Eu desconstruo vcs. Eu rio de vcs. Eu tiro sarro de vcs. Só.
A diferença é que eu faço isso mostrando a minha cara, dando o meu nome, prum público qualificado e inteligente. Enquanto vcs são um bando de anônimos falando prum gueto. E eu faço isso sem ódio. Não há misandria nenhuma no meu blog (apontem UM exemplo, já que vcs chamam meu blog de misândrico). Os “argumentos” de vcs são me chamarem de gorda balofa baleia dragão baranga whatever. Que, convenhamos, não são argumentos. São só insultos vazios que crianças usam até chegar a sexta série. Depois elas crescem e param de usar.


Claudio, francamente, não tô nem aí com a sua posição. Vc já deixou muito clara a sua ideologia de “quem não tem ideologia” (só insinuar algo assim já é um atestado de ignorância).

Cláudio disse...

Drica, não sei quais direitos iguais tu quer, mas tu quer direitos iguais no que convém apenas as mulheres ou direitos iguais na sua totalidade? Tipo homem e mulher pagar mesmo valor em balada, homem e mulher se aposentar com mesmo anos de contribuição para previdência, licença maternidade = licença paternidade, etc...

Cláudio disse...

Minha ideologia não chega ser uma ideologia... penso que cada pessoa tem que buscar seu bem-estar e cada um faz o que bem entende de sua respectiva vida.

Anônimo disse...

Lola,

Por que vc não faz um tópico falando das mulheres que traem seus maridos, das mulheres que manipulam relacionamentos, das mulheres que usam sexo para conseguirem o que querem, das mulheres que passam anos na justiça para arrancar o máximo de $ dos ex maridos por pura vingança, das mulheres como a sthephany brito que ganham rios de $ sem produzir nada pra sociedade, às custas do trabalho alheio?

Uma mensagem para essas mulheres seria interessante.

Sem machismos, de verdade.

Liberdade é poder. Poder revela. As mulheres conquistaram mais liberdades, e estão se revelando: muitas decentes, e algumas sem caráter algum. Por que não uma mensagem para estas últimas?

Vinicius disse...

"penso que cada pessoa tem que buscar seu bem-estar e cada um faz o que bem entende de sua respectiva vida."


Porra, então pq vc está em um site feminista discutindo sobre as reivindicações feministas?

Se cada um "faz o que bem entende de sua respectiva vida", então nunca mais abra a boca para questionar/debater/argumentar NENHUMA forma de agir, sentir e pensar.

Ana disse...

Eu ia responder o Cláudio, mas sinceramente, eu estou DE SACO CHEIO dos caras que aparecem aqui fazendo mil e uma generalizações e parecem estar de ouvidos tampados.
Porque NUNCA, NUNCA NADA que NINGUÉM diga faz com que eles mudem de idéia.

Não é que você tem que concordar com a gente, mas putz, TENHA UM ARGUMENTO. O povo só fica batendo tecla que "Mulher isso" e "Mulher aquilo", não troca o disco nunca.

Eu cansei. Já que vocês estão tão convencidos de VERDADES ABSOLUTAS ESCRITAS NAS ESTRELAS como "nunca acharás uma feminista bonita", então PRA QUE RAIOS vir aqui dizer isso? Você já está convencido ETERNAMENTE. Vai viver com essa visão e pára de torrar a paciência.

Alguém sabe o que o cara das fotos fez? (Sim eu estou desinformada).

Luiza disse...

Arrancando dinheiro, né anônimo? Então por favor, discorra sobre como foi digno o Pato trair a esposa que abriu mão de uma carreira (quer você ache a profissão de ator séria ou não) para acompanhá-lo na carreira dele.

Anônimo disse...

Luiza

a estefani britto passou de atriz (teste do sofa com bola ou marlene mattos) para maria chuteira quando casou com o pato.

Luiza disse...

Lola, mais um pra deletar. Se for pra usar frases de quinta série sem poder argumentativo, não serve pra estar aqui.

Drica Leal disse...

Se vocês que tanto questionam as feministas ou a cada minuto vem pedir nossas opiniões sobre esse ou aquele comportamento pelo menos se dessem ao trabalho de procurar no blog os inúmeros debates e opiniões sobre tudo isso que vocês vem aqui questionar/sugerir/acusar TODOS OS DIAS, 90% das discussões com mascus nessa comunidade desapareceriam.

Já tive paciência demais em discutir e dar minhas opiniões a vocês em vários posts por aqui, mas agora desisto, sinceramente. sempre respondi porque evito pensar o pior de quem quer que seja, e parto do princípio de que quem pergunta admite dúvida ou ignorância sobre algo e quer saber mais a respeito. mas vocês mascus que aparecem aqui todos os dias com a mesma ladainha não querem saber de nada, não querem argumento nenhum, tanto que fingem desconhecer que tudo isso que vocês perguntam toda hora já foi respondido inúmeras vezes por aqui. Fingem ou sofrem de séria debilidade mental.

Pois é, Lola, minha paciência não é infinita como você ressaltou certa vez, rs. Porque alguém que entra num blog feminista sem ter o conhecimento mínimo sobre nossas opiniões mas mesmo assim chega vomitando certezas ao nosso respeito ou achando que seus questionamentos são inéditos (diante de tantas postagens e opiniões sobre quase tudo que temos por aqui) no mínimo merece desprezo.

Eu disse...

Anônimo 17:44
A Lola pode fazer quaisquer dos tópicos ditos por ti quando:
- Um site masculinista, falar o quanto o machismo faz mal para homens e mulheres.
- Um site masculinista,falar da violência doméstica sofrida pela mulher.
- Um site masculinista, falar dos estupros sofridos por mulheres, e o mal que isso gera na vida dessa mulher.
- Um site masculinista, falar que também é obrigação do homem, a prevenção da gravidez.

lola aronovich disse...

Claudio, já deu. Vc não sabe nem o que dizer. Agora vc que não é mascu nem de (extrema direita), siga o passo dos seus amiguinhos mascus e de extrema direita e vai reclamar num blog/fórum mascu e de extrema direito como a Lolinha é ditadora e deleta seus comentários (depois de vc ter deixado uns 150 comentários totalmente imbecis e irrelevantes e ignorado qualquer resposta a eles).


Anônimo, por que eu não faço um tópico sobre mulheres que traem nos relacionamentos etc? Bom, primeiro que este é um blog feminista, vc deve ter notado. Assim como blogs mascus não falam muito de homens que estupram ou traem ou sei lá o quê negativo (a menos que sejam “manginas” ou “matrixianos”, aí pra vcs homem é tão lixo quanto mulher), eu tento falar de assuntos positivos pras mulheres. Mas a verdade é que eu só escrevo sobre assuntos que conheço. E não conheço mulheres como essas que vc descreve. Não fazem parte do meu círculo de amizade. Eu não recebo guest post de mulher dizendo que aplicou o golpe do baú em alguém. Se eu recebesse, poderia até pensar em publicá-lo. Mas, em 4,5 anos de blog, nunca aconteceu de receber email assim. E eu raramente falo de indivíduos. Falo de situações, de condições, de comportamentos, de padrões, de preconceitos. Então, sei lá, falar de adultério? Do que eu acho de “traição” num casamento monogâmico? Não acho legal. Tanto pra mulheres quanto pra homens. Esgotou o meu assunto sobre traição.

Anônimo disse...

O cara tentou mostrar até a micharia dele,quer coisa mais emblemática do que isso?(numa marcha originada de um episódio envolvendo violência sexual)a mulher tem que aguentar calada,a toda sorte de abusos e quando finalmente reage,ainda tem cara de pau que diz ser exagerada a reação.


Cética

yulia2 disse...

hua huaaaa

foi dar uma de heroizão dos
gdr e se ferrou!
tem que dar graças a deus
de não ter saído linchado daí.


''Precisamos mais do que nunca nos unir, pois agora as feminazistas mostram que tem unidades de espancamento como na época de
Hitler, dai para assassinatos é só um passo.''

nossa que brisa mano!!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkk

''E tem gente que ainda se pergunta porque nos usamos fakes.
Meter a real de cara limpa é suicídio social''

^^^^^^
kkkkkkkkkkkkkk

que nada, até que o cara conseguiu escapar dos petelecos....
mas a cara de panico do cara foi engraçada!

Anônimo disse...

Se não me engano algumas mulheres mostraram as micharias delas (mamilos) em algumas marchas pelo mundo afora,nao vai criticar isso tambem.

Anônimo disse...

Anônimo das 18:16

Vai mamar num burro,é só o que tenho a dizer sobre isso.

Cética

yulia2 disse...

kkkkkk
ele tetando mostar a verruga que ele tem no meio das pernas.... que otário.

Esclarecimento disse...

O sujeito que foi vaiado na marcha é inocente, ele(O Pedra) estava a fazer uma performance de "Militar Machista", e no meio resolveu deixar o zipper aberto com o penis amos para forma dando um realce a idéia de "Guerreiro do Falo", porém a performance dele não foi entendida e ele foi pego para cristo.
Percebe-se inclusive que quando a barbárie começou, o que ele fez foi tentar se explicar, subiu a rampa para arrumar a calça e saiu de perto.

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Eu ainda sonho com o momento em que nós, masculinistas, unidos, sairemos às ruas de regata branca, óculos Ray Ban Aviator e pochete na cintura, seria épico!

Seria épico mesmo... rsrsrs... O melhor é a pochete. Só faltou a companhia do Beto Barbosa...

Anônimo disse...

Não é assim que uma feminista reage,é assim que eu reajo e pra não perder a viagem,pela última vez...


Vai mamar em dois burros.

Cética

yulia2 disse...

po cara, na moral,
da próxima vez o fã de comandos em ação aí, saia de pochete , pelo menos não passa o vexame que passou de tentar mostrar a verruginha que fica entre as pernas....

Ana disse...

"Lola, isso é porque os óculos rayban e a regata eram as vestes de vários astros de cinema do passado e do presente, mais de filmes de ação como o stallone, o bruce willis, etc."

Bruce Willis? Eu entendi bem? Vão fazer uma passeata cheia de Bruces, é isso?

OPA, EU VOU \o TEAM BRUCE WILLIS FUCK YEAH!

Será que tem pelo menos UM homem bonito lá? 'Bora ver a homarada de muque de fora, meninas! KKKKKKKKKK

...Pronto, agora você carinha sabe como é propor uma marcha e ver as pessoas ignorando teus objetivos completamente, só pra falar do corpo dos manifestantes. Tipo o que certas pessoas as vezes fazem com a Marcha das Vadias, sabe :)

Desculpa aí, mas eu não resisti. Tive que imaginar como seria objetificar a marcha alheia... Deixar as pessoas provarem um pouco do próprio veneno.

Apesar que, essa minha imagem mental da marcha mascu é meio distorcida. Primeiro que não dá pra chamar as idéias alienadas deles de 'objetivos', segundo pq os próprios vivem dizendo que não são nada atraentes. Então dificilmente ia ter algum Bruce Willis por lá... Ainda que a gente tentasse, pode ser que não tivesse muita coisa pra objetificar a começo de conversa XD

... Que horrível, objetificar outros seres humanos é um horror até de brincadeira. Não sei como os que fazem isso pra valer conseguem.

Falando sério agora, eu SUPER daria força pra uma marcha falando dos direitos e problemas que os homens enfrentam, SE FOSSE PRA VALER. Na boa, eu até ia pra fazer coro. Vamos falar de como o machismo é ruim, vamos falar da importância dos exames de prevenção ao câncer, vamos falar das vítimas de violência e estupro que tem vergonha de denunciar pq acham que homem não pode sofrer e outras coisas idiotas. Acho que todo mundo aqui no blog ia apoiar um movimento assim.

Mas quando se trata de Guerreiro da Real só dá pra apontar e rir (30 deles marchando, vestidos como o Bruce Willis... eu não ia precisar rir de novo até o apocalipse #FATO)
Ora, o cara dizer que "tem mais é que descer o pau"... Vai se ferrar!

Marcha das Vadias não é contra os homens. PQP, TEM HOMEM NA MARCHA. A Marcha é pra abrir os olhos das pessoas pra violência horrenda que é atropelar os direitos alheios tendo conceitos como "vadia" de justificativa. É pra falar de violência, de estupro, de igualdade. Ninguém aqui tá fazendo guerra de sexos coisa nenhuma.

Tem que ter paciência, viu.

Anônimo disse...

"Seria épico mesmo... rsrsrs... O melhor é a pochete. Só faltou a companhia do Beto Barbosa..."

Hahahaha já pensou, eles dançando Adocica?

Ai ai rs, cada vez fica mais ridículo...

Alec disse...

As duas primeiras fotos me lembraram Resident Evil.

Anônimo disse...

Opa, se tiver homem gostosão eu vou pra dar uma olhadinha!

yulia2 disse...

"Seria épico mesmo... rsrsrs... O melhor é a pochete. Só faltou a companhia do Beto Barbosa..."

Hahahaha já pensou, eles dançando Adocica?
_____________________

já imagino os caras vestidos de falcon, comandos em ação....
e no trio elétrico, BETO BARBOSA!!!
kkkkkkkkkkkkkkk

yulia2 disse...

NÃO só tinha homens na marca das vadias, como boa parte deles riram da cara do manézão vestido de falcon.....

Prafalardemuseu disse...

Não entendo como alguém pode ser machista e AO MESMO TEMPO pedir licença paternidade de 6 meses KKKKK não bastam todas as incoerências do machismo?
6 meses trocando fraudas, passeando com o bebê e fazendo tudo isso caladinho, eu sou feminista, apoio e amo a igualdade, na suécia tem licença paternidade de 6 meses para cada e não é moleza pra nenhum dos dois. Se pensam que vão ficar 6 meses coçando o saco e vendo tv estão muito enganados, melhor rever essas demandas de vocês, o que vai dar de mascú chorando!!! kkkkk
Igualdade sim e já!

Luiza disse...

Hahahahahaah para, Yulia, você está acabando com a lembrança da minha infância e os Comandos em Ação!

Ana disse...

*Lendo o post sobre o que aconteceu mesmo na Marcha das Vadias DF*

Galera, o carinha das fotos abriu o zíper no meio da Marcha das Vadias???????? É SÉRIO ISSO???

Bom, foi ser misógino, levou e foi muitíssimo bem feito.

... E PQP, AQUELE NO PÔSTER É O TRECHO DO CAVALEIRO DAS TREVAS? QUEM OUSA INVOCAR O BATMAN EM VÃO? QUEM? QUEM?? QUEEMM??? O Dark Knight é foda demais pra ser mencionado numa foto daquele sujeitinho!

... Aliás, nenhum herói, coisa nenhuma, merece ser associada àquele coitado.

Yuri disse...

"regata branca, óculos Ray Ban Aviator e pochete na cintura, seria épico!"
HAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHA
Eu não consigo deixar de rir sempre que leio isso, de novo e de novo e de novo e de novo.

"Suicidio social" é sair de pochete na rua com um bando de outros homens também de pochete, meu filho.
Fica a dica.

Caracala disse...

Ana, viajou legal, hein!
só falei de moda, de estilo, porra, não estava falando dos caras, aliás, porque cago e ando para perdedores.
Como disse, as vestes não tem culpa de serem associados a panacas.
Pô, tá foda cada um lê um comment a moda cacete..

Prafalardemuseu disse...

Ops! tenho VÁRIAS conhecidas que sofreram estupro seja na rua ou de pessoas de confiança.
Eu já escapei de duas situações.

Gabriel Vignoli disse...

É lindo que a Marcha das Vadias siga sendo um movimento de luta. Triste é ver como as paradas LGBTTTs se mercantilizaram. Parabéns feministas pela luta!

yulia2 disse...

ano que vem o heroi gdr vai fantasiado de naruto.....

lola aronovich disse...

Cuma, “Esclarecimento”? Era uma performance do Falcon? Ele sem querer esbarrou no zíper e mostrou seu pênis? Sei. A explicação tá me lembrando isso daqui. Aconteceu outro dia: um prefeito de uma cidade no Mato Grosso quase estrangulou uma repórter. Mas eu amei mesmo foi a nota que o prefeito divulgou: “"Ao levar as mãos aos ombros da entrevistadora, acabou por alcançar seu pescoço sem a intenção de lhe causar algum mal, o que pode ser conferido nas próprias imagens". Ha ha ha. Ele ia só colocar as mãos nos ombros da repórter, mas aí elas acidentalmente subiram até o pescoço. Acontece toda hora!

Ana disse...

Oi 18:28, como vai você? Tudo bem?

"Estupros acontecem mesmo, devem ser reprimidos, punidos, etc, mas certamente vcs não têm noção do que é uma realidade em que isso ocorre com frequência."
Desse jeito você dá a entender que só quem é vítima pode reclamar. Desculpa, mas eu acho que a luta contra o estupro é de todo mundo. TODO MUNDO. Você quer que o estupro seja reprimido, mas como se faz isso sem barulho? A gente devia parar de reclamar e torcer pra que nenhum estupro acontecesse? Você não acha que aí ia ser difícil?
E ó, dizer que reclamar de estupro é "encher o saco" soa como muita falta de empatia. Parece que você tá falando do cachorro do vizinho que não pára de latir, não do sofrimente de alguém.

"E se quiserem falar de estupros, pq não falam TAMBÉM das mulheres que INVETAM terem sido estupradas para ferrar com a vida de um homem? E isso acontece hein."
Você acha que a gente não sabe? Querido, existem PESSOAS sem caráter, muitos homens e obviamente muitas mulheres. Eu não devia nem ter que falar, MAS É ÓBVIO QUE EU NÃO CONCORDO COM O QUE A FULANA GIBSON FEZ. É ABSURDO. EU JAMAIS, JAMAIS VOU APOIAR UMA MULHER QUE ACUSA UM HOMEM INJUSTAMENTE DE ESTUPRO. Ninguém aqui vai!

Nenhum de nós jamais disse que as histórias não devem ser investigadas, que todos são culpados sem julgamento nenhum, ou que denúncias falsas não acontecem! Essa mulher aí é desprezível e se você me perguntar, eu digo que de alguma forma ela tem que pagar pelo que fez! Do mesmo jeito que se um homem acusasse uma mulher injustamente, eu ia querer que ele pagasse! Aliás, que diferença faz o sexo? Acusou injustamente, tem que ser responsabilizado, acho que isso é óbvio!

Agora, por mais revoltantes que as denúncias falsas sejam, elas não invalidam a luta contra o estupro! De maneira alguma! Que culpa uma vítima REAL tem do que essa Gibson fez?

Nenhuma feminista apoia uma coisa dessas. É inclusive por causa de coisas assim que muitas vítimas reais passam trabalham. Você mesmo, por exemplo, já tá usando o que a Gibson fez pra atacar quem tá na luta. Muita gente pensa o mesmo que você. Multiplique a sua reclamação por dez. Por vinte. Por cem. Tudo isso pesa na consciência de uma vítima real. Elas sentem medo de acusar o estuprador e as pessoas acharem que elas estão mentindo tal qual Gibson e afins. E isso é horrível.

Não, a gente NÃO APOIA quem mente que foi estuprada. Isso é absurdo, criminoso, ruim não só pro cara que foi acusado como pra qualquer possível vítima de um abuso real.

Eu espero que você consiga entender que uma mulher que foi estuprada pra valer não tem culpa do que a Gibson fez. Ela não merece que a gente fique quieta. A gente vai continuar fazendo barulho enquanto for necessário.

Ninguém aqui defende uma mulher só porque ela é mulher. A gente sempre quer justiça, não importa se é pra uma XX ou pra um XY. Aliás, homens são estuprados também, né? A gente não é a favor de estupro pra nenhum dos sexos, em hipótese alguma. Quando a gente diz 'estar bêbada não consente sexo', pode apostar que falamos de homens também. NINGUÉM deve ser vítima de tal violência.

Obrigada.

Elisangela disse...

Lola, entendo seu entusiasmo, faz tempo que precisamos de energia renovada e atenção para nossa luta feminista cotidiana, mas este termo utilizado para as marchas para mim é o calcanhar de aquiles delas, o link que você colocou para um texto do movimento feminino popular já explicou quase tudo que também penso, mas quero enfatizar que o não entendimento do público leigo que você mesma citou como algo nem tão relevante assim, para mim é, pois a quem mais queremos atingir com nossas ideias de mudanças? Outras pessoas que já nos entendem ou esse público leigo que ainda não faz ideia do verdadeiro significado do feminismo e suas lutas?

Para mim se apropriar de algo que nos insulta não é um bom caminho, as imagens são fortes, fico feliz também pela tamanha mobilização por quase todo o País, mas abrimos brechas enormes para continuarem nos atacando e não nos compreendendo como veem fazendo desde sempre! Infelizmente é assim que percebo tudo isso...

Sara disse...

Sonho com o dia que todos os homens terão o mesmo medo estampado na cara desse machista, e terão que aprender a conviver conosco nos respeitando como iguais. Terão que pensar mil vezes antes de tomar atitudes que nos rebaixem ou humilhem.
Foi muita prepotencia da parte desse infeliz ir justamente em um movimento que propõe mais dignidade e respeito pelas mulheres, para fazer chacota e expressar seu machismo.
Levou o que merecia, bom seria se todos que fazem isso pudessem levar um corretivo desses.
Acho q essa foto deveria virar um simbolo de nossa luta.

Ana disse...

@Caracala
Relaxa mano, eu tava brincando! Eu saquei que você tava falando do estilo. Quis fazer uma brincadeira sobre como as pessoas são ignorantes quando ignoram o contexto e ficam só falando 'vamos ver mulheres bonitas' ou "vamos ver homens bonitos" em eventos que querem propor algo. Ok? Eu saquei o que você queria dizer sim XD Viajei mas foi de propósito >D

yulia2 disse...

pra vc ver o que é um cara que tem cabeça de merda....
o cara tava se achando o fodão , quando começou a tomar latinha na cara e a galera lá embaixo começou a ir em direção a ele, ai ele viu a coisa ficar preta , aposto que chegou todo cagado em casa.
muito imbecil esse cara.

Anônimo disse...

Modelo que escreveu isso :

"Feministas AMAM os homens, e AMAM as mulheres. O que não gostamos são de PESSOAS MACHISTAS (sejam homens ou mulheres)."


Adorei qrida, é isso mesmo =)


Bjos

Lana

Caracala disse...

Beleza Ana,
desculpe sou um rapaz espontâneo e intenso.As vezes acaba soando mal.Quero que saiba que gosto dos seus comments e colocações.Beijão

Anônimo disse...

Acho válida, a apropriarção de termos perjorativos,com intuito de enfraquecer ou até mesmo modificar seu significado,outros movimentos fizeram isso e deu certo,se preocupar com o que a massa vai pensar é bobagem,esse povo nunca pensa nada de bom do movimento mesmo,ficar pisando em ovos,com medinho da mediocridade pública não tá com nada.

Cética

yulia2 disse...

concordo com a cética

Braga disse...

bem, já que questionaram tanto a indumentária cômica da proposta mascu (pochete, hahahaha, capanga seria mais adequado, talvez) me chamou a atenção como o 'cerumanu' ali de brasília estava vestido, com roupas em estilo pseudomilitar. isso é crachá de neonazi (claro, porra, nem todo mundo que usa isso o é, mas é um indicativo).
e bem, espero que meus óculos de caçador não sejam estigmatizados da mesma forma, pq eu odiaria ter que usar óculos de surfista, ou gatinho hahahahaha.
mas enfim, a reação das manifestantes foi completamente legítima, justa e proporcional. quem falar o contrário tá do lado contrário, assumidamente.

Anônimo disse...

"Ver vagina acaba com o dia dos mascus. Ainda bem que eles não costumam ver muitas"

HAHAHAHAHAH, lolinha, te amo!

eles vivem totalmente num universo paralelo...

Braga disse...

'Acho válida, a apropriarção de termos perjorativos,com intuito de enfraquecer ou até mesmo modificar seu significado,outros movimentos fizeram isso e deu certo,se preocupar com o que a massa vai pensar é bobagem,esse povo nunca pensa nada de bom do movimento mesmo,ficar pisando em ovos,com medinho da mediocridade pública não tá com nada.'

yeah, é isso aí.

Anônimo disse...

gente, amei as fotos com as frases no flickr da marcha de bsb! não sabia que elas tavam tão... tão... sei lá, empenhadas assim. orgulhinho da mulherada daqui. amei! já viram?
http://www.flickr.com/photos/marchadasvadiasdf/6987397410/in/photostream

Ana disse...

@Caracala
Blz mano... Internet é uma maravilha mas às vezes tem dessas: um fala e o outro não entende, rs
E puxa, obrigada :D E completamente off topic, vc curte YuYuHakusho ou só se apropriou da imagem do Kuwabara? *sempre quis perguntar e nunca teve a chance*

Galera, sobre o uso do termo 'Vadia'... Eu acho legal, porque pode servir pra abrir os olhos das pessoas. É impactante? É. Pode ser mal interpretado? Pode. Mas quando uma pessoa repensa o que ela entende por 'vadia', acho que é passo enorme :D E no fundo o que a gente quer é mais respeito pras 'vadias' mesmo, né? Pq qqr uma com uma saia mais curta ou um ombro de fora pode ser vadia. Pode ser eu, você, uma amiga. No pé que as coisas estão, acho muito bom começar a trabalhar esses conceitos.

Agora, que as vezes dificulta pra explicar... Isso sim. E muito. Nunca na vida que eu vou fazer meus avós, por exemplo, entenderem que 'vadia' é um conceito torto XD Mas na idade deles não tem mais do que convencer mesmo XD O pior é o povo novinho que não abre a cabeça de jeito nenhum.

Braga disse...

o nome choca a 'opinião pública' e pode ser mal interpretado? certamente.

agora, se deve ser escravo de tal 'opinião pública' (ou pra usar um termo marxista, e que apenas deve ser visto sob tal ótica, da 'ideologia')???.

Anônimo disse...

ana - o problema é que essa coisa de vadia ainda tá muito enraizada na sociedade, penso eu. na primeira vez que tive contato com o nome, a primeira reação que tive foi de pensar "nossa, mas elas já dizem que são vadias!". depois que parei pra pensar e vi que, peraí, TUDO é motivo pra chamar uma mulher de vadia. eu mesma já fui chamada de puta pra baixo. então tá, se ser livre é ser vadia, tamos aí. foi mais ou menos assim que pensei. e acho que o nome ainda vai penar pra ser esvaziado do sentido ruim. aliás, acho que o sentido dificilmente vai ficar mais neutro.

eu acho que minha reação deve ter sido machista até. quase um "como querem respeito desse jeito?". mas hj apoio totalmente pq entendo o motivo do nome. eu já publiquei artigo acadêmico em livro tido como feminista, mas não acho que eu tenha teoria bastante pra me dizer feminista. talvez minha reação tenha sido parecida com a de qualquer mulher comum sem tanto estudo na área.

gay, por exemplo, é uma coisa ligada à alegria e tal, talvez mais fácil de ter tido o sentido mudado.

Anônimo disse...

O "engraçado"é que a opinião pública se choca com isso,mas não se choca quando são eles a pronunciar a palavra,apontando o dedo pra cada mulher que pise em "falso" ai sim pode,pode vadia, pode vagabunda,pode até considerá-la estuprável...

(viajando mode on)Diria que tá rolando um ciuminho ai,eles querem o "direito" de usar a palavra sozinhos(viajando mode off)

Cética

Braga disse...

'gay' teve o sentido mudado pq já era um eufemismo pra homossexual em certos contextos. 'vadia', que é como se preferiu traduzir o 'slut', também é um eufemismo (vadia ou vadio é quem não trabalha, salvo melhor entendimento), mas sempre teve uma carga infinitamente mais pesada. usar esse termo é a coisa mais acertada do mundo, politicamente? sei lá. mas me soa corajoso. e a coragem me encanta.

Anônimo disse...

cética, eu li dia desses um cara dizendo que fica puto qdo uma mulher conhecida por "liberar" pra todo mundo não "liberava" pra ele. baita atestado de manézice e o cara ainda publica isso na internet. hahahah. e aí, nesse caso, ela seria estuprável. que nojo. eles desprezam mulheres com sexualidade livre, mas se ela tem a sexualidade livre, é forçada a trepar com mascu. entendi. bela lógica.

eu ainda acho que, no fundo do movimento (?) mascu, tem é um bando de gurizinho chorão pq ninguém dá a mínima.

Ana disse...

19:54, eu tive meus problemas com o termo também.

A minha reação foi mais pra "puxa, mas tinha logo que ser uma coisa tão vulgar? vai prejudicar o feminismo!".

Sabe, eu venho de um lugar onde a ótica machista é muito forte. Eu aprendi claramente a dividir entre "mulheres de bem" e "as outras". Foi o que me ensinaram.
Certas coisas ficaram muito gravadas em mim - por exemplo, o conceito de moça de família, aquela coisa de que as mulheres que prestam "se vestem com modéstia" XD Kkkk, hoje eu acho ridículo, arcaico, mas querendo ou não, ainda está em mim. Eu ainda me pego pensando, "puxa, mas precisava usar esse decote/saia/whatever? tá muito vulgar...". E aí no segundo seguinte eu acordo, pq graças a coisas como a Marcha das Vadias, eu aprendi que essas coisas não tem sentido.

Eu me eduquei pro quão vazio esses rótulos são. E é esse 'abrir os olhos' que é tão fascinante :)

Só vai continuar acreditando nesses conceitos quem for muitíssimo ignorante ou quem não se dispor a ouvir o que o protesto tem pra dizer (pq simplesmente achar vulgar sem se dar ao trabalho de ler UM texto sobre o assunto é dose tbm, né. Aí nem Bruce Willis salva!).

Assumo que dá problema, mas acho sim muito legal.

Anônimo disse...

Ana,

você disse que não apóiam quem mente sobre estupro, você conhece um cara sequer que apóie estupro??

Pois é, não conheço um único cara que diga que estupro (causado por qualquer pessoa) não deva ser punido. (e você que está tentando ler o A Voice For Men pode ver lá isso)

(e olha, se for citar casos de extremistas, lembre que tem a mesma quantidade de feministas extremistas que chegam a dizer que a única solução pra vida na terra seria o genocídeo dos homens)

Anônimo disse...

pois é, braga, aliás, gays hj em dia são aceitos em rede nacional qdo são... alegres, saltitantes, felizes... de certa forma, nem sei se isso realmente faz tão bem assim pra imagem dos gays. mas não dá pra ganhar todas as batalhas duma guerra de uma vez, né? pelo menos os gays já existem pra mais gente. eu acho isso positivo com ressalvas.

ser vadia, vagabunda, etc, ainda tem uma carga péssima. mas e quem já teve que ouvir uma m* dessas? né? se existe gente que aguenta ser chamada assim, por que a sociedade não pode se preparar pra ouvir o nome e entender por que ele é muito usado contra mulheres? não dá pra gente querer que só mulheres que mascus acham que são vadias possam ouvir isso. até pq, mais cedo ou mais tarde, qualquer mulher pode ser uma vadia pra esses caras.

Braga disse...

'Sabe, eu venho de um lugar onde a ótica machista é muito forte. Eu aprendi claramente a dividir entre "mulheres de bem" e "as outras".'

até bem pouco tempo nossa legislação penal separava as mulheres em 'honestas' e as 'outras'. não é o lugar de onde você vem, é toda nossa sociedade.

Elisangela disse...

Bem, não tenho "medinho" da meodiocridade pública Braga, não disse isso, perguntei apenas quem queremos atingir com tais movimentos, acho que todas as pessoas que lutam por algo buscam a conscientização do maior número de pessoas possível, trouxe o tema aqui porque realmente me perturba, lido no trabalho atualmente com uma situação de mudança "imposta" pelas próprias regras da empresa, no geral o tema igualdade de gêneros é tratado estatisticamente como real, mas na prática claro que não é assim.

Discutindo com pessoas "leigas", no caso advogad@s, engenheir@s, etc, com anos de profissão numa conversa normal sobre o que achavam da marcha das vadias, tod@s, incluindo as mulheres foram unânimes: ah um movimento com um nome desses, claro que não se deve levar em consideração, as próprias se chamam de vadias! (sic)

Obviamente essas pessoas que acabei de citar têm opiniões absurdas sobre outros vários assuntos, mas é muito difícil defender todo o significado do movimento quando um termo desses já o desqualifica por antecedência...

É difícil falar com quem não é nós mesm@s, vocês entendem? É só isso que a gente quer? Fazer com que ninguém além de nós mesm@s participe? Nem mesm@s nós somos coes@s quanto a isso, eu não concordo e continuarei sem concordar... Não sou contra o movimento não deixarei de apoiá-lo às pessoas "de fora", mas aqui entre nós tenho que ser sincera com vocês!

Anônimo disse...

elisangela, talvez o risco do nome da marcha seja apenas reflexo do tanto que as mulheres já ouviram (eu já ouvi e fiquei bem mal na época por pensar "porra, eu dou um duro danado, sou responsável, quero ainda mais pra minha vida e sou chamada de puta?") e agora estão botando pra fora.

eu entendi o que vc disse, mas talvez seja hora de todo mundo se chocar mesmo. a mulher "de bem" ali no seu trabalho pode ter já sido chamada de vadia apenas por ser mulher. na sua situação, eu teria explicado o motivo do nome.

Ana disse...

20:06

Oi, vc é o msm de antes? Anonimato sempre me confunde -___-

Eu disse que não apoiamos quem mente pq era isso que o rapaz estava dizendo. Ele apareceu aqui pra perguntar se agente ia apoiar a mulher que tinha mentindo. Aparentemente ele acreditava naquele mal entendido bem comum, de que o feminismo existe pra defender somente as mulheres, em qualquer circunstância. Aí eu tentei explicar pra ele que isso não é verdade, só pra desmentir o conceito que ele tinha. De que me adiantaria defender uma mentirosa só pq ela tem uma vagina! O_o Eu hein, se comprovadamente mentiu por motivos idiotas, não merece apoio! Seja homem ou mulher.
Não quis deixar implícito que os homens apoiam estupro ou não querem que seja punido. Se foi isso que passou, desculpa, não foi a intenção.

E é, eu concordo com você sobre extremistas. Relaxa que eu não vou jogar na sua cara "mas os masucus doidos são assim!!!", rs. Simplesmente pq desconfio que eles não sejam o masculinismo por inteiro - entretanto, eu ainda não tenho conceito formado. O VFM está nos planos, mas a vida as vezes fica no caminho XD Me falta tempo.
Eu particularmente nunca tive a infelicidade de topar com uma mulher que dissesse "quero mais que os homens sejam extintos!". Mas que já ouvi falar que tem, isso já. E aí se elas não podem servir de base pra todas as mulheres da Terra, tecnicamente os mascus doidos também não servem de base pra todos. Eu ainda não to em posição de defender nem de atacar o masculinismo, pq assumo que sou ignorante. Mas a lógica é a lógica e se eu não quero que usem argumento x comigo, concordo que não posso usar argumento x com os outros.

De novo, eu não disse nem quis quis que entendessem que homens apóiam estupro. Eu tava tentando mostrar pro rapaz que ela tava fazendo uma generalização que não era nada benéfica.
Suponha que um homem mentiu que uma mulher abusou dele. Aí uma mulher vem pra você e diz: "Viu só fulano! Vê se pára de encher o saco sobre homens sendo abusados! Esse aqui mentiu, ó!". Você ia deixar de pensar nos que NÃO mentem? =/ Não ia dar, né?

Braga disse...

'ser vadia, vagabunda, etc, ainda tem uma carga péssima. mas e quem já teve que ouvir uma m* dessas? né? se existe gente que aguenta ser chamada assim, por que a sociedade não pode se preparar pra ouvir o nome e entender por que ele é muito usado contra mulheres? não dá pra gente querer que só mulheres que mascus acham que são vadias possam ouvir isso. até pq, mais cedo ou mais tarde, qualquer mulher pode ser uma vadia pra esses caras.'

concordo, minha cara, por isso disse que não tenho certeza se é, realmente, a melhor política. mas ainda assim acho válido pra 'forçar' a sociedade a se repensar.
quanto aos masculinistas, sério, salvo aqueles mais exaltados e perigosos, eu os considero pouco relevantes (choverão pedradas sobre essa minha opinião), muito mais relevante é o machismo tosco e tradicional das pessoas em geral.
os mascus são mais ou menos como os neonazistas, em ocasiões específicas são o pior inimigo, todavia a democracia (capenga) do brasil por hora não é ameaçada por eles.
mas... na grécia, por exemplo, os neonazis ganharam inúmeras cadeiras parlamentares.
os mascus devem ser combatidos, como possibilidade de problema futuro, mas não acho que sejam o foco principal.
antes vamos ir contra o geral, o universal.

Anônimo disse...

braga, no outro post, já falávamos sobre ignorarmos esses mascus mais infantilóides. e concordo que a gente deve cuidar do machismo nosso de cada dia. talvez mate mais que esse pseudomovimento mascu.

Braga disse...

o meu comentário anterior serve pros bons questionamentos da elisângela também.

EU NÃO SEI SE É A MELHOR POLÍTICA pode ser excludente, sectária.

mas ainda assim valorizo pela coragem.

e em nenhum momento falei em 'medinho', assim pejorativamente.

Anônimo disse...

"Vcs estão chamando todas as manifestantes das Marchas de Vadias de barangas. E, quer dizer, elas são lindas. Vcs não conseguem nem chegar perto de mulheres assim. "

Lola, dá pra resumir tudo tudo tudo em uma única palavra: recalque

Yuri disse...

Eu ia responder ao anonimo das 20:21, que fez o (des)favor de citar uma defecada dos dedos daquele infeliz do Nehassan Alita, mostrando o caso da artista que foi levada à delegacia em Natal-RN na semana retrasada, bem como várias fotos que vi da marcha das vadias mostrando mulheres com os seios nus sendo reprimidas por policiais.
Mas aí lembrei porque eu não discuto com mascus:
http://www.youtube.com/watch?v=JBx_Ga2bc7I&feature=player_embedded

Anônimo disse...

Ana,

mas a questão é que não conheço pessoas que neguem a existência de estupros, ou de violência doméstica, ou outros crimes.

Mas em sites feministas como esse passa-se a desinformação de que todos os homens que questionam o que pregam são machistas, ou então que todo MRA é machista.

De todos que vem comentar aqui, acho que só você, a carolina paiva e a camila (esqueci o sobrenome) são as únicas que vejo ter capacidade de uma discussão decente.

Mas podem continuar falando mal, mudanças reais levam tempo mesmo.

yulia2 disse...

pronto....
agora vão citar trechos da maior metralhadora de merda que ja vimos nos ultimos tempos...
nessahan alita

Anônimo disse...

Por falar no tal de Alita, sempre que eu vejo o nome desse sujeito eu lembro de uma designer de vestidos de noiva hahaha
Seria esse o motivo dele não mostrar a cara? Ele na verdade é uma estilista? Kkkkk

Ana disse...

Ah é, e 20:06, as vezes não precisa um cara sair gritando "EU SOU A FAVOR DO ESTUPRO". Às vezes as pessoas só abrigam o estupro em suas lógicas.

Por exemplo, pensa na lógica do 'mulher não deve beber'. Olha, eu entendo que uma mulher bebada corre o risco de ser estuprada, e eu não diria a uma filha "ó, põe essa roupinha curta e transparente aqui e vai tomar uma kaiser, pode ir sem medo!". Mas as vezes as pessoas falham em perceber que na verdade, esse 'risco de ser estuprada' não devia existir. Que não é sobre 'mulheres não devem beber', é sobre 'ninguém deve ser violado'.

Talvez um cara não use uma camisa "LIBEREM O ESTUPRO". Mas se ele sai dizendo pérolas como "c* de bebado não tem dono"... Bom, ja dá a entender que ele quer dizer que, se ousar ficar bebada, vai 'merecer' ser violada. E aí é um problema, pq na verdade, em circunstância NENHUMA alguém 'merece' ter o corpo manipulado contra sua vontade.

Então as vezes o que se tem não é uma psicopatia escancarada, é só uma visão torta que dá brecha pra que coisas como estupro aconteçam.

Aliás a Marcha trabalha nesse sentido, conversando sobre situações assim. Sobre como é errado virar pra uma mulher que sofreu abuso e dizer "tá, mas o que você tava vestindo?". Esse tipo de visão dá a entender que existe uma situação em que você está livre pra ser violad@ - uso de roupa x. E na verdade, nunca se está livre pra um troço desses.

E olha, gente que acredita no famoso "... de bebado não tem dono" é o que mais tem. Homens e mulheres, claro. São pessoas horríveis e desprezíveis? As vezes não. Pessoas 'abertamente a favor do estupro'? Nem tanto. Mas são pessoas que acabam facilitando esse crime, pq perpetuam uma cultura na qual o estupro tem razão de ser. Quando na verdade, ele NUNCA tem razão de ser, NUNCA pode ser justificado.

Não sei se você vai entender meu ponto, mas eu tentei XD

Anônimo disse...

"não conheço pessoas que neguem a existência de estupros". pô, conheço um monte!

casalzinho vai pra casa junto e começa nos amassos. o cara vai e força alguma coisa. "ah, mas se ela tinha topado e estava ali deixando o cara passar a mão em tudo... queria o quê?". depois que a mulher disse não, é estupro. mas muito cara diz que tava fazendo doce e tal.

e eu já tive que lidar com homens supostamente esclarecidos com cargos "importantes", etc que pensam assim. aliás, até minha mãe era assim. depois de ver um caso de estupro de uma adolescente de 13 anos na tv, soltou um "ah, com 13 anos, já dava pra saber o que tava fazendo".

Anônimo disse...

ana, é bem isso. e sabe o qeu é pior? as ditas putas, vagabundas, vadias (principalmente se realmente forem profissionais do sexo), PODEM ser abusadas. como se uma prostituta não pudesse ser estuprada pq é isso que ela faz mesmo... uma prostituta não é vista como gente...

Braga disse...

alguns de nossos juristas acham perfeitamente natural se fazer sexo com meninas de 13 anos desde que sejam prostitutas.
já disse num comentário aí, a mentalidade da mulher 'honesta' vs. a 'outra' é enraizado em nossa cultura.

Anônimo disse...

Braga, o absurdo mor disso é: 13 ANOS E PROSTITUTA????

Hein? Esse argumento dos caras nem deveria existir, pra começo de conversa! Deveriam combater a exploração de menores e não ACEITAR completamente essa merda toda!

Tudo errado, cara. Tudo errado.

Anônimo disse...

Anonimo 20:40,

aff, vc entendeu o que eu quis dizer, você não conhece pessoas que dizem que o estupro simplesmente não existem.

Ana,

sim, esse perigo não devia existir. Oras, qualquer tipo de crime não deveria existir. Todos queremos uma sociedade melhor, mas enquanto vamos construindo ela é uma boa idéia evitarmos correr riscos excessivos, questão de bom senso.

Ana disse...

20:34,

... então você entendeu o que eu quis dizer na resposta ao rapaz ou não? ó, lutar contra os estupros é diferente de dizer que o resto do mundo nega que eles existem. A gente não acusa as pessoas de negar. Mas ficar quieta não dá, essas coisas de fato acontecem e a gente faz barulho mesmo. Sempre querendo que aconteça cada vez menos.

Olha, eu argumento com caras abertamente masculinistas pq eu, Ana, como indivíduo, assumo não ter lido sobre o assunto por conta própria. Eu falo mal mesmo dos mascus doidos, aqueles que eu realmente já vi falando todo tipo de barbaridade (aliás, eles vivem aparecendo por aqui). Faço piada deles mesmo, sem dó, pq sei do que são capazes.

À parte deles, notei que tem um pessoal que aparece aqui e tem um pouco mais de argumentação. E aí esse povo é que disse que o masculinismo vai além daqueles doidos - até então eu nem pensava nisso. Bom, agora eu tenho que investigar pra ver se é isso mesmo (vou precisar de tempo).

Tem outras pessoas, a Lola por exemplo, que acham que o masculinismo é sim machista. Ela já viu o VFM e não gostou. Ela mesma me passou o link. Só que eu não vi muito ainda.

Então não sei né, vai que no final eu me convenço de que a Lola tem razão?

Eu não posso prometer pra vc que eu vou apoiar a causa. Mas eu te garanto que enquanto eu não tiver conhecido essa suposta outra face do masculinismo, eu não vou dizer "o masculinismo é sempre machista". Simplesmente pq isso seria injusto.

Acho mto, mto ruim quando uma pessoa aparece aqui pra criticar a gente e não leu UMA LINHA sobre o feminismo. É pensando nisso que eu me convenci de que eu tenho que me informar sobre o masculinismo.

Agora, se a Lola e as outras comentaristas já tem opinião formada, bom, eu não posso falar por elas. Elas tem os motivos delas. E como o blog é da Lola, ela é quem decide quanta atenção ela dá ao masculinismo.

Anônimo disse...

se a menina de 13 anos tem biotipo para a idade a culpa é dele por contratar servicos de uma menor e dela ou da familia por se sujeitar a isso. mas se ela tinha biotipo de 18 ( brasileiras são precoces por varios motivos ,inclusive por pegar sol demais) a culpa é toda dela ou da familia.
Prostituição sempre existiu de uma forma ou de outra .Eu particularmente jamais contratei esse tipo de serviço (ps jamais iria com menores).Mas do jeito que as mulheres andam exigentes com renda ,se é pra pagar que seja a vista.

yulia2 disse...

pronto...
aguenta o mister CONTRL C + CONTRL V....
AFFFF

yulia2 disse...

''se a menina de 13 anos tem biotipo para a idade a culpa é dele por contratar servicos de uma menor e dela ou da familia por se sujeitar a isso.''
^^^^
quem defende pedófilo, tem tendencias pedófilas.....

Ana disse...

Pessoas, obrigada por me ajudarem a argumentar. Eu até esqueci que as vezes o estupro acontece e vem algumas respostas do tipo 'ah, mas ela queria', 'ah, mas ela devia saber', etc, etc, etc...

Tem gente que acha que estupro é uma mulher ser agarrada por um cara no meio da noite, e ser levada pro matagal.

Mas estupro é qualquer ato sexual sem consentimento. A gente não acha, por exemplo, que um marido tem o direito de fazer sexo sempre que ele quiser. A gente acha que a mulher tem que quer tbm.
Mas eu já ouvi mto que 'casamento é self service' (aaargh). Ou seja, se casou, vai fazer sexo mesmo que não queira.
Agora eu te pergunto: pq ela casou, se vestiu de noiva, assinou um documento, isso por acaso significa que se ela fizer sexo sem querer não vai sofrer? Não né? Então mesmo casada, ela ainda tem direito de dizer quando quer e quando não quer sexo. Só que tem gente que não pensa assim. São a favor do estupro? Não, mas falham em ver que a mulher tem direito de decidir. São pessoas ruins? Que acham que estupradores não merecem ser presos? Não. Mas as vezes as pessoas não querem admitir que situação a) ou b) foi estupro.

Braga disse...

'Braga, o absurdo mor disso é: 13 ANOS E PROSTITUTA????

Hein? Esse argumento dos caras nem deveria existir, pra começo de conversa! Deveriam combater a exploração de menores e não ACEITAR completamente essa merda toda!

Tudo errado, cara. Tudo errado.'


essa decisão foi tomada pra se proteger o 'tomador de serviço'. pra mim fica claro o machismo na questão.

Anônimo disse...

"Mas as vezes as pessoas não querem admitir que situação a) ou b) foi estupro."

exato. e tá aí o problema. são os nossos coleguinhas de trabalho, são aqueles primos legais que sempre foram estudiosos... e por aí vai.

depois do "não", tudo é estupro.

Anônimo disse...

Ana,

Você é a primeira comentarista sensata até agora.

Quanto ao masculinismo, pesquise sim. O que posso dizer da minha experiência pessoal é que existem vários grupos dentro do masculinismo, vc irá encontrar de tudo. Machistas, direitistas, etc. A maioria na verdade. Creio que o silêncio da esquerda pode dar uma força enorme a um certo grupo que associa questões comportamentais com pensamentos políticos.

No entanto, a origem do masculinismo brasileiro, Nessahan Alita, é bem interessante. Muitas aqui, como a Yulia2 odeia. Eu duvido que ela tenha lido. Formou opinião sem saber. Mas, isso é problema dela.

Se vc tiver tempo, sugeriria ler Nessahan.

Quanto aos masculinistas, são vários e vários grupos, com vários tipos de membros. Não sei se vc chegará a uma conclusão.

Apenas EVITE MANIQUEÍSMOS, isso rola muito nos dois lados (mascus e loletes).

Anônimo disse...

Braga,

se não tivessem reduzido a idade para consentimento ao sexo não teria essa argumentação. Mas como crianças com seus 13~14 anos podem consentir aê surge essa bizarrice.

O cara devia ter ido pra cadeia como pedófilo estuprador, mas a pergunta é: Quem defende a redução da idade para o consentimento? Se não fosse isso não haveria brechas na lei.

Braga disse...

'depois do "não", tudo é estupro.'

perfeito.

e quando se usa aquela imbecilidade (que virou meme) de que quando uma mulher ao dizer 'não' quer dizer 'sim' se está propagando a lógica da dominação e do estupro.
lamento ao ver mulheres compartilhando isso no facebook e achando engraçadinho.

Anônimo disse...

Quanto ao estupro, galera, é simples. Na minha visão masculina, fazer sexo com mulher bêbada é estupro consentido. Não consigo imaginar situação em que faça sexo sobriamente com uma mulher bêbada.

Se os dois estão bêbados, acho uma situação muito delicada. Se a mulher bebeu juntamente com o cara, com quem ela namora, fica, pega, ou seja, há um contexto, não vejo problema algum, apesar de poder ficar uma situação bem estranha depois.

No entanto, se ambos estão bêbados, e não se conhecem, vira uma situação bem difícil. Só num caso concreto específico para dizer se há violação à liberdade sexual da mulher. Se o homem está bêbado, e ela também, ambos estão inconscientes do que estão fazendo, a meu ver acho muito difícil estupro nessa situação. A não ser que fique demonstrado que a mulher não queria e foi forçada, mesmo bêbada. Se não houve dissenso dela, fica bem complicado, difícil dar estupro

Braga disse...

não tenho dados conclusivos pra ser favorável a uma redução da idade de consentimento abaixo dos 14.
mas, em casos de exploração sexual, em nenhuma hipótese posso ser conivente.
muito embora eu seja contrário à criminalização da prostituição (que já não é crime) entre maiores, mas aí por outros motivos.

Ana disse...

"depois do "não", tudo é estupro."

Poisé 21:17, deixa eu comentar uma coisa que me incomoda muito sobre o 'não': já deixei de lado mta história dita "romântica" pq volta e meia me aparece uma cena em que a mocinha diz 'não', e as coisas acontecem mesmo assim, e fica tudo por isso mesmo. É só eu ou mais alguém já viu isso?

Oras, se ela diz "não", a coisa tem que parar NA HORA. Só que NUNCA PÁRA. E aí eu fico com aquela cara de interrogação, tipo assim: tá, mas se ela disse "não", como foi que aconteceu? E pq ela não tá reclamando???
Isso já aconteceu milhões de vezes.

Das duas uma, ou falou 'não' só de enfeite, sem realmente querer que o cara parasse, o que é idiota; ou ela disse 'não' pra valer e rolou um estupro que foi ignorado.

Fico com a impressão de que é uma coisa banalizada. Tanto que muito cara ouve 'não' e acha que é charme. De verdade mesmo, o rapaz acredita piamente que foi um jeito velado de dizer 'sim'. Uma confusão tremenda.

Talvez ver isso tão seguidamente na literatura por aí seja só um reflexo da realidade.

Me parece que as pessoas esperam que o 'não' só seja pra valer se for gritado, berrado, acompanhado de socos e pontapés. O que ferra totalmente alguém que bebeu, por exemplo, ou alguém que ficou em choque. Aliás, se a gente vai colocar um jeito certo de dizer 'não', as coisas vão ficar beem difíceis.

Acho mais fácil combinar que qualquer 'não' é sempre pra valer... Por via das dúvidas, né.

yulia2 disse...

"quem defende pedófilo, tem tendencias pedófilas....." - E quem defendeu pedófilo aqui, sua retardada?
______________

UI, mascu nervosinho....

yulia2 disse...

Se vc tiver tempo, sugeriria ler Nessahan.
___________

traficante detected! fica oferecendo drogas aqui cara, que isso?

Anônimo disse...

Galera, quanto à redução da idade de 14 anos, e a prostituição infantil, talvez vcs tenham dito isso pela decisão do STJ recentemente.

A decisão do STJ que absolveu 2 réus de estupro pela idade das meninas prostitutas (12 e 13 anos), se deu por causa de uma falha na legislação antiga, os crimes cometidos a partir de 2009 não tem mais isso.

Antes falava-se em presunção de violência com menor de 14 anos. Depois de 2009 o texto da lei mudou para inserir o conceito de vulnerabilidade, em que se encontram garotas menores de 14 q se prostituem.

yulia2 disse...

Yulia2 vc deve ser mto mal amada sério hahahah

imagina vc discutindo a relação, insuportável, pelo amor.

___________

kkkkkkkkkkkkkkkk
porra cara, seja mais original pelo menos! Esses xingamentos batidos como mal amada, gorda, feia, boba , chata...já tá mais do que manjado não acha?

yulia2 disse...

vai sair yulia2, sábado a noite, vai curtir a vida, deixa de ser lolete por um dia
_________________

uai....porque eu? sai vc champz....
sabado a noite pra vc também.

yulia2 disse...

bem, voltando ao tema...
acho muito bom que tenham essas marchas e fiquei contente com o numero de participantes bem grande no pais inteiro! é isso aí!!!

Ana disse...

21:21,

ai ai ai, não foram os leitores desse cara que foram caçados pela PF? =\ "Profano Feminino" não me parece um título muito simpático, kkkkkkkkk Ah é, espero que você leia obras feministas variadas tbm, né.

Ó, te prometo que vou atrás, mas eu vou te pedir pra encerrar o papo aqui e não fazer propaganda do cara. Por respeito à postura que a Lola adota. Ela não gosta, o blog é dela, simples assim. EU não posso dar pitaco pq nem sei do que se trata, mas sei que a Lola conhece essas coisas. E a pauta é Marcha das Vadias, aliás :P

Se eu odiar o masculinismo no final das contas eu espero que você continue compreensivo! kkkk

E ó, tem muita gente boa aqui no blog sim. Não sei se a Yulia2 leu ou não. Mas isso é com ela, né.

Deste sorte comigo pq eu sou mal informada. E já me irritei tanto com ignorantes quanto ao feminismo, peguei tanto nojo, que tenho medo de ser igual. Só.

Rosanna Andrade disse...

Lola, olha so esse texto sobre a marcha das vadias:

http://opinioesdobandeirinha.blogspot.com.br/2012/06/marcha-das-vadias-cristas.html

Muito boa a ideia do autor pra fazer as pessoas refletirem.

yulia2 disse...

Tem de deixar de ser dissimuladas, pois muitas vezes o "não" pode na verdade ser um SIM (com a boca diz "não", mas com o corpo e a reação à investida do homem dizem SIM)
____________

como é doentia a mente do mascu cara...
sim é sim e não é não...
o resto é delírio de sua mente.
criminoso é assim mesmo, tudo é desculpa para seus atos.

Sara disse...

Ludwig n dava pra ser mais sucinto???

yulia2 disse...

esse é o principal deserviço do falsário que nunca mostra a cara chamado nessahan( esse não é seu nome) , ele justifica , faz apologia aos crimes de violencia contra a mulher, estupro e pedofilia.
Um cara que nunca mostrou a cara, ele some, vive NA MARGINALIDADE , nunca cobrou pelos seus pasquins odiosos....
e vem aqui os seus discipulos peidar os artigos desse cara aqui é de matar.

Mises disse...

Ser mais sucinto no q? Este texto é um trecho do livro "Socialismo" (Die Gemeinwirtschaft em alemão) escrito pelo autríaco Ludwig von Mises, originalmente publicado em 1922.

Ana disse...

Postando de novo, espero que a Lola apague o de cima. Só agora me dei conta que a última frase ficou um horror.

21:47,

Eu vou te pedir pra ter cuidado só quando tu fores te referir às mulheres. Percebeste que tu me chamaste de dissimulada? Kkkk. E eu NUNCA disse 'não' querendo dizer 'sim' =)

Somos todas pessoas diferentes, da próxima só deixa claro que tu não te refere a todas, ok? Isso ajuda a não mal entendidos.

Olha, eu aconselho que toda vez que uma mulher te diga 'não', tu pare. Não interessa o volume, o jeito, não é não.

Vamos supor que exista uma mulher que diga pra ti "ai, mas eu não queria que tu parasse, tava fazendo charme...". Bom, aí meu amigo, vira pra ela e diz com todas as letras que tu não tem como adivinhar o que ela pensa. Certo estava vc, que ouviu o 'não' e respeitou a vontade dela.

E Ó, camarada, MIL VEZES parar sem que seja realmente necessário a avançar o sinal. Se ela fez charme, tu podes dizer 'olha, quero que tu sejas CLARA comigo'. É totalmente direito teu, não?
O problema é se ela falava sério e tu foi em frente, aí É CRIME. Imagino que tu não quer machucar tua parceira de jeito nenhum, certo? Então melhor PARAR.

Só quero lembrar que isso pode ser uma coisa cultural. A mulher que faz isso não necessariamente faz de propósito, como armadilha, por dissimulação - ela pode achar que é sexy, né. Do mesmo jeito que um cara que ignora um 'não' poderia estar simplesmente equivocado, achando que era sensualidade. Não quer dizer que ele ou ela sejam más pessoas, isso pode ser simplesmente o que eles aprenderam que era sedução. Vai saber, né amigo? Não pensa que ela fez de propósito não. Ela pode ter feito pra agradar, achou que era assim que funcionava...

ALGUMAS PESSOAS, homens e mulheres, acreditam que 'não' pode ser charme, sabe. Eu não gosto de usar esse artifício, pq aí tira todo o peso da palavra e realmente, como raios vamos saber quando é charme e qnd é pra valer? Melhor, como eu disse, combinar que SEMPRE é pra valer.

Acho que essas coisas acontecem mais por falta de informação, de diálogo, e de educação sexual do que qualquer outra coisa... No caso de mal entendidos, claro. As vezes é estupro mesmo, e aí que vá pra cadeia que é o lugar que merece.

Rosanna Andrade disse...

Ana,

por isso tem uma coisa legal no S&M, que eh uma palavra-chave combinada de antemao pelos parceiros que significa que eh hora de parar. Assim da pra brincar de fazer charme a vontade, seria equivalente a um NAO. Pode ser um gesto tbm, para casos em q um dos parceiros estiver impossibilitado de falar.

Acho engracado que os praticantes de S&M sejam tao mais vistos pelas pessoas em geral, sendo que tem nocoes muito melhores de respeito na hora do sexo do que a media da populacao. Vide esses carinhas que dizem que "o corpo da mulher diz sim". Coisa mais subjetiva!
Ja ouvi dizer ate q eh normal vitimas de estupro terem a lubrificacao aumentada na hora. Nao por tesao, mas eh uma defesa do corpo, para que a mulher n sinta tanta dor. Pelo que sei a lubrificacao da mulher era considerada uma prova de que foi consensual para os tribunais, e hoje nao eh mais justamente por isso.

Braga disse...

'Vamos supor que exista uma mulher que diga pra ti "ai, mas eu não queria que tu parasse, tava fazendo charme...". Bom, aí meu amigo, vira pra ela e diz com todas as letras que tu não tem como adivinhar o que ela pensa. Certo estava vc, que ouviu o 'não' e respeitou a vontade dela.'

irretocável.
assim como seu charmoso uso da segunda pessoa.
er...
desculpe, vou dormir.

Rosanna Andrade disse...

corrigindo
* praticantes de S&M sejam tao mal vistos

Ana disse...

@Rossana,
Nossa, não sabia dessa defesa não! Interessante. Eu sabia que em estupro de homens é comum o cara ficar excitado - pq né, reflexo. Não quer dizer que ele goste, não, longe disso! Mas é o corpo, né. E aí o que acontece? O cara é estuprado e por falta de informação fica com vergonha, com medo, acha que vão dizer que ele gostou... É um sofrimento enorme =/

Não sei você mas eu volta e meia ouço aquele velho absurdo: "se o estupro é inevitável"... que não vou nem comentar, pq é tão, tão absurdo que me dá vontade de vomitar.

E o negócio da 'boca diz não, corpo diz sim' é uma merda! Rapazes, como vocês não se tocam que se for assim vocês podem perfeitamente se enganar??? E se ela não queria MESMO? COMO FAZ?????

Por isso eu acho que é melhor não fazer essas coisas. Não é não e ponto. Melhor pra todo mundo!

@Braga
... rsrsrsrsrsrsr :)

Ana disse...

22:21

Acho que você não pode dizer isso, querido, pq as mulheres que você conhece são assim, as que eu conheço, não. E aí? Esse é o perigo de generalizar. As que você conheceu ao longo da vida não são todas. Ó, eu jamais faria isso, morreria de medo de que ele se enganasse.

Não te aconselho a acreditar que a maioria é assim, pq acho que aí vais perder a esperança na gente, kkkkk Existe mulher de todo o tipo, vais encontrar uma que seja clara. E mesmo que ela faça joguinho, podes sempre dizer pra ela pq isso é perigoso. Faz assim:
"Ó FILHA, LEIO PENSAMENTO NÃO."
Ponto. Pode ser simplesmente o fato de ela achar que era assim mesmo. Mostra pra ela como isso te deixa numa situação delicada. É direito teu!

Eu tbm acho que não se deve dizer 'não' no lugar de 'sim' ou vice versa. Tbm acho bem ruim, amigo, mas tem gente que acha sexy, e aí? Tem cara que tem tara com mulher se fazendo, e aí?? Bom, se eu arranjo um cara assim, é na lata: NÃO FAÇO JOGO. EU DIGO EXATAMENTE O QUE EU QUERO. E vai ser assim sempre pq acho mais seguro. Não gostou arranja outra :D

Anônimo disse...

rosanna, tirou as palavras do meu teclado! ia falar exatamente sobre a safeword. e aí pode rolar de tudo sem dúvidas.

ana, eu acho que muitas vezes o "não" acaba passando batido pq a mulher é socialmente meio que forçada a dar logo. já tá lá mesmo, já se submeteu...

eu, que sou fortinha, já arranquei um cara de cima de mim na força. se eu fosse mais fraca, só um pouquinho mais fraca, teria sido estuprada sem dó. e por que eu disse "não"? pq eu perdi o tesão por conta das atitudes dele na hora.

Anônimo disse...

a culpa e de adão, fou dar so uma costela, se tivese dado um brço, um olho, qui sa dedo vai, talvez tive dado pra caprichar um pouquinho mais ne não ?!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

"eqto o homem tem q chegar, puxar um papo, divertir a mulher e todas aquelas exigências..."


tadinho. e aí vc não pega ninguém e fica chupando dedo frequentando blogs feministas. hahaha. que dó, que dó...

Ana disse...

22:36

... Puxa, muito obrigada pelo dissimulada. Você não me conhece, mas eu tenho vagina, devo mentir pacas, né? Posso dizer agora que todo homem é estuprador?

Desculpa, mas, se vai chegar dizendo que o gênero inteiro "é dissimulado SIM" logo de cara, vai levar na mesma dose. Justo, não?

Vou te lembrar, como fiz com o amigo lá em cima, que você não conhece todas as mulheres do mundo. Se todas as que você conhece são assim, não é culpa minha. Abandona a generalização aí.

Eu tenho duas sugestões pra você:
I - A próxima maquiada que vier rebolar na sua frente você ignora e só dá atenção depois que ela cumprir todas as exigências que você mencionou. Aí seu problema de igualdade se resolve, que tal? Acha que as mulheres conseguem sexo fácil demais? Bom amor, elas conseguem sexo contigo. Se o mundo é tão injusto e malvado, dificulta mais aí.

II - Entende que as pessoas podem ESCOLHER com quem transam. Então sim, é muito provável que as mulheres continuem filtrando com quem elas vão pra cama. Porque isso é escolha pessoal de cada um. Você transaria com uma mulher que não te agradasse? Bom, mulheres não transam com caras que não agradam. Não importa os quesitos, todo mundo seleciona. É direito de cada um.

Ana disse...

22:47
Nao estou generalizando, apenas disse q a MAIORIA é assim. E eu tb posso argumentar q vc e suas meia-dúzia de amigas e colegas não representam a maioria.

Eu não disse que a gente era :D

Ó, pra falar que a maioria é assim vc teria que conhecer cada uma. Todas. Contar quantas são e quantas não são e aí dizer qual é a maioria - mas você não fez isso. Isso é generalização.

E é, não dá pra generalizar exatamente pelo q vc disse: eu não posso dizer que eu e minhas amigas somos a maioria, tal qual você não pode dizer que as que conhece são a maioria. Vai que aí onde tu mora a maioria é assim, e onde eu moro a maioria não é? Nenhum de nós dois jamais vai conhecer todas a mulheres (ou homens) do planeta.

É, não acho caras que gostam de ouvir as coisas trocadas uns gênios kkkk Mas vai fazer o que, né amigo?

"Se bem q há quem diga q um beijão com "pegada" faz o "não" se transformar em "sim""
Hã, vai me desculpar, mas aí o cara além de levar um 'não' ainda tem que ter pegada suficiente pra mudar a opinião da mina? Putz, meu, manda pastar... .___.

Segue o plano que vc quiser, só não machuca ninguém -____-

Rosanna Andrade disse...

Ainda sobre a mulher dizer nao querendo dizer sim, ou o homem achando isso, um stand-up que vale a pena. Fiquem tranquil@s que nao eh a la Rafinha Bastos:

http://www.youtube.com/watch?v=A3WAHr1CcvY&feature

Anônimo disse...

22:55 - denuncie. se vc conhece pessoas no serviço público vagabundeando, isso dá demissão (desídia). segunda-feira, formalize uma denúncia e aguarde os resultados.

denunciar no blog da lola não vai resolver nada disso que vc disse conhecer.

Ana disse...

@Rossana
Eu tava atrás desse link! Valeu. Já tinha visto. Esse cara é genial. "Você acha que eu vou te estuprar torcendo pra que você goste dessa merda?????", kkkkkkkkk.
E é bem isso aí, tem que adivinhar pensamento não.

Beatriz disse...

Pochete e machismo: não tem justificativa.

Anônimo disse...

Ana, eu realmente ñ generalizei. E jamais machucaria uma mulher, pelo contrário, só fico frio na minha. Apenas faço uma critica ao comportamento dissimulado de um grande número de mulheres (se é a maioria, se é a metade, se é 40%, se é 1/3, eu ñ sei, apenas sei q um número de mulheres assim ñ é pequeno)...
E estes caras q tem tara por mulher se fazendo de gênio ñ tem nada, são retardados, isto sim.

"Hã, vai me desculpar, mas aí o cara além de levar um 'não' ainda tem que ter pegada suficiente pra mudar a opinião da mina? Putz, meu, manda pastar... ." - Pois é, e quem acredita nesta baboseira são os PUAs (e já vi algumas mulheres dizerem isso tb)...pra vc ver, é desperdício de dinheiro gastar comprando estes materiais...Eu ñ acredito nesta história.

Anônimo disse...

"É, não acho caras que gostam de ouvir as coisas trocadas uns gênios kkkk Mas vai fazer o que, né amigo?" - Ñ há o q fazer. Fazer o q com retardado???

Anônimo disse...

POCHETES!


SÓ CHORANDO AHSIHAIHSIAIHSIAHISHIAISAIHSIHIHAISHAIHSIHAISHIAHSIHAIHSIAHSIAHSIHAIHSIAHISHAIHSIHAISHAIHSIAHSAHKSAKSAUSAJSA~

Anônimo disse...

Veja esta pérola do ArlindãoViril, Lola:

“A Real sobre a Marcha das Vadias é que, no Canadá, um oficial de polícia deu uma palestra e, na mesma, forneceu dados que diziam que a maioria dos estupros ocorria quando as mulheres estavam vestindo roupas muito curtas e provocantes, pois isso atraía ainda mais os agressores. O mesmo então recomendou às mulheres, para evitar esse tipo de agressões, que não se utilizassem desse tipo de vestimentas, claro, isso foi o suficiente para um bando de feministas frustradas vir querer fazer alvoroço, em muitos dos casos, com dinheiro público.

Demonstrações como essa Marcha são um tiro no pé, pois só revelam a verdadeira face do feminismo, é um movimento que visa unicamente solicitar benefícios e reivindicar direitos, mas sem cumprir com os deveres da contrapartida.

Ora porra, alguém que entra na favela de Nike Airmax, calça Diesel, camisa Abercrombie, boné da Ferrari, com um iPhone na mão e uma câmera pendurada no pescoço, não quer ser assaltado como?
Ou mais, o torcedor uniformizado de um clube que esteja circulando nas imediações do estádio do rival, em dia do jogo deste rival, não quer ser agredido como?

Todo mundo deve ter responsabilidade por seus atos, isto se chama livre-arbítrio.
Se elas querem se vestir e agir como "vadias", que seja, mas que aguentem as consequências."”

http://www.formspring.me/arlindohh/q/331528668104909175

--> Isso não te lembra a pérola de um mascu q comparou o rolex na favela com o estupro. Lembra?

lola aronovich disse...

Putz, anônimo, agora que vc citou o formspring to Arlindaoviril, fui lá. Só tem pérola. Pior é que esse escrotossauro deve ser considerado um dos mascus "moderados". E ele é um dos administradores de um dos maiores fóruns mascus.

"E ae arlindo porradeiro da real!!! Negocio é o seguinte. Você manda a real nas pessoas no dia a dia?? Ou elas nem imaginam que você e um homem conservados e conhecedor da alma feminina na perspectiva da real?
Resposta do Arlindaoviril:

Já passei por várias fases dentro da Real, inclusive já tive a tal da "síndrome do cientista louco", de querer mostrar a Real pra todo mundo que eu conhecia, isso foi quando eu descobri a Real e fiquei empolgado, mas as pessoas não estão preparadas, as pessoas vivem numa zona de conforto.

Inclusive no meu perfil real do Facebook cheguei a compartilhar uns memes de humor ironizando mulheres dirigindo e coisas do tipo, nada muito pesado, mas já foi o suficiente pra despertar a ira de algumas colegas de faculdade (diga-se de passagem, todas que reclamaram estavam encalhadas, aliás, estão até hoje) e quase fui isolado na faculdade, sem falar que meus pais e namorada também sabem que acesso os fóruns, mas não sabem bem no que consiste, minha mãe acha que é um fórum de machistas opressores escroto, meu pai acha que é um fórum de matrixianos bitolados espancadores de mulheres e minha namorada acha que é infantilidade, aliás, qualquer coisa que o homem gosta de fazer pra mulher é coisa de criança, elas só sabem perguntar "quando você vai crescer?", mas estranhamente, adoram novelas imbecis e comédias românticas paspalhas.

Por isso eu digo que não vale a pena mandar a Real no dia a dia, pelo menos não de maneira direta. Hoje em dia eu utilizo a linha do mestre Pragakham, sou um lobo em pele de cordeiro, me finjo de morto para comer o CU do coveiro, por exemplo, se converso com algum evangélico, aproveito pra dar argumentos contra o feminismo, contra o aborto e contra o gayzismo, se converso com um ex-casado meto o pau e falo sobre o aparato de leis misândricos e o lado obscuro feminino, se estivesse solteiro, certamente iria me fazer de descolado pra conseguir comer alguma vadia promíscua, inclusive dizendo que "a sociedade é hipócrita" etc. O bom é que você induz a pessoa à reflexão e não é visto como um fanático que está querendo doutrina-la.

Mas, se por exemplo o cara tá numa roubada e iludido, não falo nada, uso a tática do C.O.B.R.A de empurrar pro abismo, tipo caras com mães solteiras, mulheres mais velhas, se você falar a Real eles não vão aceitar e ainda vão contar pras "patroas" deles e virar a cara contigo, então tem que estimular o cara a se afundar, depois que ele se foder, caso ele venha a pedir uma opinião, aí sim, convém mostrar a Real."

INTERESSANTE. Todo mundo no seu convívio o acha um total desajustado. Alguma coisa ele deve estar fazendo de errado. E essa? "Me finjo de morto para comer o CU do coveiro". HIS WORDS, NOT MINE.

B. de Campos disse...

Ver os comentários no Youtube sobre esse video é bem brochante. Chego a não ter interesse nos homens brasileiros porque as mentes são nazistas demais... Não consigo entender porque nós é que somos nazistas se são eles que promovem a violência. Não sou a favor de que agridam esse Zé Ninguém, mas vi como a ignorância sobre o movimento feminista ainda é grande.


Talvez nem seja ignorância, e sim uma forma de deturpar o objetivo do movimento - da mesma forma que a Globo faz em época eleitoral.

Anônimo disse...

b de campos - vc não consegue entender pq simplesmente não faz sentido!

B. de Campos disse...

PS.: Generalizei demais dizendo "homens brasileiros". Quero me retificar, pois conheço dezenas de homens maravilhosos. Eu me referia aos 90% dos que comentaram o video da Marcha.

Anônimo disse...

b de campos - EU? HAHAHHAHA, eu tava concordando com vc! dizendo que vc não entende pq realmente não faz sentido as mulheres serem nazistas se eles que promovem violência! galera toda com pedras hoje. tá difícil até concordar!

B. de Campos disse...

Me desculpe!!! Achei que fosse um troll!!!! Me desculpe mil vezes!

:)

B. de Campos disse...

Eita, quem interpretou mal fui eu! Mereço um curso!

:X

Perdão!

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 385   Recentes› Mais recentes»